Post has attachment
A marca de pulseiras da Cielle, conhecida no Brasil, chegou a Portugal através da minha prima que é uma revendedora a única em Portugal da marca.
Venham ler este post e saibam que há 10% de desconto com um código meu.
#newpost #madeinbrazil #bycielle

https://dicavari.blogspot.pt/2017/11/nova-marca-de-pulseiras-em-portugal.html

Post has attachment
Books
20/12 às 18:38 ·
Leitores nos EUA já podem adquirir o título "Jet-Set" da autora Joana Reis através da amazon.com!


Jet-Set (Portuguese Edition)
Jet-Set (Portuguese Edition)
AMAZON.COM
PhotoPhotoPhotoPhotoPhoto
22/12/16
13 Photos - View album

Post has attachment
em 2000 travei conhecimento com o meu primeiro "amigo" virtual, foi num web site chamado Olá Portugal ou coisa parecida já lá 16 anos e eu já não me consigo lembrar do nome sei que era um web site português e enfim o meu cérebro nunca foi lá grande coisa e o meu comportamento também deixava muito a desejar, enfim... conheci então o tal 2amigo" uma pessoa ainda mais desequilibrada emocionalmente do que eu, alem de ter o infortúnio de sofrer de epilepsia também devia ter uma ligeira deficiência mental e eu não lhe ficava atrás claro, eu era como aqueles cães que quando ao fim de anos e anos de viverem presos a uma coleira , açaime e corrente são soltos e correm que nem loucos para todo o lado esbarrando em tudo e em todos, pois também eu tinha ou estava a começar a libertar-me de uma vida de opressão e abuso, que me deixou mazelas para todo o sempre e pior do que isso me tornou também a mim numa pessoa controladora e abusiva, brinquei com o rapaz sem nunca pensar que estaria causando sofrimento a alguém pois que para mim tudo não passava de uma brincadeira o rapaz veio até ao sitio onde eu vivia e acabamos por nos conhecer, lembro-me que logo naquele dia eu não só o achei um pouco estranho mas também assustado, lá lhe expliquei que tudo não tinha passado de uma brincadeira e que eu não poderia nunca ter nada com ele porque afinal de contas eu tinha alguém na minha vida e tinha família constituída, é claro que isso não serviu de consolo ao meu pobre pretendente. cada um de nós seguiu o seu rumo e ele lá voltou ao seu local de residência. entretanto as coisas foram se alterando como já vinha a acontecer desde o dia que eu tinha conseguido aquele emprego numa grande empresa filiada com uma multinacional alemã que me permitiu meter os papeis ao banco para um empréstimo habitacional, em 2001 o meu companheiro abusivo e controlador finalmente fez as malas e saiu de minha casa, eu nem podia acreditar que era finalmente livre!!! pelo menos foi o que eu pensei porque logo de seguida veio a instabilidade financeira de novo, entretanto conheço outro "amigo virtual" desta vez pelo chat do MSN por meio de uma amiga de um amigo não sei já como foi que tudo aconteceu mas o que é certo é que eu e esse "amigo" acabamos por nos casar um com outro e eu fui viver para a Suíça, escusado será dizer que foi a maior asneira a somar ás já tantas outras asneiras que eu fiz.
Nem é preciso explicar que o tal casamento nunca resultou e nem poderia resultar pois éramos dois estranhos e que ainda por cima nada tínhamos em comum um com o outro.
eu regresso ao meu país de Origem em final de 2004 ou seja na véspera de Natal de 2004, entretanto eu nunca perdi o contacto com o primeiro "amigo" que conheci via Internet, continuamos a nos falar e ele sempre me fazendo grandes declarações de amor, e eu ao invés de o desenganar e manda-lo à vidinha dele , não! eu ainda lhe alimentava as esperanças o que foi super errado da minha parte.
entretanto depois de ficar divorciada em 2005 pensei em dar uma chance àquele relacionamento estranho e ver no que iria dar e o rapaz ( já ambos com 40s e tais anos mas o juízo continuava a ser escasso) veio para minha casa, estava na cara que aquilo iria ser catastrófico no mínimo e foi! o moço era frágil e tinha pouco apetite para trabalhar apesar dos cursos que tinha feito pelo IFP ele não tinha aptidão para nada segundo as própria palavras dele ele só queria era ir trabalhar para o corpo de bombeiros mas não queria ser maqueiro e nem ir apagar fogos, queria ficar na recepção só que infelizmente para ele aquele lugar já estava preenchido há muito tempo e já havia uma fila enorme de candidatos à espera que o funcionário se reformá-se ou fosse despedido e assim poderem ter a chance de virem a ocupar o seu lugar, o rapaz não ficou nada contente por ter de contribuir para a renda de casa e demais despesas e claro procurou maneira de se ir embora ou então e eu só agora me lembrei disto, tentou de alguma forma fazer algum tipo de chantagem emocional comigo (mas enfim, eu não tenho a certeza) é claro que eu sempre me preocupei com ele e sempre lhe desejei o melhor e continuo a desejar é claro.
enfim eu não sei porque carga de água no ano passado (20015) ele pergunta-me se eu me lembrava do dinheiro que ele me tinha emprestado e eu lembrava sim que ele me tinha emprestado 60 e tal euros ou coisa no género mas que eu lhe tinha pago antes de me vir embora para Inglaterra. bom ele iniciou por me perguntar se eu lhe podia pagar eu disse-lhe que ia tentar uma forma de lhe enviar algum dinheiro por mês aos poucos mas que o por muito pouco que fosse fosse na sua quase totalidade para ele e eu não tivesse que pagar altíssimos juros de taxa de cambio ou lá o que é.
um dia de repente sem mais nem menos ele me diz que eu lhe devia 360 euros!!! fiquei abananada perguntei-lhe se ele tinha a certeza de que tinha sido a mim que ele tinha emprestado tal quantia? afirmou que sim que tinha eu não tenho a mais ínfima memória de ele alguma vez me ter emprestado tal quantia mas disse-lhe está bem eu vou tentar te pagar mas avisei-o que iria demorar bastante tempo pois eu não estava e nem estou em boa situação financeira, começou por me enviar emails em tons ameaçadores e até um pouco digamos que agrestes para dizer o mínimo depois de eu lhe enviar a primeira quantia ele enviou-me um email a dizer que tinha recebido mas que não tinha ficado nada satisfeito que estava a contar com um valor muito maior que aquele e que precisava de concertar a motorizada e que estava desempregado etc etc, e mais uma vez as ameaças veladas ou camufladas como se lhes queira chamar, irritei-me e não mais lhe falei e nem voltei a enviar mais nada, esta manhã quando me levanto e pego no meu telemóvel reparo que tinha o Skype a piscar com várias mensagens ou notificações de mensagem, e vejo o nome dele e de outra pessoa onde essa outra pessoa me dirige inúmeros insultos e calunias além de ameaças claro a exigir que eu pague o que devo ao namorado dela, e depois vejo as mensagens também desse "amigo"/ex parceiro também a ameaçar-me mas desta a ameaçar-me com a "namorada"
as conversas se é que pode dar esse nome a tal verborreia, ficaram registadas no meu dispositivo móvel e ambos os intervenientes foram bloqueados e denunciados e deixo aqui o aviso ao Sr. Rui Mota que se me continuar a perseguir este caso vai então a tribunal.


