Aeeehh fui promovida (-)


Capítulo 3 – Um Novo Amanhecer

Castiel seguia alegremente rumo à escola pela manhã, mais cedo que de costume. Será que o beijo da noite passada teria o feito ficar tão ansioso assim para ter acordado tão cedo? Enquanto isso, ele observa com clareza todos os postos comerciais se abrindo. O cheiro do pão quentinho vindo da padaria, os taberneiros com cara de sono e os bêbados desmaiados na calçada, provavelmente recém-saídos do bar ao lado que acabara de fechar.
- É triste! ~ pensa Castiel, refletindo.
Enquanto isso, Ashley também havia acordado cedo, porém sua ansiedade se transformara em outra coisa, ela estava passando muito tempo a se arrumar, e por isso estava quase atrasada.
- Você quer perder aula hoje Ashley? ~ mãe
- Espere um pouco... Eu já estou indo! ~ Ashley
Mesmo apressada pela mãe, ela segue correndo para a escola, chegando exatamente às 07:12h, dois minutos de atraso com que havia combinado de se ver com Castiel, cujo este já estava no portão da escola, distraído, olhando o relógio de pulso, provavelmente esperando por ela.
- Pontual você hein? ~ Ashley
- Ash? Até que enfim você chegou kkk. E sim, sou pontual mesmo, cheguei aqui ainda eram 07:07h – u -. Onde estava? Achei que não viria mais... ~ Castiel
-Heh, tive uns contratempos... Mas tudo bem kkk.
- V-você... está usando... maquiagem? Por quê? ~ Castiel se aproxima do rosto dela de forma curiosa, fechando um olho e franzindo a sombracelha, com uma mão no queixo.
Ash cora no mesmo instante: - Heh... Que? 0//////0 Não... Quer dizer, só um pouquinho... Ahn, er... é que... eu gosto de “empalidar” um pouco a cara de manhã para dar um ar mais gótico, sabe?
- Ah, sei sim... ~ lembra Castiel que, nos tempos que faziam RP na internet, ela amava vampiros e admirava o estilo obscuro.
Logo que iam falar mais alguma coisa, a porteira lhes chama atenção para que entrem logo na escola ou que ficassem do lado de fora de uma vez. Sem pensar duas vezes, Castiel segura a mão de Ashley e a conduz para dentro da escola.
Param no meio do corredor com várias pessoas passando, e percebem que ainda estavam de mãos dadas, entreolham-se e coram no mesmo instante.
- Ashley... Eu... ~ Castiel
- S-sim? ~ Ash
Castiel ia dizer alguma coisa, quando ele é chamado por alguns colegas para entrar na sala. Que droga, por que sempre na melhor parte...? ;-; - Tenho que ir agora, depois te falo o que é ^^ ~ Castiel
- S-sim... claro .-. vai lá ^^, boa aula! ~ Ash
- Obrigado, a você também! Vemos-nos depois, beijos!~ E Castiel vai embora antes que ela responda
- Valeu, be-... !!!... Pera... Beijos? O/////O ~ Ashley fica ali refletindo se isso foi carinho ou referência da noite passada.
Andando pelo corredor, completamente desacompanhada, Ashley esbarra num garoto que estava de costas.
- Ah, desculpe... ~ Ash
- Tudo bem. Você é novata? ~ ??
- Não, por que a pergunta? Ash
- É porque geralmente os veteranos sempre estão acompanhados por uma galera ou são populares ~ ??
- Kkkk ata meo. É que eu sou diferente –u- ~ Ash
- Kkkk legal, qual é seu nome? Me chamo Kanu ~ Kanu
- Eai, eu sou a Ashley! Prazer em conhecê-lo, K... !!!!!! Pera, Kanu??? Meu Deus mano, é vc mesmo? ‘o’ ~ Ash
- Sou ué kkk por que esse espan....!! Uia, mas... Você é Ashley! Minha melhor amiga virtual! Nooossa vem cá! ~ Kanu a segura e a ergue, olhando-a de cima, Ashley dá muitas risadas.
- Kkkkk! Eeiii sem essa! Coloque-me no chão! ~ Ash
- Hehe, que nada. Ih olha só, vc parecia maior pela tela do PC! Kkkkkjjj ~ Kanu
Ele e deixa no chão e lhe dá um abraço, no qual Ash corresponde. Ele se afasta para admirar a presença dela quando outra pessoa se aproxima:
- Kanu o que vc está fazendo aqui? Não me diga que aproveitou o tempo livre no seu prédio para espionar o treino das meninas no campinho não né?
- Hein? Quer dizer que vc tava fazendo isso? Que feio! ~ Ash
- Eeiii, qual é? Claro que não era pra isso... ~ diz Kanu, cabisbaixo.
