Profile cover photo
Profile photo
jarbas siebiger
128 followers -
um niilista de sistemas
um niilista de sistemas

128 followers
About
Posts

Post has shared content
Um recorte com nostálgicas reminiscências retratadas neste poema do Mailton Rangel.
Sigo a ermo, abstraído, Desenxavido em notar, Que o Paraíba é meu rio, Mas eu, feito peixe esguio, Já não sei paraibar.
Degredo
Degredo
iirevista.wordpress.com
Add a comment...

Post has shared content
Então, o caminhão partiu. E tudo o que eu era, ou pudera ser, estava contido numa carroceria. Percebi, desta forma, que há algo de poetizável na miserabilidade.
Dez Meses de Solidão
Dez Meses de Solidão
iirevista.wordpress.com
Add a comment...

Post has shared content
Ela já foi a "Realista Ueno" nas comunidades literárias do Orkut. Sua prosa perpassa as camadas dérmicas. É atilada, envolvente, às vezes ferina. Com vocês, a realista Maria Ligia Ueno.
Bato a porta do meu coração e me fecho às opiniões alheias, resguardo meu individualismo a todo custo, preciso como uma joia, e conciso como uma oração. Meu indivíduo é como Narciso, e espelha suas projeções defeituosas nas personas que me cercam virtual…
O precioso indivíduo
O precioso indivíduo
iirevista.wordpress.com
Add a comment...

Post has shared content
Pra começar bem este 2018, nada como uma leitura leve, bem-humorada e com um toque de nostalgia. É o que nos traz esta bela crônica da Henriette Effenberger!
Meados da década de 1960. Domingo à tarde. Circo mambembe instalado no campinho de futebol da meninada. Dois palhaços sobre pernas de pau tentam chamar a atenção dos moradores do bairro pobre e operário.
R.I.P.
R.I.P.
iirevista.wordpress.com
Add a comment...

Post has shared content
No cerrar das cortinas deste 2017, a cena urbana da periferia narrada por Jarbas Siebiger.
Minha rua é socialista. Quando chove, há barro para todos. Lá, a democracia é totalitária. Quiseram calçá-la, base de rateio. Uns poucos declinaram, continuou crua. Ideologicamente, prefiro. Seria brindar incapacidades.
Minha Rua Não Tem Palmeiras
Minha Rua Não Tem Palmeiras
iirevista.wordpress.com
Add a comment...

Post has shared content
Para assinalar os últimos momentos deste 2017, um conto-relâmpago da Dolce Vita (Cristina Taiar).
Ele mentia. Ela mentia. Eles seguiam. Numa noite como outra qualquer, ele ousou dizer a verdade.
A NOITE DA VERDADE
A NOITE DA VERDADE
iirevista.wordpress.com
Add a comment...

Post has shared content
Do México, diretamente para a Itinerário Imprevisto, Larissa Marques.
em devaneio esgarça engasga o verso afoito do meu beijo ao coito da língua ao ventre
em devaneio esgarça
em devaneio esgarça
iirevista.wordpress.com
Add a comment...

Post has shared content
O serviço de meteorologia previne: tempo bom pra poesia, com rajadas de Daniel Moreira!
previsão de chuva no céu da boca a umidade no jardim de suas coxas
microclima
microclima
iirevista.wordpress.com
Add a comment...

Post has shared content
Com a maestria de quem tempera o aço e depois lhe extrai o fio, assim é a poesia da Michelle Portugal.
Essa palavra incompreendida, altiva Morando entre as minhas vísceras É uma faísca alucinante, acesa Minha desventura presa à garganta
Intento
Intento
iirevista.wordpress.com
Add a comment...

Post has attachment
É tempo de reflexões. Aproveitemos, então, para imergir na poesia do Celso Mendes!
A Sinapse
A Sinapse
iirevista.wordpress.com
Add a comment...
Wait while more posts are being loaded