Oi sou passivo recife Pernambuco whatsapp (81)996316134 quero fazer amizades 

Post has attachment
Photo

Post has shared content
No outro dia deparei-me com um artigo de Ricardo Graça que, num estilo humorístico, debatia-se sobre a expectativa que pais e mães têm sobre os seus filhos e filhas. Nomeadamente sobre a sua orientação sexual, confessando que “é no amor que lhes tenho e que lhes quero dar até ao fim dos dias. Mas, se puder, que não posso, escolher, prefiro que sejam heterossexuais”. Pergunto, é esta uma posição defensável?

"Prefiro Hétero: de pai para filho"

http://escrevergay.com/2017/01/26/prefiro-hetero-de-pai-para-filho #LGBTI #Família #Homofobia #EscreverGay
No outro dia deparei-me com um artigo de Ricardo Graça que, num estilo humorístico, debatia-se sobre a expectativa que pais e mães têm sobre os seus filhos e filhas. Nomeadamente sobre a sua orientação sexual, confessando que “é no amor que lhes tenho e…

Post has shared content
Existe um estranho fenómeno que consiste em depararmo-nos com uma visão retrógrada do mundo quando assistimos a uma obra com alguma idade. Poderá até dizer-se que existe um equilíbrio entre as circunstâncias históricas e a vanguarda da própria obra. Mas o que acontece quando vemos, estupefact@s, que o que outrora assistimos de forma despreocupada e não questionada, provoca-nos, hoje, um estado de estranheza e choque?

Aconteceu-me precisamente isso enquanto revia a série Friends, um dos maiores sucessos televisivos de sempre e que preencheu uma década inteira o horário nobre das televisões norte-americanas entre 1994 e 2004. Que diferença fazem esses 10 a 20 anos no tipo de humor popular visto por milhões? A resposta é desde já óbvia – muita! – mas há também um ponto positivo que importará reter.

"Friends: Homofobia E Transfobia No Pequeno Ecrã"

https://escrevergay.com/2017/01/23/friends-homofobia-e-transfobia-no-pequeno-ecra/ #LGBTI #Homofobia #Transfobia #Machismo #Misoginia #Cultura #Televisão #EscreverGay
Existe um estranho fenómeno que consiste em depararmo-nos com uma visão retrógrada do mundo quando assistimos a uma obra com alguma idade. Poderá até dizer-se que existe um equilíbrio entre as circunstâncias históricas e a vanguarda da própria obra. Mas o…

Post has shared content
Na semana passada vi no programa da TVI “A Tarde é Sua” uma reportagem de uma rapariga Trans que foi vítima de vários episódios de discriminação. A discriminação não se ficou só pelas ofensas verbais, mas também passou por episódios de agressões físicas em que até a própria mãe desta jovem Trans foi agredida na rua por pessoas que conhecia.

Vale a pena ler sobre a importância da educação e da denúncia:

"Sobre a Discriminação de Pessoas LGBT e a Importância da Denúncia"

http://escrevergay.com/2017/01/18/sobre-a-discriminacao-de-pessoas-lgbt-e-a-importancia-da-denuncia #LGBTI #Discriminação #Denúncia #Homofobia #Transfobia #Trans #EscreverGay 
Na semana passada vi no programa da TVI “A Tarde é Sua” uma reportagem de uma rapariga Trans  que foi vítima de vários episódios de discriminação. A discriminação não se ficou só pelas ofensas verbais, mas também passou por episódios de agressões físicas…

Post has shared content
De Hong Kong chegam as boas novas para os homofóbicos, a descoberta da cura gay! Consiste em choques eléctricos, mas também em orar regularmente, abster-se totalmente de relações sexuais com indivíduos do mesmo género, e aquando do surgimento de desejos homossexuais (não sei bem que tipo de desejos são estes....) um banhinho bem frio, para ver se acordam! E atenção, esta cura é vivamente recomendada pelas autoridades de Hong Kong a jovens vulneráveis!

