Post has attachment
Photo

Post has attachment

Post has attachment

Post has shared content
UMA ÓTIMA TARDE A TODOS!

QUE A GRAÇA E A PAZ DE DEUS O PAI E DE SEU FILHO JESUS CRISTO NOSSO SENHOR SEJA COM TODOS HOJE.
Photo

Post has attachment

LIÇÃO Nº 1
INTRODUÇÃO À MUTUALIDADE
TÓPICO III – A PRÁTICA DA MUTUALIDADE NA IGREJA LOCAL
2. A Mutualidade e os dons espirituais
“A manifestação do Espírito é concedida a cada um visando a um fim proveitoso” (I Co 12. 7).
Certos dons correspondem a determinados mandamentos da mutualidade. Por exemplo, quem tiver recebido o dom do ensino, certamente obedecerá com maior facilidade ao mandamento “ensinem uns aos outros”. No caso da mutualidade, não podemos deixar de exercê-la alegando falta desse dom. Exemplo: alguém pode dizer que não consegue amar outra pessoa porque não tem o “dom do amor”. Precisamos lembrar que a Escritura jamais afirma que o amor seja um “dom”; antes, claramente é descrito como um mandamento: “O meu mandamento é este: que vos ameis uns aos outros, assim como eu vos amei” (Jo 15. 12). Paulo afirma aos coríntios que vai mostrar-lhes um “caminho” sobremodo excelente. O termo grego “hodos” (de onde vem a palavra rodovia) é traduzido por caminho. Sabemos que o apóstolo queria mostrar aos coríntios, no capítulo 13, que o exercício dos dons sem amor “nada aproveitará”.
O que deve ficar claro neste ponto é que o exercício dos dons deve promover a edificação mútua, porque ninguém recebe um dom para edificar a si mesmo, mas sim, o Corpo inteiro. O termo dom, “charisma”, vem de uma raiz que indica coisas que produzem bem-estar.

LIÇÃO Nº 1
INTRODUÇÃO À MUTUALIDADE
TÓPICO III – A PRÁTICA DA MUTUALIDADE NA IGREJA LOCAL
3. A Mutualidade e os grupos pequenos
“Todos os que creram estavam juntos e tinham tudo em comum” (At 2. 44). Alguém indagou: A Bíblia ordena que muitos façam coisas para outro. Mas como “uns” vão fazer para os “outros” se eles só se encontram rapidamente num dia por semana!? Em outras palavras, os grupos pequenos aproximam as pessoas umas das outras. É impossível “levar as cargas uns dos outros”, “orar uns pelos outros”, “aconselhar uns aos outros”, etc., se os uns só se encontram com os outros no meio de multidões reunidas para eventos semanais, onde mal dá tempo de responder a um “tudo bem”? Nas grandes reuniões, há o “eu te amo Jesus”; nos grupos pequenos, há o “eu te amo e tenho tempo para ouvir-te”; “eu te amo e posso levar-te ao hospital”; “eu te amo e posso cuidar de tua família enquanto estás desempregado”.
Em uma grande reunião ou culto, na maioria das vezes, as pessoas não têm coragem de compartilhar seu problemas e necessidades, mas num grupo de 5 a 20 pessoas, reunidas em uma casa, é muito mais fácil. Sendo assim, o grupo pequeno é um ambiente muito propício para a prática da mutualidade.

Post has attachment

Post has attachment
Oiiii povo de graça e paz, trago essa musica linda liberta me de min da luma elpidio ela descreve oq Deus eh, que gostem e q sejam tocados, se gostarem se inscrevam e deixem o like amem fique espero m com Deus.

Post has attachment
Pois o Senhor, por causa do seu grande nome, não desamparará o seu povo; porque aprouve ao Senhor fazer de vós o seu povo. E quanto a mim, longe de mim esteja o pecar contra o Senhor, deixando de orar por vos; eu vos ensinarei o caminho bom e direito. Tão-somente temei ao Senhor, e servi-o fielmente de todo o vosso coração; pois vede quão grandiosas coisas vos fez.

https://youtu.be/cygd3jzK38M
Wait while more posts are being loaded