- Uhum sei. Quem é ela? ~ pergunta o rapaz não identificado
- Ué, não está reconhecendo Ash GDC, Aioria? ~ Kanu
- Que? Ela é a Ashley? Namorada do Castiel? ~ Aioria
Ashley nesse instante cora, porque não sabia ao certo o que realmente significava para ele agora que o conhecia pessoalmente. Decerto isso era algo dependente a ser conversado.
- Sim... sou kk ~ Ash
- E ele está estudando aqui né? ~ Aioria
- Sim, sim, ele tá no primeiro ano. Talvez esteja na mesma sala que você, mas ele disse que ainda não tinha visto ~ Ash
- Isso é totalmente compreensível já que é o primeiro dia de aula que venho nessa escola. Falando nisso, melhor eu ir antes que eu atrase. Talvez ele não me reconheça na hora, mas depois me apresento a ele. Vou indo, tchau pra vocês, foi bom te conhecer Ashley! ~ diz Aioria que sai andando sem esperar resposta
- Até...? ~ Ash
- Bem, eu vou indo também porque minha sala é no outro prédio. A gente se fala por aí, até mais Ashley! ~ Kanu
- Até! Boa aula! ^^ ~ Ashley
Depois disso, Ashley sai andando pelo corredor e percebe que não há professor em sua sala. Sem recomposição de aula aquilo significava tempo vago. Enquanto alguns alunos de sua sala ficavam na bagunça, outros no celular e o resto conversando, ela simplesmente sai para ir ao jardim, local onde encontrou Castiel onde também é seu lugar favorito da escola, que podia ficar em paz consigo mesma além de escutar música e desenhar sem que ninguém a perturbasse. Lá ela começa a desenhar uns galhos copiando os traços da pequena árvore que há no fundo. Muito inspirador.
Chega na hora do intervalo.
Castiel sai primeiro de sua sala em direção a um pátio que fica entre os prédios da escola, um local totalmente térreo, e os prédios em volta, como se fosse para fazer sombra. Ele ia para a cantina quando alguém tapa seus olhos e pula em seu colo:
-Ahooooii :3 ~ Ash
- Vish... Deixa-me adivinhar quem é... ~ Castiel
- Rsrs ^/////^ ~ Ash
- Hm... Seria por acaso a menina mais fofa do mundo? ~ Cas
- What?! 0//////0 ~ Ash
Castiel se vira rápido e a prende num abraço, desprevenida.
- Ahá, é isso mesmo que você é: uma fofinha! ~ Cas
- Ora ora ora, que criaturinhas carinhosas! ~ Kanu
- Kanu! Fugiu de novo! Kkkkkk ~ Ash
- Pera... Ele é o Kanu? ‘>’ ~ Cas
- Sim, sim kkk! Ele fugiu do prédio dele para vir nos ver ~ Ash
- Eita, você é o Castiel? ‘o’ Que legal! ~ diz Kanu se aproximando de Castiel e lhe dando um abraço de urso brother
- Ai meu Deus XD ~ diz Castiel, esmagado. – É bom te conhecer também, Kanu!
Conversam os três em si, quando chega Aioria e se junta a eles. Castiel fica muito feliz por finalmente conhecer seu cunhado e lhe abraça. Muitos reencontros entre esses jovens, mas o melhor ainda está por vir. Castiel questiona Aiolia sobre qual sala estuda e este responde, na sala B do primeiro ano, ou seja, estudam na mesma sala, mas não sabiam e não se conheciam de cara, porém agora poderiam se aproximar.
Tudo parecia estar bem, até Ashley questionar...
- Gente, vocês já viram a Esmeralda?
Os três meninos se entreolham.
- Não... ~ responde Castiel, embora Ashley já esperasse essa resposta dele
- Eu também não a vi ainda ~ diz Aioria
- Eu nem sabia que ela tava nessa escola ~ diz Kanu
- A única coisa que tenho dela é o desenho que ela me deu via fax... ~ Aioria tira da mochila um desenho de um cavaleiro e uma amazona sentados na grama e mostra aos presentes amigos.
- Que lindo! Faz tempo que não vejo um desenho dela. ~ Castiel
- É verdade! ~ Kanu
- .... ~ Ashley
- Nós precisamos achá-la!
- Mas como? Essa escola é muito grande! E a menina não iria ficar num lugar só esperando ser encontrada pela gente ~ Aioria
- Tem razão, mas deve haver uma maneira... ~ Castiel faz cara de pensativo
- E ainda mais que, ela deve estudar no mesmo prédio que eu, pois ela ainda não está no ensino médio, que eu saiba ~ Kanu
- ‘o’ !!!!! Isso... me... dá... uma... ideia! ~ Ashley
- Qual? ~ Castiel