PhotoPhotoPhoto
26/04/16
3 Photos - View album

Post has attachment
Conheça o Fórum do Consultor Previdenciário e tire sua dúvida sobre os benefícios do INSS e formas de contribuição.

Pergunte que o Consultor responde.

Post has attachment
pequenas Histórias
Lá no fundo do quintal
e ali estava ela pequenina acanhada e calada
encostada à vedação de rede que separava o quintal dois outros quintais lá na Espadaneira Coimbra...segurava um bonequito nas mãos e pela primeira vez ela apercebeu-se que pensava, e pensava; o meu nome é Paula eu sou a Paula eu tenho 3 anos e aquele pensamento foi de uma força sem tamanho nem precedentes, aquele pensamento marcou a sua vida e ainda hoje passados 51 anos aquele pensamento grita bem alto e sem som porque é tão alto mas tão alto que só mesmo quem for extraordinário o poderá alguma vez ouvir
Photo

Post has attachment
Um texto que vai contra os machismos baratos, mas de modo não exagerado.

Post has attachment
Post novo! Esse é pra quem ainda não aprendeu a se amar e precisa aumentar sua auto-confiança. Fala muito em amor próprio. Beijinhos -

Post has attachment
Oi gente, saiu mais um textinho lá no blog! Esse fala sobre a mania das pessoas dizerem que não deu certo quando um namoro termina. Vem ver!

Post has attachment

Post has attachment
Wait while more posts are being loaded