Post has shared content
Nova crônica!
Com a pele ainda arrepiada, Maria se pôs a olhar para a janela, que semiaberta deixava entrar um pouco de claridade no quarto. O frio do dia que amanhecia fazia par com o leve sereno, pós uma noite de chuva intensa.

Depois de alguns segundos com o olhar perdido, a umidade do lençol a trouxe de volta. Ter novamente alguém na sua cama era gostoso, mas ao mesmo tempo estranho. Já havia se passado quase um ano desde o último.

O cheiro do sexo que impregnou o quarto quase podia ser tocado de tão denso. Travesseiros, coitados, arremessados pelos cantos do quarto, testemunharam uma noite longa.

Ao olhar para o lado, riu, discretamente, com o contraste entre os tons de sua pele com a dele. De fato, Vitor era mais que branco, como quem foge do sol, enquanto Maria ostentava um bronzeado de fazer inveja.

— Por acaso está vendo minha calcinha? — perguntou Maria, levantando a cabeça enquanto olhava o cenário de guerra em que o quarto havia se transformado.

Continue lendo no Naquela Mesa: http://naquelamesa.com/tigresa/

Post has shared content
O novo vídeo do Diário Musical traz a música Deusa da minha rua, de Jorge Faraj e Newton Teixeira, um clássico da nossa MPB, e revive o amor puro do final dos anos 30, onde a paixão surgia antes mesmo de trocar a primeira palavra. Junto com ela, discussão e histórias sobre o amor em 2014 e lembranças de amores platônicos. Participações especialíssimas do violonista Sávio Couto e dos bailarinos Elizângela Figueirêdo e Tharcísio Siqueira. Dê-me a honra de sua visualização =)

youtube.com/musicaldiario
facebook.com/musicalldiario
soundcloud.com/di-rio-musical
Twitter:@musicaldiario
Em tempos de Copa misturado com São João, eu pergunto: quem aí está batendo um bolão nos assuntos do coração? É, o mês junino de 2014 tem sido a copa dos namorados, o dois-pra-lá-dois-pra-cá de rostinho colado, no bem bom. Mas, apesar de o sol ter nascido para todos, o tempo é de cada um. Não é todo mundo que tem a sorte de ter aquela piscadinha de olho recíproca. Amar platonicamente, em 2014, é raro mas já sucedeu na vida de qualquer um. Quem nunca?

Com a música Deusa da minha rua, de Jorge Faraj e Newton Teixeira, o Diário revive o amor puro do final dos anos 30, onde a paixão surgia antes mesmo de trocar a primeira palavra. Participações especialíssimas do violonista Sávio Couto e dos bailarinos Elizângela Figueirêdo e Tharcísio Siqueira. Feliz amor pra todos nós!

Post has shared content

Post has shared content

Post has attachment
Pessoal, falta pouco para completar o valor que preciso para transformar o blog em livro. Dá uma força: https://www.facebook.com/blognaquelamesa/app_291608934212293

Post has attachment

Post has attachment

Me atualizando depois de de um tempo sem visitar o "Naquela Mesa"

Post has attachment

Post has attachment
Crônica onde a esposa desafia o marido numa questão que envolve uma terceira pessoa no casal.
Wait while more posts are being loaded