- No terceiro prédio tem ateliê dia de quarta feira, é o lugar onde todos os alunos desenhistas do ensino fundamental e médio se reúnem, num prédio daqui, com certeza ela vai estar lá! ~ Ashley
- Legal boa ideia, mas hoje é terça! ~ Aioria
- Exatamente, vamos espera-la amanhã ~ Ash
- Tem um porém... Na sala tenho certeza de que não deixarão vocês fazerem momento de reencontro, podem ser chamadas atenção :/ ~ Castiel
- Não tem problema, irei faltar a essa aula amanhã. ~ Ash
- Nesse caso eu também vou ~ Kanu
- Vamos combinar de nos encontrar aqui amanhã então, para acharmos ela? ~ Aioria
- Isso mesmo ~ Cas
- Legal, gente! ~ Ash
E nesse momento, o sinal bate, todos devem voltar às salas. Os meninos acenam e se despedem, porém, Ashley retruca:
- Esperem um momento! ~ grita Ash
- O que foi? ~ Castiel
- ???? ~ Aioria e Kanu
- Heh... Queria pedir que os senhores... Ham, Kanu, podes trazer uma caixinha de som? Castiel, pode trazer um giz de sua sala quando vier aqui nos encontrar? Aiolia, pode trazer novamente esse desenho que nos mostrou? ~ Ash
- Posso sim ~ Kanu
- Tá... Mas para que? Kkk~ Castiel
- A seneora que manda na parada, pode deixar ~ Aioria
- Perfeito! Espero vocês aqui amanhã, no mesmo horário! Good bye, my friends! ~ Ash
- Psiu! ~ sussurra Castiel para Ashley, sem que os outros percebam.
- Hã? ~ responde Ash, se aproximando.
- Que tempo você vai sair hoje? ~ Cas
- O quinto... Vou sair cedo, e você? ~ Ash
- No sétimo... Vou ter aula de treinamento de base :/ ~ Cas
- Ah é... Maldito “regime militar” kk... ~ Ash
- Heh... Eu... Queria conversar umas coisas, mas não vai dar tempo... ~ Cas
Nesse momento Ashley suspira alto e Castiel percebe. Podiam imaginar o que os dois gostariam de falar um com o outro. Infelizmente, a rotina e destino não cooperam.
- Amanhã vou sair no sexto ~ Cas
- Ei, eu também! ~ Ashley
- Então a gente conversa amanhã.
- Claro que sim! Até lá!
Passado um dia, Ashley, Castiel, Kanu e Aioria saem no intervalo ese encontram no mesmo lugar onde eles estiveram dia anterior.
- Trouxeram as coisas que pedi? ~ Ashley
- Claro que sim, aqui está ~ Kanu, colocando a caixa de som no chão.
Aiolia e Castiel entregam o desenho e giz para Ashley, mas a olham confusos.
- O que você vai fazer? Não pode ligar o som muito alto senão te levam para diretoria! ~ Aioria
Ashley, sem lhe responder nada, desenha um círculo de giz no chão, com uns desenhos um tanto, demoníacos dentro. Coloca o desenho no chão no centro do círculo e também uma máscara igual a da Marin de Águia, manda o Castiel e Aioria entrarem no círculo. E eles, meio receosos e desconfiados, resolvem entrar. Logo, Ashley, ligando um som de rock bem pesado, grita:
- ESMERALDA DOIDINHA DOS DESENHOS, AMANTE DE FELINOS, SPAUNA AE MINHA AMIGA!!!!!!
Todos, muito assustados e intrigados olham Ashley, e não só os três meninos, todos os alunos em volta. A garota olha pra cima no exato momento em que a janela do terceiro andar quebra e uma menina cai desse andar. A menina cai em cima do Aioria, e os outros correm para ajudar.
- Aaahh meu Deus, vocês estão bem??? ~ Kanu
- Como foi que você caiu lá de cima??? ~ Castiel
- Esmeralda?... É você mesma? ~ Ashley
A menina, saindo de cima do Aiolia responde:
- Claro né, você não me invocou? Quem é tu?
- Sou a Ashley... sua... melhor amiga :’)
- Pera, é o que? V-você é a Ashley? ~ Esmeralda encara os quatro a sua volta e reconhece.
- E-então... Meu Deus, e você é Castiel... E... Você é o Kanu! Mas... ~ virada para Aioria ~ v-você só pode ser...
Ashley começa a lacrimejar e Castiel percebe o quão a menina é sensível...
- AIOOORIAA!!! ~ Esmeralda cai em cima de Aioria fazendo-os ficar no chão de novo, e este, por sua vez, fica apenas paralisado.
- Heh... Alguém me ajuda! ~ Aioria
- A gente te ajuda! Hehe ~ Castiel vai e levanta Aioria. – Não vai me dar um abraço, maninha? :3
- Que bagunça é essa? ~ aparece a coordenadora da escola.
- Heh... Bem... ~ Ashley
- Não fiquem aí parados, corram!!! ~ Esmeralda
Continua...

