Post has attachment
Não há nada de errado desfrutar de uma boa alimentação, mas tudo com moderação. Você é aquilo que você come. Como foi dito por Hipócrates "deixe o alimento ser sua medicina, e a medicina ser seu alimento".


Photo

Post has attachment
Dica de Filme

Há muito queria falar sobre esse filme e o impacto que ele causou em minha vida.

Em uma aula entediosa de relações humanas do curso de Segurança do Trabalho, o professor novamente passou um filme para assistirmos em pleno sábado de manhã. Pensei "vou dormir durante uma hora, qua bom". Ainda bem que prestei atenção. Pois este filme ensina que pequenas ações que fazemos em prol do bem é tão significativo para quem recebe quanto para quem faz.

Sinopse:
O filme A corrente do bem retrata a história de um professor e de seus alunos no início do ano letivo. Eugene Simonet é professor de Estudos Sociais e durante suas aulas fez um desafio aos alunos: deveriam desenvolver um trabalho com o objetivo de mudar o mundo. ... Ele o chamou de Pay it forward (“Passe adiante”).
Photo

Post has attachment
A IMPORTÂNCIA DO PSICÓLOGO NO TRABALHO

Os primeiros estudiosos da psicologia do trabalho foram os franceses, que se dedicaram á análise das causas e efeitos da fadiga e à  utilização de testes psicológicos para seleção de trabalhadores.

Durante muito tempo os problemas abordados pela psicologia do trabalho limitavam-se ao recrutamento e distribuição de pessoal, em como localizar e selecionar bons trabalhadores e como fazê-los produzir mais e melhor. Esse enfoque na seleção e distribuição de pessoal, fez com que os psicólogos organizacionais, inicialmente, ficassem muito tempo apenas aplicando testes.

Com o passar dos anos, o campo de atuação da psicologia do trabalho alargou-se e passou a tratar, também, da formação do trabalhador, da orientação do trabalho, dos planos de carreira e da organização, em seus diversos aspectos.

Os psicólogos do trabalho podem atuar em diversas áreas, como empresas, consultorias e órgãos públicos e sua atuação é de extrema importância, tanto para os funcionários, que são alocados em ambientes propícios às suas condições e habilidades, quanto para as empresas, pela rentabilidade proporcionada por um trabalhador satisfeito.

Acredito que um trabalhador feliz, teremos uma empresa mais produtiva.


Referência: https://www.google.com.br/amp/www.infoescola.com/psicologia/psicologia-do-trabalho/amp/
Photo
Wait while more posts are being loaded