Profile cover photo
Profile photo
Michel Medeiros
46 followers
46 followers
About
Posts

O Exército Britânico adotará em breve uma nova pistola padrão depois de 40 anos.

O Ministério da Defesa da Grã-Bretanha assinou um contrato de £9 milhões (cerca de US$ 14.5 milhões) com a empresa austríaca Glock para o fornecimento de mais de 25 mil pistolas do tipo GLOCK 17 Gen4 e coldres.

A GLOCK 17 Gen4 substituirá a pistola Browning L9A1. A GLOCK 17 Gen4 tem várias vantagens sobre a sua "antecessora" tais como: A GLOCK 17 Gen4 é mais leve, mais segura, seu carregador tem maior capacidade, é mais precisa e dispara com mais rapidez.

Embora não haja nenhum motivo para a substituição da pistola padrão das Forças Armadas Britânicas, os comandantes britânicos acreditam que a GLOCK 17 Gen4 terá uma boa aceitação nas tropas britânicas no Afeganistão, haja vista que ela pode estar pronta para uso em menos de 1,5 segundo. Especialistas afirmam que a Browning L9A1 leva entre 4 a 5 segundos para ser retirada do coldre e estar pronta uso. No mundo militar, 1 segundo pode representar a vida ou a morte.

sargento Steve Senhor, 35, um fuzileiro naval britânico lotado em Devon diz: "Se eu posso sacar mais rápido, mais rápido eu posso atirar. Quanto mais rápido eu posso atirar, mais chances eu tenho de ganhar o combate."

As pistolas GLOCK 17 Gen4 começarão a ser distribuídas dentre as tropas que servem no Afeganistão.

O Ministério da Defesa da Grã-Bretanha começou a procurar uma substituta para a Browning L9A1, vide a mesma estar se tornando cada vez mais cara de se manter.

O coronel Peter Warden fez uma comparação entre as pistolas e um carro. Segundo ele é mais fácil de eficaz comprar um carro novo do que manter um antigo.

Ele disse também que a GLOCK 17 Gen4 foi muito eficaz em missões de contra-insurgência em Helmad, missões essas que muitas vezes os soldados se misturavam entre a população local.


Segundo Warden, na década de 70 e 80 os infantes britânicos eram treinados para o combate de longo alcance. No entanto, esse cenário mudou desde a Guerra do Iraque, uma vez que os combates são cada vez mais perto, o que torna o uso do fuzil menos eficaz. 

Altos oficiais do Exército Britânico realizam testes de laboratório extensos e testes de campo no deserto, selva e ambiente gélido, bem como dispararam cerca de 40 mil vezes antes de escolher a GLOCK 17 Gen4.

Feita de polímero em vez de metal, a GLOCK 17 Gen4 pesa cerca 650 g, isso significa que ela pesa dois terços da Browning L9A1.

A GLOCK 17 Gen4 é uma pistola semi-automática que permite que um grande número de projéteis sejam disparados rapidamente. Dependendo do tipo de carregador, o mesmo pode suportar até 33 projéteis 9×19mm Parabellum contra 13 da Browning L9A1.

A GLOCK 17 Gen4 tem 3 mecanismo de segurança, os quais tornam quase que impossível o uso acidental da pistola. Nesse tocante, a Glock tem um sistema de nome “safe action”. Esse é propriedade intelectual da empresa austríaca e funciona como uma espécie de segundo gatilho. Esse “segundo gatilho” fica projetado um pouco à frete do gatilho original. Se acionado o safe action, fica impossível de disparar a pistola.

Projetada em 1982, a pistola Glock foi desenhada pelo engenheiro Gaston Glock em uma fábrica de radiadores. Gaston Glock à época respondia uma concorrência das Forças Armadas Austríacas.

A famosa família de pistolas ganhou notoriedade depois de ser introduzida por várias polícias americanas, tais como a Polícia de Nova York, Baltimore, Virginia Beach e Flórida.  Agora as Glocks são usadas por cerca de dois terços das polícias nos EUA, incluído o FBI e a DEA (Força Administrativa de Narcóticos).

As pistolas Glock estão em uso em mais de 44 países e, é a pistola preferida as mais renomadas Forças Especiais do mundo.

Post has attachment

Post has attachment

Post has attachment

Post has attachment

Post has attachment

Post has attachment

Post has attachment

Post has attachment

Post has attachment
Wait while more posts are being loaded