Post is pinned.Post has attachment

Post has attachment
Photo

Post has attachment
Photo

PARABÉNS ÀS MULHERES!
Hoje deveria ser feriado para todas as mulheres. Nós temos tantos feriados, de santos que não conhecemos, de datas que tem pouca relevância, e os feriados merecidos. Que todos os homens decretassem um feriado em casa, isso mesmo, que cada marido fosse para cozinha e fizesse aquele almoço especial.
Há, na sociedade moderna de hoje, o homem ainda que esqueça de sua companheira dando-lhe os parabéns, um beijo, um carinho e até mesmo gesto que demonstre amor. Por isso, que a minha apologia ao feriado a “Elas” é justo. Porquanto, existem homens que não se apartaram do mal, e deixaram de amar; aquela que quando o Criador a criou, retirou uma costela, dizem os especialistas que aquela costelinha bem perto do coração, para que o homem a amasse sempre.
O dia 08 de março, dizem os registros históricos, é comemorado em memórias daquelas mulheres que morreram em prol de uma luta justa nos Estados Unidos da América. Daí se alastrou no mundo inteiro a necessidade de lembrar aquelas valorosas mulheres. Mas, olvidemos ás vezes que muitas mulheres estão perecendo pelo seu próprio companheiro, fazendo as estatísticas aumentarem gradativamente nos casos de violência.
Poderia ser feriado nacional para todas as mulheres. Por quê? Todos os homens têm uma, duas, três mulheres em suas vidas. Deixa-me explicar isso melhor. Primeiro a mãe que o gerou: uma. Segundo: a esposa para os casados. Terceiro: a filha para aqueles que as tem. Tratá-las bem, com amor, respeito e carinho será: um presente valiosíssimo , não somente neste dia, porém todos os dias do ano, das décadas e do século.

Assim, que cada homem lembre de sua mulher, oferecendo-lhes presentes, palavras, gestos, atitudes que estejam afinados com o amor. Numa harmonia entre o côncavo e convexo, para que a perpetuação feminina se prolongue por muitos e muitos anos. Como diz a recomendação de Paulo aos Efésios 6: 25: “Vós, maridos, amai vossas mulheres, como também Cristo amou a igreja, e a si mesmo se entregou por ela”. Paulo exortou aos homens que amem suas mulheres (esposa, mãe, irmãs, filhas). Parabéns pra você!


Fonte:

Cunha, Elcio S.Somos da Paz, 2015.

