Post is pinned.
EVITE QUE SUA MENSAGEM FIQUE PRESA A CAIXA DE SPANS DA COMUNIDADE: Junto aos links compartilhados, acrescente sempre uma pequena descrição. Por menor que seja, a descrição ajuda a evitar que o sistema automático do Google interprete sua mensagem como SPAM.

Mensagens presas ao SPAM ficam invisíveis aos demais membros, até que eu autorize a visualização. Lembrando que eu acesso muito pouco as postagens sinalizadas como SPAM e, ademais, não autorizarei aquelas sem uma descrição mínima.

Post has attachment

Post has attachment
Photo

Post has attachment

Post has attachment
"Trevas Apocailícitas", poema do meu livro SARCÁUSTICO - livro que concorre ao Prêmio Olho Vivo 2016.

Agradeço seu voto. :)
http://www.olhovivoca.com.br/enquetes/148/livro-em-qual-voce-vota-para-receber-o-premio-olho-vivo-2016/

Post has attachment
Já é Black Friday!
E que tal uma Black Friday poética?
--------------------------------------
Até o dia 30/11, meu livro - Sarcáustico - estará em promoção no Clube de Autores. 
--------------------------------------
Não são 10%, nem 20% e nem 30% de desconto.
--------------------------------------
SÃO 35% DE DESCONTO!
--------------------------------------
Versão impressa: de R$ 25,00 por R$ 17,75.
Versão em PDF: R$ 10,00.
--------------------------------------
Com direito a 23 páginas de degustação! 
Adquira seu exemplar!
--------------------------------------
Link para a compra do Sarcáustico: 
https://www.clubedeautores.com.br/book/185066--SARCAUSTICO
Photo

Post has attachment

Post has attachment
Em razão do caso Boechat/Malafaia, posto aqui o poema "Cântico ao Deus Tarantino" - poema que está no meu livro Sarcáustico.

executa, Senhô
executa, Senhô
executa
com dois tiros
de Louvô,,,

(pá! pá!)

executa, Senhô
executa, Senhô
executa
o fia da puta
do Pastô...

(pá! pá!)


Meu livro nas versões impressa e digital no link abaixo:

https://www.clubedeautores.com.br/book/185066--SARCAUSTICO#.VYbytvlVikq

Fulgurações do meu silêncio
Fulgurações do meu olhar
onde me perco completamente
a observar tudo e nada.
Observo o palpitar do vento
observo as lágrimas do tempo
observo, de longe, o gemer e ranger de dentes
de quem é doente ou louco
observo a magia da luz
que me conserva e me guarda.
Se a poesia é doença
para quem não a vive
deixem-me morrer amando as palavras
vivendo para os amantes
que um dia irão escutar
o meu silêncio enquanto durar.
Se a poesia é só para os loucos
então quero viver eternamente louco
escrevendo as maiores loucuras que penso
pensando nas maiores loucuras
enquanto permanecer vivo
escrevendo para viver
até o mundo me matar.
É assim que todo o momento passo
vagueio pelas estrelas
que ainda não foram alcançadas.
Possuo um mundo e sou possuído
por um mundo que não me interessa
fujo dele para não fugir mais de mim
fujo de mim para não acabar a esconder-me
e me perder neste mundo sem saber
deixo-me possuir completamente pela poesia
e vaguear pelo meu silêncio
possuindo o amor pelas minhas palavras.
Por isso eu só quero o que é meu
só quero o que me pertence
o meu mundo, no meu mundo
caminho lado a lado com o meu silêncio
que me faz crescer
que me faz viver
alimento-me do seu som
da sua claridade e reflexão
confio plenamente
que o meu silêncio me leve
para que eu me sinta leve
através do som das suas trombetas
sem ilusão.
Faz-me viajar loucamente
faz com que eu partilhe o meu eu
que é tão só meu
faz-me sentir perdido
porque mais louco sou
se me sentir mais perdido
e achar que perdidamente não me acho
se não estiveres sempre ao pé de mim.
Teimosamente agarro-me
ao que procuro
agarro-me ao que vejo
e engano-me sempre.
O meu silêncio não tem cor
não tem vida, não tem sabor
não tem sitio ou mais espaço
algum que não seja eu.
Eu que fico sem cor
fico sem vida, fico sem nada
se não tiver o meu silêncio
até ao meu fim.
Poeta do silencio
(Todos os direitos reservados)

Post has attachment
No dia 10 de maio, das 15 às 16 hs, estarei na II Bienal do Livro de Volta Redonda lançando e lendo alguns poemas do meu livro, SARCÁUSTICO.

Eis o link para a compra do livro (impresso ou ebook):
https://www.clubedeautores.com.br/book/185066--SARCAUSTICO#.VUZqSvlVikq

Canções do DIO_COSTA SOUNDCLOUD estarão tocando como fundo musical. Por exemplo, o poema musicado NADA DIREITO.

A II Bienal do Livro de VR acontece no Condomínio Cultural, localizado no Bairro Volta Grande, de 7 a 10 de maio.

É só chegar!
Até lá!

https://soundcloud.com/diocosta_rj/nada-direito
Wait while more posts are being loaded