, trabalhadores formaram filas dentro e de agências da Caixa Econômica Federal do Grande Recife. Muita gente saiu de casa durante a madrugada, para tentar evitar a lotação dos bancos nesta sexta-feira (10). Em Casa Amarela, na Zona Norte do Recife, havia pessoas que chegaram às 4h.
O prazo foi liberado para mais de 94 mil pernambucanos nascidos nos meses de janeiro e fevereiro, que poderão retirar os recursos até julho deste ano. Segundo o banco, as agência abrem em horário especial nesta sexta. Nas que ficam nos shoppings, o fechamento vai ser às 18h, enquanto as outras abriram duas horas mais cedo, às 8h.
Marcelo da Silva não conseguiu sacar FGTS devido a inconsistência nos dados (Foto: Pedro Alves/G1) Marcelo da Silva não conseguiu sacar FGTS devido a inconsistência nos dados (Foto: Pedro Alves/G1)
Marcelo da Silva não conseguiu sacar FGTS devido a inconsistência nos dados (Foto: Pedro Alves/G1)
O mensageiro de laboratório Marcelo da Silva explica que chegou à agência de Bairro Novo, em Olinda, por volta das 6h e passou cerca de 30 minutos para ser atendido, a partir do início do expediente da Caixa. Apesar disso, ele não conseguiu fazer o saque por uma inconsistência entre os dados do beneficiário e o cadastrado no sistema do FGTS.
"Não consegui fazer a consulta nem no site, porque sempre me informavam que o número do NIS estava errado. Vou ter que esperar até as 10h para poder voltar ao atendimento regular e mudar o cadastro, com o número correto", disse Marcelo
Na agência da Caixa em Olinda, trabalhadores começaram a chegar pouco antes das 6h (Foto: Pedro Alves/G1) Na agência da Caixa em Olinda, trabalhadores começaram a chegar pouco antes das 6h (Foto: Pedro Alves/G1)
Na agência da Caixa em Olinda, trabalhadores começaram a chegar pouco antes das 6h (Foto: Pedro Alves/G1)
Uma das primeiras na fila para a verificação dos documentos no caixa da agência em Olinda, a enfermeira Hebe Galindo chegou à agência por volta das 6h05 e tem uma conta inativa desde 2013, com a qual pagou o IPVA do carro com o dinheiro do FGTS.
"Consultei pelo site e verifiquei que tenho pouco mais de R$ 2 mil, o suficiente para pagar o IPVA. Nem saquei, deixei no próprio banco, já fazendo a transferência para o Detran. É uma ajuda, porque pelo menos vou tirar de outra renda para pagar o imposto. A maioria das pessoas vai usar para pagar dívidas. O atendimento seria mais rápido se a todo tempo os caixas estivessem com bancários", disse.
A fiscal contábil Carmem Lúcia tem uma conta do FGTS que foi movimentada entre 2013 e 2015, quando ela decidiu mudar de atividade. Agora, ela pretende guardar o valor em uma poupança para emergências.
"Cheguei a consultar na internet, mas decidi vir aqui me orientar sobre os processos burocráticos e os documentos, porque achei o site vago. Trouxe até xerox dos documentos, mesmo sabendo que não vai precisar", explicou.
Servidor público não consegue sacar FGTS na Caixa em Olinda (Foto: Pedro Alves/G1) Servidor público não consegue sacar FGTS na Caixa em Olinda (Foto: Pedro Alves/G1)
Servidor público não consegue sacar FGTS na Caixa em Olinda (Foto: Pedro Alves/G1)
Outro que não conseguiu fazer o saque foi o servidor público Rodrigo Teixeira, que tem uma conta que está inativa desde 2013. O motivo também foi erros no cadastro. "Não tenho acesso à senha da internet, por isso não consultei em casa, mas cheguei a vir aqui no prazo anterior e eles haviam identificado o erro e mudado meu cadastro. Chegando aqui, não consegui fazer o saque, porque no caixa eletrônico diz que tenho R$ 45, quando o correto seria R$ 313. Supostamente, vão consertar mais uma vez meu banco de dados", explicou.
Movimentação é intensa na Caixa Econômica do Largo da Paz, no Recife (Foto: Marlon Costa/Pernambuco Press) Movimentação é intensa na Caixa Econômica do Largo da Paz, no Recife (Foto: Marlon Costa/Pernambuco Press)
Movimentação é intensa na Caixa Econômica do Largo da Paz, no Recife (Foto: Marlon Costa/Pernambuco Press)
Quem tem direito
Ao todo, Pernambuco conta com mais de 600 mil trabalhadores que poderão sacar contas inativas do FGTS. A soma de toda quantia é de R$ 837 milhões, referente aos recursos depositados até 31 de dezembro de 2015, por empresas em que os trabalhadores foram demitidos por justa causa ou optaram por se demitir. Todo trabalhador com contrato de trabalho formal tem direito ao FGTS.
Têm direito ao saque das contas inativas os trabalhadores que tiveram vínculo empregatício encerrado por demissão por justa causa ou autodemissão até 31 de dezembro de 2015. Para sacar o benefício, é necessário apresentar o Termo de Rescisão Contratual, gerado com a demissão, ou a carteira profissional, comprovando que o vínculo empregatício foi encerrado. Também é preciso apresentar documento de identificação. Quem tem conta corrente na Caixa terá o valor automaticamente transferido.
Em todo o estado, há 92 agências da Caixa, 435 lotéricas e 195 correspondentes da Caixa Econômica Federal. Para sacar as contas inativas, o beneficiado precisa procurar uma dessas unidades. Dúvidas podem ser tiradas pelo telefone 0800 726 2017 ou no site da caixa.


0:00

Primeiro dia de saque de contas inativas do FGTS começa com fila no Recife
Tumulto
Por volta das 9h, na Caixa do Bairro Novo, um grupo de pessoas que estavam no local para assuntos para resolver assuntos alheios às contas inativas reclamou da demora no atendimento, já que alguns chegaram ao local antes das 6h. Apesar disso, o horário estentido é exclusivo para a resolução de pendências sobre o FGTS.

o ensino médio mudou vc já pode escolher seu trabalho só e vc querer

Caruaru e o melhor lugar para vc fazer sua compras
Wait while more posts are being loaded