"+E caso para dizer, que Homossexualidade Eletrizante!"

http://escrevergay.com/2016/12/11/e-caso-para-dizer-que-homossexualidade-eletrizante #LGBTI #Homofobia #Saúde #EscreverGay
De Hong Kong chegam as boas novas para os homofóbicos, a descoberta da cura gay! Consiste em choques eléctricos, mas também em orar regularmente, abster-se totalmente de relações sexuais com indivíduos do mesmo género, e aquando do surgimento de desejos…

Post has shared content
A assexualidade é uma orientação em que uma pessoa não experimenta atracção sexual por nenhum sexo e/ou género e tem pouco interesse em actividade sexual. De notar, porém, que o corpo de uma pessoa assexual é perfeitamente funcional. Reage ao toque como qualquer outra pessoa, isto é, um assexual experimentará excitação física e provavelmente terá prazer no sexo, quando tocado de uma forma que lhe seja agradável pessoalmente.

Como em qualquer outra orientação sexual, na assexualidade – tal como na homossexualidade e na heterossexualidade – o importante é o que a pessoa sente e não o que a pessoa faz. Namorar, ter relações sexuais, masturbar-se, casar, ter filhos, são coisas que não negam a assexualidade. Há uma imensidão de razões pelas quais uma pessoa assexual pode fazer todas estas coisas sem que a atracção sexual esteja presente.

Pensemos então em sexo como se fosse… um pastel de nata!

"Assexualidade E Pastéis De Nata"

http://escrevergay.com/2016/11/21/assexualidade-e-pasteis-de-nata #Assexualidade #OrientaçãoSexual #Humor #Saúde #EscreverGay
Em primeiro lugar quero dizer que a terminologia usada por mim não é de todo científica e apenas traduzida de informação que encontrei online e cujas fontes menciono no final do artigo. Em segundo, este texto é apenas uma abordagem muito superficial ao…

Post has shared content
Na rubrica Música Com Q desta semana é impossível não começar com a nota de que Leonard Cohen​, músico e poeta, faleceu hoje. Há um mês lançou You Want It Darker e declarou-se pronto para morrer. Assim agora foi.

E é na escuridão, ou talvez antes nos detalhes das sombras, que descobrimos hoje o álbum-surpresa de Gisela João​, Nua, cujo primeiro avanço vídeo do primeiro avanço do álbum, Labirinto Ou Não Foi Nada, podemos ver Deborah Kristal.

Todos os destaques da rubrica aqui:

"Música Com Q: 11 de Novembro"

http://escrevergay.com/2016/11/11/musica-com-q-11-de-novembro #LGBTI #Queer #Cultura #Música #Fado #GiselaJoão #DeborahKristal #Drag #Thexx #EscreverGay 
Na rubrica Música Com Q desta semana é impossível não começar com a nota de que Leonard Cohen, músico e poeta, faleceu hoje. Há um mês lançou You Want It Darker e declarou-se pronto para morrer. Assim agora foi. E é na escuridão, ou talvez antes nos…

Post has attachment

Post has shared content
Foi revelado que a Inspecção-Geral de Educação e Ciência “nunca foi chamada a averiguar nenhum caso” de segregação sexual nas escolas, embora garanta que, perante indícios de discriminação, os estabelecimentos de ensino devem sempre denunciar esses casos à tutela. No entanto, são vários os relatos feitos por alunos e funcionários de estabelecimentos de ensino públicos e privados junto de associações de defesa de direitos homossexuais.

Com denúncias e respostas de várias associações como a Amplos Bring-out, ILGA Portugal​ e rede ex aequo​, vale a pena ler:

"A Escola Portuguesa E A Homofobia (denúncias e respostas)"

https://escrevergay.com/2016/04/23/a-escola-portuguesa-e-a-homofobia-denuncias-e-respostas/ #LGBT #Homofobia #Transfobia #Educação #Portugal #QuebraOSilêncio
O Público revelou que até hoje a Inspecção-Geral de Educação e Ciência “nunca foi chamada a averiguar nenhum caso” de segregação sexual nas escolas, embora garanta que, perante indícios de discriminação, os estabelecimentos de ensino devem sempre…
Wait while more posts are being loaded