Post has attachment

Post has attachment

Post has attachment

“Eu tentei. Do meu jeito, mas tentei. Às vezes só se precisa conversar, e as pessoas não parecem entender isso. Quem realmente quer, age de maneira diferente.”
— Esteban Tavares

O mundo nos interpenetra e atravessa, e ainda assim sequer notamos a percepção, a não ser quando somos privados dela. Isso é fantástico e quase inacreditável, porque o simples olhar para outro ser ou sentir de um cheiro nos conecta ao mundo inteiro, assim como o simples olhar para uma estrela nos conecta ao espaço infinito. Quando olho para uma estrela, olho não só para ela como para mim mesmo no ato de vê-la. Porém, para a imensa maioria, perceber é tão "favas contadas" que não se atina para o que está ocorrendo. Não obstante, esta faculdade extraordinária, compartilhada por todos os seres, pode ser a chave para a compreensão do mundo e da mente.

"Coragem, às vezes, é desapego. É parar de se esticar, em vão, para trazer a linha de volta. É permitir que voe sem que nos leve junto. É aceitar que a esperança há muito se desprendeu do sonho. É aceitar doer inteiro até florir de novo. É abençoar o amor, aquele lá, que a gente não alcança mais."

Ser seletivo nas amizades, em princípio, não é uma questão de orgulho. Toda pessoa tem o direito de evitar, por exemplo, relacionamentos perniciosos. Muitas vezes, é um dever. Evitar não significa inimizade. Trata-se do uso pleno da sua liberdade em ficar com as pessoas que deseja. Onde fica o princípio espiritual do amor, da bondade e da compaixão? Esse principio ensina que aceitação não significa engolir o que é maléfico à saúde física e mental. Muitos padecem porque foram ensinados a apresentar esse ego do “bonzinho”. Passe por cima do medo de parecer o ego “mauzinho”, e não tema purificar os seus relacionamentos. Sim, pode haver um relacionamento pesado, que você não pode, não sabe, não deve ou não consegue dar as costas, ou nem mesmo este seria o caso. Um relacionamento assim deve servir para aprimorar as suas habilidades e desenvolver as suas virtudes, caso esteja interessado na evolução da sua inteligência. Se a sua observação for profunda, passará a discernir quem é quem em sua vida. Deixe ficar quem te ama e respeita, pois amor sem respeito vai exigir a sua coragem para efetuar mudanças. Ainda que alguém não te ame, porém, respeite, poderá haver diálogo. Faltando respeito, o diálogo é perturbador. Antes de conversar com um desrespeitoso, caso decida-se por afastá-lo, envie uma “cartinha astral” para ele. É bem simples. Feche os olhos, traga a imagem dele em sua tela mental, diga tudo o que sente, e vibre para que o respeito e a harmonia prevaleçam. Você pode fazer isso uma vez, sete vezes ou setenta e sete vezes. Acredite, a onda mental é a forma mais segura, discreta e penetrante para enviar uma mensagem. Mas, se você achar que não vale a pena fazer pela pessoa nem mesmo isto, faça sempre o que o seu coração pedir.” - Nilsa Alarcon e J. C. Alarcon

"Ninguém está tão preocupado assim com você, a não ser a meia dúzia que lhe ama de verdade. Não há conspiração nenhuma. Se as coisas parecem dar mais errado pra você do que para os outros, não é porque você atrai gente falsa ou encrenqueira. Sua desconfiança é que atrapalha o bom andamento da vida. Libere-se dessas neuras e olhe em volta: todos têm mais o que fazer do que lhe dar atenção o tempo todo" (Martha Medeiros; Livro: Doidas e Santas; Techo da crônica: mania de perseguição, pg.158)

Gente bacana mora dentro. Tem lugar cativo no peito, único e exclusivamente reservado, independentemente de distância. Quem cativa nunca é ausente. Entra sem pedir licença e não “arreda” o pé. Não dá um passo sem pegar carona em nosso pensamento...
__ Fernanda Gaona

"E a gente faz. Refaz. Muda de ideia. Volta atrás. Recomeça.
Insiste. Fica perdido. Se reencontra. Reinventa as coisas. Troca as bolas. Pede desculpa. 
Percebe que perdeu. Finge que é aprendeu. Esquece a lição. Desacredita. Reduz sentimentos, depois acha que é tolice. Enfia a cara. Faz planos. Acorda dos sonhos. Percebe que há jeito.
Se mete em encrenca. Jura nunca mais repetir a dose. Censura a experiência. Atira pedras. Promete melhorar. Alimenta esperanças. Consulta pessoas. Insulta o destino. Reprova a paciência. Lamenta as escolhas. Marca encontros. Chega atrasado. Reclama do destino. Esquece das promessas. Transpira desejos. Corre riscos. Supera traumas. Guarda vontades. 
A vida mal começa e a gente já fez tudo isso"
Ita Portugal
Wait while more posts are being loaded