------------------------------------------------------------------------------------------------------
Castian me desculpa pela demora a postar ;-;
Mas aí está, eu espero que você goste! :3)/
E a vocês, leitores, espero que tenha gostado tanto quanto eu gostei <3

Gente cade o resto? Eu quero ver a zuera corre solta

Primeiro encontro? - Capítulo 2

Ashley e Castiel andam lado a lado até a panaderia. Ashley vai indicando o caminho para ele, dizendo os pontos de cada parte de onde passam, e o que ela diariamente faz neles. Chega um ponto em que sentem querer se aproximar ainda mais e darem-se as mãos, e neste momento se entreolham, mas a timidez toma conta dos dois e rapidamente olham um para cada lado. Após 10 minutos de trajeto, eles finalmente chegam a tal panaderia, que Castiel reconhece por uma padaria comum, mas logo após nota que apenas era uma diferença regional, pois se lembra que Ash antes morava no antigo Pará, e ele morava no Rio de Janeiro.
- Vamos entrando? ~ Ash
Ash fala com uma voz divertida, ao tempo que curiosa para saber a resposta de seu acompanhante. Este sem pensar em formular uma resposta melhor, simplesmente concorda com palavras e balançando a cabeça:
- Sim... ~ Cas
Ash olha feliz para ele, sorrindo, e diz com uma voz brincalhona, ao entrar no local:
- Sigam-me os bons!! ~ Ash
Ela entra no local a espera de seu acompanhante. Antes da porta fechar, Castiel a enpurra e entra no local. Era um lugar agradável, dividido entre uma pequena mercearia que vendia mantimentos e comidas, como também possuía uma parte para refeições. O Local chegava a ser bonitinho e agradara Castiel com seu cheiro delicioso de pão e outros salgados. Observa Ash, que com geitinho acenava para ele, sorrindo, e por sequência sentava confortávelmente na mesa. Cas olhava para ela, que mesmo com uniforme escolar se via encantadora e linda. A imagem que sempre observava com delicadeza na segunda dimensão pelo celular, agora se tornara real, e o fazua delirar com sua beleza, embora este não afmitisse tal feito devido a ainda estar em choque por vê-la. Segue rumo a mesa e senta do lado oposto, pois ainda não estava seguro de se aproximar, porém também Ash pensava o mesmo após deaviar o olhar por um instante. Finalmente ela resolve perguntar:
- Beeem... o que vai querer? Ja tens alguma idéia sobre o que irá pedir? ~ Ash
- Vou de coxinha, o manjar das pessoas ~ Cas
Castiel falou de tal forma para tentar ser irônico, mas embora não tenha sido muito engraçada, Ash ri para que seu acompanhante não se sinta triste por isso. Porém Cas percebe, mas se sente feliz pois sabe que a garota a sua frente se importa com ele.
- Neste caso, irei de pão de queijo com presunto, o que acha? - Ash
- Magnifíqué!! Boa escolha, perfeita para uma tarde ~ Cas
- É vero ~ Ash
Os dois riem e sorriem um para o outro. Pouco tempo depois, pedem a garçonete que passava ao lado, os determinados pedidos, acompanhado de sucoa de laranja para os dois. Eles conversam enquanto o pedido não chega. Falam sobre o que aconteu em cada família, e como foi difícil a mudança deles para o local. Discutem sovre as dificuldades, quando lembram do Aiolia.
- Aiolia gostaria de falar aobre estaa coisas, é bem a cara dele falar de política ~ Cas
- É s-... ~Ash
Ashley ibterrompe a própria fala ao lembrar de algo importante, e se espanta. A garçonete entrega os pedidos, porém Ash não se move. Cas preocupado, pergunta:
- A-ash, tudo bem? ~ Cas
- Sim sim, eu lembrei... ~ Ash
Um sorriso toma conta da face de Ash, que alegremente fala:
- Eu ouvi rumores de que eles haviam movido para nossa escola!! ~Ash
- "Eles"? Eles quem? ~ Cas
- Aioria e Kanu, ouvi dizer que eles estão também em nossa escola!! Porém não cheguei a ver Kanu, ele estuda no fundamental ainda e-... ~ Ash
- Espere... O QUÊÊÊ?? Tem mais do pessoal aqui? ~ Cas
- S-sim... eles dois ao menos são os únicos que sei que estão aqui, Aioria deve estar em outra classe de primeiro ano, e Kanu esta em alguma do nono ano do fundamental, do outro prédio ~ Ash
A escola era dividida em 2 prédios, onde um era para o fundamental e a outra para o ensino médio, onde ocorria a listagem obrigatória.
- Mas então... como eu ainda não vi o Aioria? Ele estava em outra classe mas... ~ Cas
- Se acalme, hoje foi apenas o primeiro dia nesta nova escola, obviamente não o vería. Nem eu pude ver ninguém ~ Ash
- Entendo... ~ Cas
Logo depois Cas também se lembra que outra pessoa poderia estar com eles na escola.
- Ah meu Deus... ~ Cas
- O que foi Cas? ~ Ash
- Eu lembrei... Lembrei!! Há mais uma pessoa que estuda em nossa escola! ~ Cas
- Sério!? Quem?? ~ Ash
- Minha irmazinha! ~ Cas
- Esmeralda? Esmeralda está aqui? ~ Ash
- Sim, está! Ah, Ash... amanhã iremos caçar eles, certo? ~ Cas
- Ahntares! ~ Ash
Castiel sorri e logo depois Ashley faz o mesmo. Comem seus lanches, e brevemente saem. Castiel pergunta se pode levar Ashley para casa, e a mesma diz que sim, embora a casa estivesse a 5 minutinhos sali. Ao cair da noite, eles chegam na rua de Ash, entretanto resolvem não avançar mais, ja que nenhum dos pais dos dois sabiam sobre a antiga relação na internet, que agora poderia se tornar real. Param no poste da placa de indicação da rua, onde se despedem:
- Foi bom estar contigo depois de tanto tempo, Ashley ~ Diz Cas, sorrindo.
- Eu que o diga, Castiel ~ Diz Ash, acompanhando o sorriso.
Os dois se entreolham uma última vez na noite, com cara de quem estaria prestes a se apaixonar uma segunda vez, entretanto a vergonha mais una vez atrapalha os dois, que os faz olhar para lados diferentes, desviando o olhar um do outro
- Bem... te vejo amanhã? Na entrada, as 7:10 ? ~ Cas
- Sim... nos vemos amanhã! ~ Ash
- Tenha uma boa noite Ashley, amanhã nos falamos mais ~ Cas
- Igualmente seu fofinho... até amanhã!
Castiel fica um pouco vermelho, e Ash sai de cena com a cabeça abaixada, e andando devagar. Quando ela estava na metade do caminho, Castiel resolve ir em direção oposta, indo rumo a sua casa, que também não estava longe. Ao parar debaixo de um poste de luz em menos de 5 segundos depois, ele ouvi passos correndo, e ao virar-se para trás recebe um imenso Abraço de surpresa, que em um pulo o prende. Ele vai para trás e percebe que era Ash que havia voltado, com uma cara vermelha, porém super feliz
- A-ash? ~ Cas
- Euzinha. Não pude deixar você ir tão rapido, meu amor! ~ Ash
Os dois ficam mais vermelhoa, mas Ash não consegue desfazer de seu imenso sorriso, e lacrimeja. Castiel também lacrimeja e sorri para ela
- Amor?... Você ainda me ama tanto assim? ~ Cas
Uma pequena pausa. Ash que estava com a cabeça escorada no ombro de Castiel, a levanta e diz com seu radiante sorriso
- Ainda tem dúvidas? ~ Ash
- ... Não! ~ Diz Castiel, sorrindo forte
- Ai sim meu patreon! ~ Ash
Os dois sorriem e se entreolham por uns segundos, até que de surpresa... Ashley rapidamente se aproxima da boca de Castiel e lhe da um beijo Romântico. Cas se assusta, e fica com medo pois nunca havia beijado e não sabia o que fazer, porém o beijo termina e ainda sim Ashley estava muito contente e sorrindo muito. Os dois ficam super corados, até que Ashley diz
- Bye, my love! ♡ ~ Ash
Sem esperar resposta, Ashley sai correndo em direção da casa e sorrio quando chega na porta, e então entra. Castiel ainda meio que paralisado, recobra forças para andar para casa. Sorte que nenhum soldado que patrulhava todos o perímetro a noite havia os visto.
Castiel volta para casa, e tanto ele quando Ashley caem na cama sorridentes, e dizem virados para o teto, cada um em sua casa
Isto vai ser divertido!! ~ Os dois
--------------------------------------------
Fim do imenso Capítulo 2

