Post has shared content

Post has attachment
curtiu?
Photo

BOM DIA PESSOAL .. FUI.. ALMOÇOOOO

Post has shared content
Pit bull

Pit bull, ou Pitbull, é um termo genérico antigo que se referia a cães descendentes ou frutos do cruzamento direto entre Old Bulldogs e antigos terriers ingleses. Outros termos antigos utilizados para designar estes cães eram Half-and-Half, Pit Dog, Pit terrier e Bull-and-Terrier.

Mais tarde estes cães constituíram três raças, o Staffordshire Bull Terrier na Inglaterra, e o American Pit Bull Terrier e o American Staffordshire Terrier nos Estados Unidos.

Atualmente costuma-se usar o termo "Pit Bull" para designar apenas a raça American Pit Bull Terrier.

História
A origem destes cães remonta ao século XIX, no Reino Unido. Em 1835, o parlamento inglês proibiu o esporte chamado bull-baiting, um jogo sádico em que os Antigos Bulldogs eram usados para atacar touros trazidos à arena (com a discutível intenção de amaciar-lhes a carne). O cão atacava o touro, evitando coices e chifradas, agarrava o seu nariz ou orelha, e segurava-se até que o touro caísse. Os súditos e a realeza da época procuravam diversão, procurando se distraírem da violência e das doenças de seu tempo comparecendo a esses espetáculos sangrentos. Contudo, a opinião pública forçou o governo a tomar uma medida.


Antigo bulldog Inglês(Old English Bulldog)
Uma vez que o bull-baiting foi banido em 1835, os criadores que apreciavam a rudeza, coragem e tenacidade dos buldogues voltaram sua atenção para a criação de cães para a briga (ou rinha). Começaram com o bulldog, cruzaram com antigos terriers ingleses, e produziram os Half-and-Half também chamados de Pit Dogs, Pit Terriers e Bull-and-terriers, cães de pequeno porte, extrema força, dotados de maior agilidade que os bulldogues e com grande resistência física, um cão que cumpria todas as suas expectativas. Os Half-and-Half (Pit Bulls) foram criados para agredir outros cães, matar ratos (pragas comuns na época), mostrando bravura, alta tolerância à dor, vontade de lutar até o fim, e afeição e lealdade ao seu dono.


English White Terrier. Antigo Terrier
Posteriormente, por volta dos anos 1870, esses cães (atuais Staffordshire Bull Terriers) migraram para os Estados Unidos onde foram utilizados como cães de quintal, guarda de fazendas, boiadeiros, cães de luta e de caça pesada(caça a javalis, por exemplo). Em solo americano, com a nova seleção, seu tamanho foi aumentado, dando origem a uma nova raça que em 1898 foi reconhecida pelo UKC (United Kennel Club) com o nome de American Pit Bull Terrier.

Em 1936, o American Pit Bull Terrier deu origem ao American Staffordshire Terrier
Animated Photo

Post has shared content
MINHA HISTÓRIA DE AMOR E RESPEITO AOS ANIMAIS.
Desde muito pequena, sou apaixonada por animais. Especialmente por cães. Minha mãe conta (e eu lembro um pouco) que quando eu tinha 9 ou 10 anos, todos os dias ao chegar da escola após almoçar, eu juntava o restante da comida numa bacia que tinha lá em casa e ia nas casas de duas ou três vizinhas, recolher o que sobrou de lá também. No final, a bacia ficava cheia de comida. Era tão legal e eu adorava fazer aquilo! Feliz, eu e meus 2 irmão mais velhos (mainha não deixava eu sair só) levávamos a pesada bacia cheia de comida até a esquina mais próxima de minha casa, onde sempre tinha uns três cachorros famintos. Rapidamente os danadinhos aprenderam o caminho da minha casa e perto da hr do almoço, começavam latir pedindo comida. Uma doçura só! Como alimentá-los me deixava feliz!!! Os dias foram correndo e começaram chegar mais e mais cães, passando de 20. E lá ia eu, pedir ajuda a mais vizinhos, pois, o que tínhamos já não era suficiente. Também trocamos de bacia rsrs... Passei então a ser conhecida no bairro como: "Celinha, a menina que protegia os cães." Foram anos muito felizes e durou até nos mudarmos, 5 nos depois. Uma vez, fiquei por dias muito doente, e mainha conta que nos meus delírios de febre, eu chorava e gritava para que fossem buscar a comidinha dos cachorrinhos, e como mainha não iria fazer o que eu fazia, ela resolveu fazer tanta comida que nem precisou pedir nada as vizinhas, e foi assim, até eu me recuperar. Foi nesse gesto puro e simples que aprendi a amar e respeitar os animais muito e intensamente. Todos eles são importantes, merecem e precisam de amor e cuidados. Eu os amo muito, muito ❤️. Essa é a minha história. E a sua...Qual é a sua história?

[Célia Mirian Montes Claros]
Photo

Post has attachment
kkkk
Photo

Post has shared content
kkkkk.. muito legall
Disciplina de cães policiais na hora de comer surpreende: http://goo.gl/l7j3N9
Photo

Post has attachment
Wait while more posts are being loaded