LARGOS DIAS
(Salmos 34:12-14)
O ato de falar é nato do ser humano. Balbuciamos os primeiros sons, geralmente traz uma alegria imensa quando dizemos: Papai. A fala nos acompanha até a morte, ou se houver um impedimento fonético no caso específico os surdos, que por privação de nascença ou decorrência de outros fatores.
O conselho do salmista é “Quem é o homem que deseja a vida, que quer largos dias para ver o bem?” Você quer viver mais, este é um dos quesitos importantes para prolongar mais o tempo aqui na Terra:
O primeiro passo “Guardar”:
“Guarda a tua língua do mal, e os teus lábios de falarem o engano.”
Neste caso o conselho é bem claríssimo. Preserve os teus lábios ou a língua de falar mal. Neste mundo global, que vivemos o presente século, é possível conversar instantaneamente com a Índia, Estados Unidos, Austrália e França em frações de segundos. Por isso, deixemos a tolice de lado, para que não falemos “mal” de quem quer que seja. A atitude oposta de falar mal é o respeitar, dizer o bem.
Quando se erra por não conhecer é um fato. Onde poderá pedir desculpas, o perdão e corrigir as palavras. Porém, quando você sabe e fala mal corre o risco de ser imprudente e sofrer as consequências das palavras ditas. Salomão, o Rei Sábio, disse: “Martelo, espada e flecha aguda é o homem que profere falso testemunho contra o seu próximo” ( Prov. 25:18). Isto podemos refletir que o falso testemunho pode ser direto ou indireto. Mas como pensador? Direto quando você fala a respeito de alguém coisas que não são verdadeiras. A forma indireta quando você não sabe, pensa ser verdadeiro, repassa informações que não foram verificadas a fidelidade das fontes informadas.
Se voltarmos ao passado, o Senhor havia estipulado como das regras benéficas ao seu povo que seria dizendo “Não dirás falso testemunho contra o teu próximo” Êxodo 20:16. No passado antiguíssimo este mandamento criado na religião judaica traz conceitos importantes na relação social de um povo. Tanto o Antigo Testamento como Novo Testamento faz menção que dizer “Mal” de alguém ou dizer conceitos “Falsos” pode prejudicar o próximo com prejuízos muitas vezes irremediáveis, consulte os textos bíblicos que falam a respeito Dt 5:20, Dt 19:18, Mt 19:18, Mc 10:19 e Lc 18:20.
O segundo passo: “ Aparta-te do mal, e faze o bem; procura a paz, e segue-a.” Afastar do mal e aparência que possa transmitir interpretações errôneas. Por exemplo, temos uma festa tradicional no Brasil que é o Carnaval. Onde a oportunidade para pecar é visível, e probabilidade de cair é 99%. Vemos cristão dizer que vai à esta festa para evangelizar, cuidado irmão!
Este ato pode ser interpretado como participação por outro; por ser uma festa pagã, os demais participantes entendem que não há problema. Existem vários lugares para evangelizar, como o hospital, o presídio, a praça pública, o Facebook, pelos e-mails, entregando literatura de porta em porta. Por exemplo, estimo sair aos domingos e entregar de sol a sol a literatura ou convidar pessoalmente as pessoas para ouvir a palavra de Deus.
Por isso a aparência do mal vem revestida de visão ótica bifurcada. É claro, salvo se o Espirito Santo te disser vá ao Carnaval e pregue a Palavra. Exceção feita, ao profeta Miquéias, quando Ele disse: “Vá e case com uma meretriz”. Neste caso, deverá orar muitíssimo, e o Senhor confirmar que você deverá fazer aquilo. Porque o lugar é propício para o pecado, você estará entrando num território inimigo.
Portanto, amigo quer viver longos dias é sinônimo de guardar a sua língua de falar o engano, a mentira e falsidade de seu próximo. Evite estar junto aos atos do “Mal”, e da aparência que possa confundir o outro a pensar que você está no lugar e horário impróprios. Por conseguinte, você se torna benção, sendo tu uma benção para o seu próximo, falando bem do Senhor Jesus, compartilhando o que Ele fez e faz por você, ajudando a levantar os fracos na fé, a orando pelos enfermos, e por fim; exortando os cristãos a serem fiéis a Deus até o dia terminar. Pense Nisso.

Um grande abraço.
No Senhor Jesus.

Élcio Cunha.





A MORDOMIA DO TEMPO

O dia foi dividido em 24 horas. Vinte quatro horas têm 1.440 minutos, 86.400 segundos. Portanto, todos tem a mesma hora. Ele faz nascer o Sol para justo e injusto, crente ou incrédulo. Ele faz chover para os bons e para os maus. Ele faz cair a neve para brancos ou pretos.

Os cristãos deveriam ser mordomos da décima parte para dedicar ao Senhor, a quem Ele serve. A este Senhor necessitamos de estar interligados e a forma como nós dedicamos o tempo para servir ao Senhor Jesus, Rei dos reis. Teríamos, então, 8.640 segundos em parte para lembrar de Orar, ler, meditar, servir, cantar, falar, compartilhar do grande Amor de Deus. Temos 8 horas para o trabalho, 8 para dormir, 2 horas para os estudos diversos, enfim, e para o Criador teríamos duas horas e 24 minutos seria importante para o homem dedicar na busca da presença de Deus.

O homem não vai a lugar algum sozinho, sem antes, buscar a vida de piedade diante do Soberano e Criador. Sabe porque Deus escolheu Abraão para ser o “Pai da Fé”. Porque ele buscava a Deus em suas orações. O ato de orar implica num diálogo entre a criatura e o Criador. Você fala, Ele ouve. Esta atitude agrada aquele que nos chamou das trevas para sua maravilhosa luz.

A meditação nos juízos, testemunhos, instruções, mandamentos deixados por Ele, permite a criatura sentir a paz. O homem não irá longe, sem meditar, naquilo que Ele deixou como bússola para que tomassem o rumo certo.

A vontade de cantar precisa ser suscitada no coração dos filhos de Deus. Ele ouve os louvores daqueles que querem louvá-lo, e a pré-disposição de colocar a sua alma. Alma que louva e bendiz o nome do Senhor. O salmista chegou a dizer: “Tudo que há em mim, bendiga o seu Santo Nome”. Bendizer, colocar para fora dos seus lábios o verdadeiro louvor requer que vc tenha uma coração que louva.

