Post has attachment
BOA MUSICA PARA BONS OUVIDOS

Depois de 2 anos sem lançar nenhum disco, o cantor londrino Eugene McGuinness voltou ao estúdio para alegria dos fãs e dos críticos que sempre o aplaudiram.
Eu vou falar de um cantor indie que acredito que muita gente ainda não teve o privilégio (ou já) de conhecer. É um carinha de vem de Leytonstone, Londres, e que tá com trabalho novo na área.
O som do cara lembra bastante o do próprio Miles Kane (seu amiguinho de turnê), Arctic Monkeys, The Last Shadow Puppets… Enfim, essa galerinha indie que faz bastante barulho por aí. O visual do cara é mais comportado também, nada de cabelo bagunçado e tênis velho, só sapatos, blazer e cabelinho escovado.
 Confira a balalaica do cara no clipe de Lion:

Post has attachment
Não é um post sobre Edgar Alan Poe, embora a sua influência esteja presente na obra da cantora de nome Annie Danielewski que, num Halloween da sua infância decidiu mascarar-se de Mask of the Red Death, desde então sendo sempre alcunhada de Poe.
Regra geral, outras pessoas descobrem música por mim e partilham-na comigo. 
Poe, a cantora assombrada


A maioria das vezes é música alternativa e independente, maioritariamente anglo-saxónica ou americana, com o qual sinto uma maior afinidade. Também existem muitas vezes que partilham música surreal mas sofisticada e ecléctica, e Poe insere-se nesta categoria.
Com vozes sobrepostas ela realmente te leva a sensações meio obscuras mas sempre com um alivio de que logo você estará de volta são e salvo em um lugar tão confortante como gostaria rs 
Indico ouvir o álbum todo de 2009 Haunted
Disponivel no link: http://www.lastfm.com.br/music/Poe/Haunted
Fiquem com a Musica titulo Haunted;

Post has attachment
A primeira vez que ouvi falar, ou melhor, ouvi Storm Large foi  no inicio de um filme bem Trash que assisti no ano passado, o filme só valeu por causa da incrível musica de abertura.
Storm Large - Amando, casando e divorciando.

Fiquei com ela na cabeça e recorri ao famoso "shazam" pra descobrir quem era a cantora por trás desta linda musica. 
Pronto ao ouvir mais coisas, descobri que realmente ela é uma mega super hiper cantora.
Storm Large, a bela loira com um imenso “LOVER” tatuado nas costas,deixou sua marca pela vibração e energia dos grandes sons. Ultimamente ele vem fazendo colaboração com outra mega banda da qual gosto muito que é o Pink Martini, alias muito boa mesmo por sinal essa pareceria, mas é algo pra deixar pra outro post. ;)
 Ouçam: Where is my mind?

Post has attachment
Agradável Som da Descoberta...
O trabalho traz uma sonoridade que mistura música pop, indie e folk, mas com um ar antigo e melancólico.
 Os arranjos são minimalistas e acertados. 
São poucos instrumentos, fazendo poucas coisas. Mas tudo o que é tocado soa absolutamente necessário e destaca ainda mais a voz de Sarah Blasko.
Tudo parece ser mais perfeito do que é, afinal suas letras sempre são relacionadas ao mundo bem mais cruel do que o mais simples conseguiria ver.

Blasko é um dos maiores nomes da música alternativa australiana, e mundial e sua música influencia artistas pela originalidade e intensidade.
Wait while more posts are being loaded