Um Pedido - Capítulo 2 - Prólogo

Cast para por um minuto, não pensa em nada. Ash não percebeu que ele ficou estático.
Realmente, durante um duas semanas, ele foi sem querer enganado, embora que não só ele, mas todos seus amigos no grupo. Todos pensavam que Ash era um garoto, mas na verdade ele é uma garota!
Cast vai ao perfil dela confirmar. Ele não havia feito isso mais cedo, e comprovado: sexo femenino. Ele não pode acreditar. Ao olhar sua foto mais de perto, percebe que são vampiros. Logo pensa o quanto Ash deve ser uma garota que gosta de coisas mais escuras. Por que ele foi tão lerdo a ponto de não tirar essas duvidas antes?
De fato, era tarde. Agora terá de explicar a situação
- Ash, me perdoe. Realmente eu pensei que você era um garoto todo esse tempo. Não só eu, mas tb muitos amigos nossos. ~Cas
- Tudo bem Cas, eu entendo kk mas é engraçado, vc pensou assim por duas semanas? Rindo ~Ash
- yep, foi v: ~ Cas
- Que irônico! hahaha ~Ash
- Pois é.... ~Cas
- Kkkk.....
..... Cas, qual seu verdadeiro nome? ~Ash
- Meu verdadeiro nome.... ~ Cas
- Ah, não diga se não quiser ~Ash
- Não, tudo bem. Meu nime real é Castiel. E o seu? ~ Cas
- Castiel? É de "Amor Fofo"? Kkkkkk bem, meu nome é Ashley ~ Ash
- Que Amor Fofo o que! Kkkkk
Ashley... entendo, que nome bacana! Peculiar também ~ Cas
- Obrigada! ^-^ ~ Ash
- De nada kk ^-^
Agora que sei que vc é uma garota, vamos enganar o povo no grupo kk ~ Cas
- Ok kkk ~ Ash
E assim, os dois amigos ficaram ainda mais próximos. Conversavam mais e falavam de coisas pessoais, como melhores amigos de verdade. Claro, sempre escondendo o necessário, ainda não era hora de confiar 100% um no outro.
Contavam da escola, de brincadeiras, situações inusitadas..... Muitos assuntos. Castiel estava feliz ja que conversava muito com sua amiga
Um mês se passou, Castiel estava um pouco triste, pois a pessoa que gostava não gostava dele mais. Eram amigos a muito tempo, e se gostavam a muito tempo, mas demoraram ta to a falar, que o amor dos dois foi embora. Eles decidiram deixar isso de lado e apenas serem bons amigos. Ash não sabia disso, mas por algum motivo peculiar... um dia ela... mudou e traçou o destino dos dois.
Certo dia, ao conversarem como sempre após voltar do colégio, Cas percebe que Ash esta se segurando, e pergunta:
- Estás bem? ~ Cas
- S-sim.... ~Ash
- Compreendo. No que está pensando? ~ Ash
- Em uma coisa importante, será que posso contar? ~ Ash
- Conte se quiser. Caso não queira, volto a continuar com o assunto de matemática ~Cas
- Irei contar então....
Castiel.... ~ Ash
Ouvindo seu nome real sendo chamado, ele ja fica mais atento e com receio
- S-sim?... ~ Cas
-Você me faz bem, eu gosto de sua companhia....
Desde o dia que nos conhecemos, eu lhe achei um cara legal! Vou direto ao ponto ~ Ash
Cas suspeita de algo, mas antes de qualquer coisa, é interrompido
- Você....
Quer namorar comigo?
------------------------
Fim Cap 2 - Prólogo

