Post has shared content

Post has shared content

Post has shared content
NAZARÉ – NÃO EXISTIA NA PALESTINA
Nazaré é citada frequentemente nos evangelhos. Como cidade sempre foi desconhecida na Palestina. Foi citada por várias fontes só a partir do século III.
Vejamos o que diz o próprio evangelho: “E, ouvindo que Arquelau reinava na Judeia em lugar de Herodes, seu pai, receou ir para lá; mas, avisado em sonhos por divina revelação, foi para as partes da Galileia. E chegou e habitou numa cidade chamada Nazaré, para que se cumprisse o que fora dito pelos profetas: Ele será chamado Nazareno” (Mateus 2:22-23).
A explicação encontra-se no livro de Juizes. Um anjo anuncia o nascimento de Sansão: “Porque eis que tu conceberás e terá um filho, sobre cuja cabeça não passará navalha; porquanto o menino será nazireu de Deus, desde o ventre; e ele começará a livrar a Israel da mão dos filisteus” (Juizes 13:5-7).
A origem desta palavra hebraica: nazir, nazireu, nazareno; significa: uma certa pureza, na observação de certos ritos (Números 6:1-21).
Quem escreveu os evangelhos desconhecia a Palestina, umas das fontes usadas, foi o Antigo Testamento (Septuaginta), julgaram que “nazireu” significava: originário de Nazaré. Por isso, citaram Nazaré como uma cidade, localidade essa que não existia.
Photo
Wait while more posts are being loaded