O verdadeiro filho sempre fala bem de seu Pai. Fomos criados imagem e semelhança dEle. Portanto, podemos crês que Ele sustenta os seus filhos, diga-se que Ele sustenta o universo. Se os lírios do campo crescem, quanto mais valerá os seus que assemelha-se ao Criador, isto, nas palavra de Jesus Cristo.

Por isso, amigo, a vida diariamente precisa ser colocada diante do Senhor. Digo, todos os dias de nossas vidas. O diálogo que gostaria de suscitar em seu coração para que saiba que Ele ouve a sua voz, basta crê, pois Abraão creu, e isso lhe foi imputado como justiça. A minha oração que você conheça o Senhor Jesus, como seu Salvador e Senhor e com certeza todas as promessas lhe chegarão.

Um grande abraço.


Post has attachment
Você meu irmão e amigo que precisa de um milagre hoje estaremos a partir das três da manhã no grande clamor.
Jesus estará realizando o milagre. 
Photo

UMA ENERGIA À MERCE DE TODOS


Um amigo me ensinou uma música que a seguinte letra: “ I’m not Money, but I like banana. If I like, can I ate”. Traduzindo seria: “Eu não sou macaco, mas eu gosto de banana. Se eu gosto, posso comê-la”. Esta fruta segunda a pesquisa popular que é rica em potássio. Para que serve neste caso, considero-me insciente no assunto. Por isso que o conhecimento de tudo permite uma amplitude no bem-estar humano.

Ziraldo, o escritor, chegou a escrever que comia uma banana por dia, em seu livro o “Menino Maluquinho”. Por esta razão não se dispensa o saber de que as frutas de um modo geral estão a serviço do Homem desde a criação. No entanto, as crianças são tapeadas pelos próprios pensamentos que as rejeitam alimentação.

Os macacos gostam de bananas e os humanos também o apreciam-nas. Mas de onde tirou Darwin que o homem se originou do aspecto físico daquele animal. Porventura o Poder do Senhor estaria restrito apenas ao macaco, evidentemente que não. Ele por sua palavra fez o “mundo físico”. E falou o Senhor: “Haja...” consulte o Gênesis.

Por outro lado para o Homem, disse: “Façamos o homem à nossa imagem e semelhança”. Utilizou-se o escritor sacro a forma pluralizada nós. O homem feito da substância do pó da terra de maneira que é a fotocópia do Senhor. Mas acrescentou em sua composição: corpo, alma e espírito.

Esta idéia evolutiva do aspecto físico fica a desejar. Sem tirar o aspecto de sua obra no sentido de simular uma vertente de oposicionista aos registros históricos e bíblicos. O que se pode coadunar, no entanto, são aspectos do estado primitivo do homem para um estado evoluído.

Os homens das cavernas agiam, no seu instinto primitivo, de maneira repugnantes com práticas “selvagéricas”, do ponto de vista da atualidade o que fazia lá, não se apontava como quebras de leis, costumes de uma sociedade existente. O que corrói o pensamento humano que a humanidade caminha com os seus instintos selvagens lado a lado.

Quando se vê aqui ou acolá, num lugar distante. Fatos que a humanidade como um todo julga como absurdo. As barbáries que existem por todo os lados. Chegamos à conclusão que os homens são os mais miseráveis de todos os animais.

Acredito, por esta ótica, que Darwin tenta mostrar que o homem seja originado do animal, pelo fato, de que todos são iguais, sob um estado de dominação, passa-se ser igual aos chamados de animais irracionais.

Enfim, esta opinião não é para derrubar a tese escrita do Dr. Darwin. Uma manifestação de que precisamos repensarmos a nossa racionalidade. Quando a humanidade se torna desumana, quando se comporta com fragmentos de bestialidades. O que fazer? Mas existe uma esperança.

Paulo, apóstolo de Jesus Cristo, afirma onde o pecado entrou superabundou a Graça de Deus. Onde entrou o pecado que levava ou conduzia a humanidade a fazer atos de insciência, agora, pelo domínio e senhorio de Cristo, fazemos o bem, agradando a Deus em tudo e por Sua Palavra. Pense nisso.

Um grande abraço.
No Senhor Jesus.

Élcio Cunha


Post has attachment
Photo

Post has shared content
Wait while more posts are being loaded