Capítulo 1 - Como começar

Sem saber o que fazer, os dois apenas se olham espantados. Muitas coisas passam em suas mentes rapidamente. O vento batia em seus rostos, mas eles não se moviam, e mais ninguém apareceu. Pouco tempo depois, Ash começa a chorar involuntariamente, e Cas ao ver isso, se simpatiza e começa a ocorrer o mesmo com ele. Ela então corre até ele com emoção e o abraça.
- Cas... É você mesmo?! ~ Ashley
- Creio que seja eu...?...
Ah sim, s-sou eu... ~ Cas (Diz ele aleatoriamente, ja que ainda estava chocado pela surpresa)
- Haha... É vc mesmo... ~ Ash
Ela o aperta com mais força. Automaticamente ele corresponde ao Abraço, e o faz também
- Ashley, eu... Você...
Como você esta?... ~ Cas
Ainda mantida pela emoção, responde
- Estou bem Castiel, principalmente agora que te encontrei ao vivo. Você não sabe a minha emoção! Porém apenas não estou melhor como eu poderia, ja que para mim e todos os membros de minha familia, foi um choque estar no meio de algo parecido a uma guerra, com os povos do Oriente. Parace surreal estarmos vivendo num período como esse... ~ Ash
- ... ainda mais porque estamos sendo forçados contra nossa vontade a tudo isso, como servir o exército e sermos realocados ~ Cas
- Sim... ~ Ash
- Mas... ao menos isto nos fez encontrar aqui, certo? ~ Cas
Castiel sorri, e fica cada vez mais feliz
- Verdade, e mais!! Posso ver seu doce sorriso de verdade agora! :3 ~Ash
Castiel fica timido e meio vermelho, e Ashley ri da situação.
- Hehe ^u^ ~Ash
- He... >///<
Eu digo o mesmo de você... e mais! Você é bem mais fofa do que eu esperava!! Hehe :3 ~Cas
- O Quêêê?? O///O
Ain Cas, você que é fofo desse jeito, hihi ^//^ ~ Ash
- Eu não sou não, heh!
Os dois ficam rindo no local até que bate o sinal. Castiel rapidamente pergunta que horas Ashley sairá. Ela responde que irá para casa bem mais cedo que ele. Castiel então pergunta se ela gostaria de esperar ele sair de sua última aula, e ela faz sim com a cabeça. Logo eles se despedem, cada um indo para um lado da escola, pois estudavam em alas opostas do colégio.
- Tchauzinho Ash... ~ Cas
Ele acena sem jeito para ela, enquanto seguem para o corredor. Ela acena com jeitinho sorrindo. Ele então se dirige para sua sala.
Após sair da aula de história no sexto tempo, Cas vai para o portão principal do colégio. Ao se aproximar, ele avista Ash encostada no muro, e ela ao perceber que este se aproximava, acena de longe. Quando ele chega, vê ela fofamente sorrindo, com as duas mãos juntas e esticadas para baixo, então diz:
- Finalmente um momento a sós, depois de tanto tempo ~ Ash
Ela ri timidamente após isso. Cas responde:
- Verdade... e estou com saudades de ti ~ Cas
- Eu também... ~ Ash
Os dois se olham por um instante, até que por fim, olham pro lado meio tímidos.
- Eu ja avisei a meus pais que irei demorar um pouco. Quer ir a algum lugar? - Ash
- Também ja avizei, e não, não tenho nenhum ligar em mente. Conheces algum lugar? ~ Cas
- Sim conheço. Perto da minha casa tem uma panaderia muito boa. Eu ja fui lá algumas vezes. O que me diz? Quer ir lá? ~ Ash
- A vontade Ashley ~ Cas
- Ok, vamos lá ~ Ash
Os dois caminham em direção a panadaria, para o que podemos dizer, o primeiro encontro real dos dois
---------------------------------------------------
Fim do Capitulo 1

Final de um Começo - Parte 3 - Prólogo

Castiel não sabe o que dizer. Metade dele ficou estático, mas não ficou paralisado por completo, pois, por alguma razão, a outra metade dele ja desconfiava, não porque ele adivinhou, mas sim porque ele exagera em certas coisas.
Mesmo assim, ele não conseguia imaginar Ashley como sua namorada. Era algo engraçado pensar que alguém online gostava dele, alguém que ele não conhecia pessoalmente. Ele não queria dizer um "Não", e nem conseguiria, então pensou "O que tenho a perder? É isso que ela quer, então vou faze-la feliz até que ela encontre a pessoa certa pra ela" e então responde:
- Eu não consigo dizer um não, então.... sim ~ Cas
- AAAEEEEHHHH!!! ^-^
Muito obrigada por aceitar! ~ Ash
- Mas ja vou avisando, provavelmente vamos nos separar, então depois eu estarei torcendo pra você achar a pessoa certa! - Cas
- Sim, eu ja tenho isso em mente, kk ^^ ~ Ash
- Entendo kk que bom que conpreende. O que você sente por mim? ~ Cas
- O que eu sinto por você está desde que nos conhecemos, penso eu. E você? ~ Ash
-Ah sim, entendo. O que eu sinto por você.....
É um sentimento crescente. Por agora ele é uma muda de uma árvore, que cresce a cada dia. O cultivador é carinhoso e gentil, então a árvore pode crescer tranquila e feliz todos os dias com esse amor. Vamos ver o que sairá dela no futuro ~ Cas
- Uau! Que lindo! :3
E eu irei ajudar a cultiva-la todos os dias ~ Ash
- Muito obrigado! ^-^ ~ Cas
E assim, se passou uma semana. Começaram a falar sobre coisas muito pessoais. Cast via Ash de forma diferente, e Ash sempre foi gentil com ele. Ao término dessa semana, Cas ja olhava Ash como sua namorada, e disposto a dar todo o amor e carinho que ela precisasse. Seu amor crescia cada dia mais por ela. Com uma semana também, resolveram avisar para todos os seus amigos no grupo. Para isso, os dois organizaram um evento junto de seu amigo, com um intuito falso, para depois no meio de tudo, eles revelarem o segredo.
Um dia, resolveram dar seus números de telefone, pojs ja confiavam um no outro. E então, ouviram pela pri eira vez a voz um do outro. Ela, com 16 anos, tinha uma voz doce e fofa de 10, e ele com 15, tinha uma voz grossa e chamativa de 17. Pouco tempo depois, faziam chamada por video e se conheceram. Ele de cabelos negros curtos e meio cacheados e pele clara, e ela de cabelos longos, lisos e pele clara. Ela era muito bonita, e ele se apaixonou a segunda vez.
Após alguns dias a mais, eles dois faziam Roleplays (uma espécie de jogatina de RPG online com apenas as frases para simular uma situação) a cada semana, um melhor que o outro, até que chegou um dia que eles admitiram que seria muito melhor caso fosse real. Mas o destino estava brincando com os dois na palma de sua mão, onde este mesmo orquestou um evento inesquecível e cruel a eles. Não apenas a vida dos dois iria mudar, mas sim todo o país.

