Post is pinned.Post has attachment
BEM-VINDOS!

Poesia é a arte dos poetas.
Apresentando na Coleção Google+ A POESIA E OS POETAS, os poetas contemporâneos e os velhos poetas... poetas antigos e novos poetas... lindos versos em língua portuguesa...

E, esta que convida, também rabisca os seus versos... Aos poucos vou revelando a emoção que existe em minha alma...

A POESIA E O POETAS

A alma alimenta a poesia? Ou é a poesia que alimenta a alma?
De qualquer modo, ficamos encantados pelas belas palavras que formam os versos de um lindo poema...

Lindos versos com palavras ditas e escritas... que encantam, que espantam... e o que seria de tantos poetas sem a sua poesia? Sem ser lido ou serem ouvidos os seus gritos de revolta?
Não poetar é o fim para o poeta... É morrer em vida...

Venha se emocionar! E como dizia o gaúcho Mario Quintana... deixe-se ler pelos poemas... com certeza em um deles você vai se encontrar...
(imagem Pixabay) Criada em 17/11/2016
Photo
Add a comment...

Post has attachment
FRAGMENTOS... 013
      LEMBRANÇAS

Em cima da cama,
Aberta está... A linda caixa...
A chave... Que guarda os segredos
Repousa ao lado... Presa numa linda corrente de prata.
Segredos de amor ela guarda...
Desejos insaciados.
Estou… Ao lado… Sentada...
Em dúvida...
Se devo guardar… Ou devo destruir...
Queimar para nunca mais olhar.
Tantas recordações...
Memórias do que não existiu...
Lembranças...
De um amor não correspondido.
Devaneios...
Lindo rosto... Marcante presença...
Vestes negras...
Belos cabelos negros revoltos.
Num instante... Roupas espalhadas...
Corpos nus… Mãos inquietas...
Espalhando gemidos pelo quarto...
Beijos ardentes na pele clara...
Invadindo minha boca,
Como se do beijo molhado...
Dependesse-lhe a vida.
Ofegante meu nome sussurra...
E me fala de amor...
Amo-te e desejo o teu corpo...
Quero amar-te! Quero agora...
Enquanto ainda estou vivo...
Vais matar-me... Que eu sei,
E não mais te terei.
Deixe-me amar-te...
Venha... Vou amar-te agora...
Possuir teu corpo e te fazer gritar...  
Amo-te!
Do devaneio eu desperto...  
Acariciando o meu corpo...
Lembranças ardentes...
Provocando desejo...
Desejo do amor que não foi vivido...
Na linda caixa...
Guardo as lembranças.           
A esperar...
O desejo deixar de ser desejo...
Virar lembrança...
Esquecida naquela caixa.

Nell Morato
[Direitos Reservados]
Photo
Add a comment...

Post has attachment
Add a comment...

Post has attachment
FRAGMENTOS... 015
CARTA DE AMOR

Carta de amor...
Escrevendo-te estou...
Uma linda e encantadora carta de amor.
Falarei do amor que sinto...
Do amor que tenho...
Do amor que flui pelos poros invadindo minha pele.
Falarei do cheiro do teu corpo...
Que sinto ainda...
Do perfume dos teus cabelos entre meus dedos.
Tua voz chamando para em teus braços me acolher.
Das tuas mãos inquietas explorando o meu corpo...
Provocando arrepios de delirante prazer.
Falarei do desejo que sinto...
Arrepiando a pele...
Desejo avassalador que entorpece os sentidos...
Que envolve meu corpo...
Paralisando a razão.
Falarei das carícias...
Dos gemidos e dos sussurros...
Dos beijos ardentes...
De tua boca em meu corpo...
Molhados beijos sedutores cobrindo-me inteira.
Carta de amor e desejo...
Escrevendo-te estou...
Amo-te!
Desejo-te!
Quero sentir teu corpo no meu...
Minha vida no corpo teu...
Enquanto arrasta-me...
Para o nosso paraíso...
De deleitosas sensações.
Espero-te ansiosa...
Amando-te hoje e para sempre.
E amarei por toda a eternidade...
Desejando-te!

Nell Morato
[Direitos Reservados]

Photo
Add a comment...

Post has shared content
Para os amigos e seguidores uma linda poesia de Tiago Lima... e podem acompanhar o trabalho dele pelo link na postagem...
"Hoje, depois de ter suspendido as minhas buscas, me encontrei perdido numa ilha isolada. Me olhei um pouco antes de me anunciar para eu mesmo. Enquanto me assistia de longe, me vi ali sentado e isolado e minha face mudava constante tomando a forma de muitos sentimentos. Me sentia tão estranho ao me ver ali daquela forma, mas me sentia ao mesmo tempo aliviado, eu enfim havia encontrado o que faltava em mim..."
http://www.limocoes.com.br/2016/09/quando-me-encontrei.html
Add a comment...

Post has attachment
Belíssima poesia da amiga poetisa Vólia Loureiro... suas palavras, seus versos, sempre encontram um caminho direto ao nosso coração...

FALANDO DO SILÊNCIO
Vólia Loureiro

Falo do silêncio das palavras ditas,
Quando tudo o que resta é a voz do olhar
E as palavras caladas sussurram ao ouvido,
Como os pios de coruja na madrugada solitária.

Falo de tudo o que foi dito,
Como palavras mastigadas de mentiras,
Com verbos amargos de sarcasmos.
E a boca contida na surdez do diálogo.

Falo do silêncio das horas mortas,
Dos verbos contidos e contritos.
Da bruma espessa da arrogância
Que sufoca o sentimento.

Falo do silêncio do adeus.
Formado de vagas e vácuos de lágrimas.
E de rostos que se tornam fantasmas
No espaço-tempo da memória.

Falo de um silêncio de alma.
Falo de abismos sem pontes,
Falo de sonhos quebrados.
Falo de ti e de mim.

05/11/2017
Photo
Add a comment...

Post has attachment
Leia-Livros apresenta:
O Melhor Cálice, da poetisa Eneida Cristinna.
"Poesia, a arte do poeta"... você encontrará no livro que ora apresentamos...
http://www.leia-livros.com/product-page/o-melhor-c%C3%A1lice
Add a comment...

Post has attachment
FALAR DE AMOR

Falar de poesia... É falar de amor
Como posso falar de amor...? 
Se eu sinto a tua falta... 
Em todos os momentos do meu dia.
Falar de amor... É falar de poesia...
Acordar...
E saber que não mais estarás comigo
Faz o meu dia ficar escuro e triste
Nem o sol que brilha lá fora,
Alivia o meu tormento.
Sei que não voltarás...
Nunca mais...
E ainda tenho que falar de poesia.
Falar de poesia... É falar de amor.
E falar de amor...
É lembrar-me de ti
E eu vou continuar sentindo tua falta...
Em todos os momentos do meu dia...
Falar de poesia... Então eu falo...
Amo-te
Todos os dias e em todos
Os momentos do meu dia!
Photo
Add a comment...

Post has attachment
Photo
Add a comment...

Post has attachment
Add a comment...
Wait while more posts are being loaded