Post has attachment
Lindinhooooo... 😍

Post has attachment

Post has shared content

Post has attachment

Post has attachment

Post has attachment
RIR ... , AINDA É O MELHOR REMÉDIO....
😂😂😂
Animated Photo

Post has attachment
HORA DA TERAPIA DO RISO.. 😂

Post has attachment

Post has attachment

Post has attachment
O PODER DE UM SORRISO

Uma criança ri até quatrocentas vezes por dia, no entanto, o adulto mais alegre não excede cem vezes e a média fica entre vinte e trinta vezes. Conforme envelhecemos o riso e o sorriso desaparecem das nossas vidas, apesar dos benefícios que trazem, e aprendemos a fingir em vez de mostrar a nossa tristeza. Muitas vezes escondemos nossos sentimentos sob um sorriso dizendo que nada aconteceu, quando na verdade estamos tristes. Não nos atrevemos a explicar porque e acreditamos que é mais fácil sorrir do que explicar nossa tristeza para as outras pessoas. “Eu acredito que o que chamamos de beleza reside unicamente no sorriso”. León Tolstoi Mesmo antes do nascimento os bebês sorriem. De acordo com uma equipe de cientistas japoneses que, em 2012, gravou durante sessenta e dois minutos trinta e um fetos através de uma técnica de ultrassom, eles sorriram cinquenta e uma vezes, com uma duração média de três minutos e vinte e um segundos. Dessa forma, foi demonstrado que sorrimos mesmo antes de nascer. Em 1973 o psicólogo Paul Ekman realizou uma experiência que mostrou trinta fotografias dos rostos de quatorze pessoas de diferentes culturas expressando seis emoções primárias (alegria, medo, surpresa, tristeza, raiva e desgosto) e concluiu que as emoções, especialmente a alegria, foram associados da mesma forma pela maioria dos participantes. Em 2012 os cientistas do Instituto de tecnologia de Massachusetts (MIT) desenvolveram um sistema para distinguir um sorriso falso de um verdadeiro. Para fazer isso, pediram que um grupo de voluntários fingisse frustração e depois preenchesse um formulário online, feito especialmente para causar frustração (depois de preencher os campos necessários e clicar em “Ok”, toda informação era apagada). No final, era exibido um vídeo de um lindo bebê. No primeiro caso, quando fingiram frustração, noventa por cento dos participantes não sorriram. No segundo caso, apesar de estarem decepcionados, muitos sorriram e, finalmente, com o vídeo do bebê, a maioria sorriu. A diferença é que o sorriso de frustração é mais instantâneo que o da alegria. Além disso, os músculos envolvidos são diferentes. De fato, nos sorrisos verdadeiros os músculos que levantam as bochechas e enrugam ao redor dos olhos se movimentam. “O riso é extremamente relaxante, é uma grande meditação. Se você pode rir de tudo, entre em um espaço de não-mente, de não-tempo. A mente vive das expectativas, o riso não é deste mundo, ele é divino”. -Osho

Wait while more posts are being loaded