Dois dias mais tarde, a notícia arrasadora veio ao país: Um novo presidente foi eleito, e logo implantou uma Política Ditatorial, onde pessoas de diversas classes sociais seriam realocadas para outras partes do país. Essa medida foi tomada porque no começo do ano, houve tentativa de ataque terrorista e todos estavam fadados a morrer na metade do ano, caso nada fosse feito, e o novo presidente estava determinado a fazer o Brasil uma indústria, em que cada região seria uma metrópole importante para a guerra. Todos foram realocados para a região Norte e Centro-Oeste rapidamente, a fim de fugir das ameaças. Todas as forças defendiam o Litoral leste, enquanto os outros países defendiam o litoral oeste. Todos da América se uniram para se protegerem daqueles que queriam exterminar aos habitantes, mas a América unida não deixaria, e criaram um escudo de defesas em volta do continente.
Nessa brincadeira, muitos sofreram, embora poucos morreram. Ao se realocarem, os habitantes entraram numa época sombria, onde viveriam com muitas pessoas de diferentes regionalidades e idéias totalmente contrárias a questão de tudo. Mas em vez de brigarem, resolveram se ocultar nas sombras, esperando criar uma guerra interna uns com os outros. O lado com mais seguidores teria a idéia mais aceita. O país estava nas trevas. Mas nem tudo era ruim, pessoas se encontraram com outras que nunca esperariam
Cast estava terminando de ajudar a arrumar o abrigo de sua casa. Estava perfeito, e logo, foi para a escola. Estudava no primeiro ano, e mesmo com a guerra, as aulas não iriam parar, mas a diferença era que todos os alunos de ensino médio eram obrigados a irem a escolas militares para ajudar o país. Cas foi para lá contra sua vontade.
Ao passar pelo corredor, viu uma garota de cabelo comprido e negro, pele clara, menor que ele, entrar na sala do terceiro ano. Um dejavû ocorre em sua mente e ele fica parado por uns segundos, mas logo o chamam para entrar na aula. Ao término, no recreio, ele estava correndo pela escola para explorar cantos escondidos e mapear o novo local, como sempre faz. Deu a desculpa de que estava fazendo seu treinamento matinal de corrida, e que não iria perder por nada. Ele chega a um jardim lindo com uma árvore pequena no centro. Anda para trás, observando a paisagem, quando esbarra feio em uma pessoa e os dois caem no chão.
- D-Desculpa, eu estava apenas olhando e sem querer não te vi... ~ Cas
- Não me viu passando? Como assim? Eu estava bem aqui! ~ ??
Ele ouve uma voz fofa e acolhedora de uma garota. Se vira dizendo
- Mas vc também esbarrou em mim, ent...- (~ Cas)
Ele para ao observar ela. Uma garota menor que ele, e familiar. Se lembra que a viu no corredor mais cedo. Ela limpando sua blusa, para e olha pra ele, curiosa. Cas então pergunta
- Eu te vi hoje mais cedo. Quem é você? Qual seu nome? ~ Cas
- Hump! Tudo bem, mas você diz primeiro! ~ ??
- Ta legal, ta legal.... meu nome é Castiel. Tenho 15 anos, e estudo no primeiro ano dessa escola. Agora me diz você! ~ Cas
Ela para um pouco, acha engraçado e diz:
- Que engraçado, eu conheço um garoto com esse nome online. Ele e eu somos.... muito amigos. Mas ja faz umas duas semanas que não nos falamos. Não lembro direito dele, apenas haviamos nos visto uma vez ~ ??
Castiel acha engracado também. Os dois sorriem, e então ela diz
- Meu nome é Ashley. Tenho 16 anos e estudo no terceiro ano dessa escola ~ Ashley
Ao ouvir isso, Castiel tira o sorriso do rosto e fica espantado. Ashley também percebe e tira o sorriso, espantada. Castiel então diz:
- Ash... É vc?
--------------------------------------------------------------------------
Fim do Prólogo

