Post is pinned.Post has attachment
Pra quem está chegando agora e não me conhece ainda, vou contar um pouquinho da mim e da minha história...
Meu nome é Sirlene, tenho 32 anos, faço 33 dia 11/04 e tenho 3 filhos.
Meu sonho sempre foi ser mãe, sempre tive o sonho de ter uma família grande com muitos filhos... mas não foi fácil minha caminhada nesse universo materno.
Meu primeiro filho eu tive aos 22 anos do meu primeiro namorado, ele nasceu prematuro extremo 25 semanas, ficou 9 meses internado em uma UTI neonatal, mas um dia por conta de uma infecção hospitalar veio a falecer... passaram-se uns meses e a Rafaela nasceu... o namoro não deu certo, terminei o relacionamento com o pai da Rafa e passei pela experiência de ser mãe solteira.
Me casei a três anos atrás, engravidei novamente, tive o Nathan e outra batalha... ele nasceu com atresia de esofago.. uma má formação no esôfago, onde foram necessárias várias cirurgias, muito tempo de internação em vários hospitais... ao todo foram 6 meses de internação, passando por 3 hospitais infantis, até que com 1 ano e 1 mês Deus achou melhor levá-lo para perto dEle. 
Só que na semana em que ele faleceu eu descobri que estava grávida, logo depois... algumas semanas depois, no meu primeiro ultrassom, descobrimos que a gravidez era trigemelar... isso mesmo, 3 bebês estavam se desenvolvendo, o médico já tinha nos preparado para a possibilidade de que nem todos se desenvolvessem, pois uma gravidez trigêmelar era muito difícil que todos os bebês se desenvolvessem e realmente um dos bebês parou de se desenvolver no primeiro trimestre, mas os outros dois continuaram firmes e fortes, nasceram com 35 semanas o Gabriel com 1960gr e a Helena com 2050gr ficamos 12 dias no hospital apenas para o Gabriel ganhar peso.... e desde aquele dia minha vida virou uma festa com esses bebês nela, alegrando todos os dias da nossa família e transformando toda lagrima derramada em risos.
Bom espero que a minha história possa servir de testemunho e de esperança para vocês.... Testemunho de um Deus que não falha, de um Deus que não te abandona em momento algum. 

  
Photo

Post has attachment

Post has attachment

Post has attachment

Post has attachment

Post has attachment
05 motivos para os pais levarem seus pequenos para BRINCAR em meio à NATUREZA.
https://www.youtube.com/watch?v=BinTSuLdI6A

Post has attachment

Post has attachment
"Criar esse projeto foi um grande desafio pessoal, e ele nunca foi sobre mim, sempre foi sobre oportunidades e felicidade. A maternidade solo na maioria das vezes é encarada de forma solitária e reclusa, mães cada vez mais ocupadas com as necessidades das crias, uma sociedade imunda que faz questão de deixar bem claro que crianças não são bem-vindas, transformando a maternidade compulsória num terrível sistema prisional, me fizeram sentir a necessidade de que algo precisava ser feito. Comecei a sentir que não só a minha realidade precisava mudar, mas eu queria dizer para outras mulheres que elas também eram capazes de fazer a diferença nas próprias vidas e que a maternidade solo não precisa e não pode ser solitária. Que ser mãe não é motivo ou desculpa para ser reclusa, para estar sempre triste por não poder dar rolês com as amigas. Se quer ir à qualquer lugar, vá! Se suas amigas nunca podem dar um rolê mais tranquilo com você e sua cria, troque de amigas, se possível exija que o pai da criança seja presente e fique com a criança pelo menos por algumas horas – e eu sei que essa parte é complicada, às vezes a gente não confia ou fica receosa, mas não se auto sabote, a responsabilidade é dos dois e você além de mãe é mulher e precisa de um tempo pra si. Pra ir ao cinema, a praia, ao shopping, ou para simplesmente não fazer nada. Mas não se feche para as oportunidades que a vida lhe oferece. Se não tem ninguém para ficar com a cria, leve. Se estão te olhando torto por estar naquele lugar, permaneça, nós não precisamos estar só onde somos “permitidas“. Nós podemos estar em qualquer lugar e eu vou te falar, não tem sensação melhor do que ver a felicidade da cria ao conhecer novos lugares, novas sensações. Das vezes que levei a Clara no Museu, nossa foi surpreendente a alegria dela vendo todas aquelas novidades nas paredes, nos tetos. Quando fomos a Praia, ela fez a festa, adorou o mar e não queria sair de jeito nenhum e esses momentos são impagáveis, eles que tornam cada noite mal dormida, cada estresse, cada choro reprimido valerem muito a pena."



http://naestradacomasminas.com.br/as-delicias-e-dificuldades-de-ser-uma-mae-que-ocupa/

Post has attachment
Oi pessoal,tudo bem?
Este video é em especial ao DIA DAS MÃES por AILDES COSTA.
Se você gostou do video compartilhe, deixe seu like e inscreva-se no canal Aildes Costa.
Se você já é inscrito, ative o sininho para não perder os próximos vídeos.
Um beijo Grande.
https://www.youtube.com/watch?v=-U2qmtYNwVg&t=304s

Post has attachment
Saiba mais sobre o parto normal e cesariana.Informações muito relevantes e importantes para todas as mamães e futuras mamães.
https://youtu.be/6bpLiVPDK6Y
Wait while more posts are being loaded