Encontro Estranho - Cap 1 Prólogo

Lá estava ele em mais um dia da sua repetitiva e pacata vida: ir ao colégio de manhã, voltar paea casa, almoçar, estudar e depois passar o resto do dia na frente da pequena tela de seu tablet, navegando pela internet. Ele olhando as notificações de sua rede social favorita e perfeita, denominada "Gugou X", quando se depara com um comentário um tanto peculiar em seu comentário no video de um youtuber sobre uma paródia da animação "Os Guerreiros das constelações". Como sempre, ele agradece a crítica positiva recebida por aquele rapaz desconhecido, conversa um pouco e então volta a normalidade.
Alguns dias depois outra vez, escreve nos comentários de outro vídeo relacionado a animação, mas dessa vez em outro canal, sua opinião e crítica própria. Logo depois, um sujeito desconhecido chega para comentar, mas n era uma crítica, nem assuntos sobre o video. O desconhecido diz:
"-Oi de novo! Que legal te encontrar por aqui, lembra-se de mim?"
O rapaz acha engraçado. Ele n era famoso nem nada pra ser reconhecido assim. Era a primeira vez que alguém comenta assim em seu comentário. Observa o nome e tenta lembrar: "Ash GDC". Infelizmente ele não se lembra desse nome, então diz:
"-Não, me desculpe. Eu esqueci. É difícil lembrar o niki de tantas pessoas. Não lembro de vc Ash"
"- Tudo bem, eu entendo kk. Nos falamos antes naquele vídeo, do 'Rau+'. Bem, você me chama de Ash, como posso te chamar? ~ Ash"
"-Meu niki é 'O_Naufrago Cast' mas pode me chamar de Cas. ~ Cas"
"-Certo Cas, você parece uma pessoa legal, adora GDC como eu, e fala muito bem, além de parecer uma pessoa simpática ~ Ash"
"-Acha mesmo? ~ Cas"
"-Sim! Eu queria encontrar mais pessoas como você ~ Ash"
Cast se lembra da comunidade que participava na sua rede social, e de todos os amigos que fizera online por 7 meses. Ele então decide dizer:
"- Ash, quer participar do Gugou X? La vc encontrará muitas pessoas que também gostam de GCD! ~Cas"
"- Jura? Que maravilhoso! Valeu! Mas, como eu faço para entrar Cas? ~Ash
"Então aceita entrar. Cert, lhe explicarei tudo"
E assim os dois discutem por horas na tentaiva de Cast mostras a Ash sobre o Gugou X. Essa atitude porém, iria afetar mt sua vida dali pra frente.

Alguns dias depois, Cast estava voltando a ler suas notificações depois de alguns dias fora. Ele estava entrando muito pouco para responder e ve-las. Ao abrir sua caixa de notificações, vê que Ash o havia respondido muito. Cast ja esperava que Ash respondesse tanto, mas não esperava que ele iria responder na METADE de TODAS as notificações que ele havia criado em tida sua vida.
De fato, os dois haviam se tornado grandes amigos, mas nunca ninguém o havia respondido tanto. Cast fica espantado, e olha uma por uma. Após 2 horas respondende e olhando, após muitas gargalhadas dadas por conta do humor de seu amigo, ele desiste de olgar o resti. De fato, ele havia respondido muitas, mas sua caixa era imensa. Cast deleta todas as outras notificações. Ficou com remorso de n responder todas, mas n importava. O que ele mais pensava era, porque alguém criou tantas notificações em sua caixa.
"Por acaso Ash se importava tanto com o amigo?"
Certamente Ash era um 'homem' muito gentil, e essa atitude fez Cast o considerar um de seus melgores amigos online. Finalmebte uma pessoa o havia procurado tanto, ele estava feliz.
Durante um mês, os dois conversaram, juntamente com o grupo de seus amigos, Águia, Pegasus, Hades, e muitos outros amigos virtuais. Todos eles faziam parte do grupo de GCD, onde faziam batalhas denominadas de RP, conversavam, zoavam, riam, comentavam, etc, todos os dias. Passar o dia com eles sempre deixava Cast Feliz. Águia era sua querida irmazinha adotiva, que de tão amigos viraram irmãos. Pegasus foi seu primeiro amigo. Saturno e Camus seus amigos e mestres. E muitos outros faziam papéis importantes, todos amigos de todos.... quase sempre ... enfim, era divertido.
Cast e Ash conversavam muito. Ja batalharam, riram, chraram e compartilharam. Imagine, leitor, todos esses bons momentos, que bom esses dois garotos se divertiren tanto, né? . Eram melhores amigos com certeza, e podiam ser irmãos.
Mas o destino traçou outro caminho
De alguma forma, Cast percebeu que cada vez mais Ash queria conversar mais e mais com ele. Um mes se passou desde que se conheceram, e isso foi um recorde. Ele não poderia acreditar.
Uma vez, algo inesperado ocorreu:
"- Ash, você que batalhar, 'Meu amigo' ~Cast"
Ash para um pouco de escrever. Parece que estava pensando, então ele responde
"- 'Meu amigo'? V: ~Ash"
"- Sim, algum problema? Acho que nunca te chamei de amigo, desculpa, mas vc sabe, eu lhe considero meu melhor amigo aqui ~ Cast"
"- 'Meu melhor amigo'....."
Cast estranha, e então uma bomba cai sobre sua cabeça, com a seguinte resposta:
"Então vc pensa que sou um homem? ~Ash"
-----------------------
Fim do Cap 1 - Prólogo
(Repost)
Wait while more posts are being loaded