Profile cover photo
Profile photo
Janaina Cruz
2,367 followers
2,367 followers
About
Janaina's posts

Post has attachment
**
Estou parada no escuro O breu torna insensível por completo o meu tato E os outros sentidos também... Há um dueto acontecendo entre a minha mente e a chuva ruidosa. Já estávamos perdidos, Senti todas as fases do fim. O fim é a única coisa real! O peso e a d...

Post has attachment
Curvas
Em teus
braços, borboletas mortas. Agudas cores
cortadas ao meio És
vermelha... Asas crestadas Tremulas mãos... A luminosidade
dos meus olhos Perdem-se em
tuas curvas, Em tuas
coxas... Janaina Cruz

Post has attachment
**
Era
pelo avesso que mais gostavas das coisas. Arrancavas as asas das formigas, pois sabias que ia chover, sempre sabias! A
chuva tornava mais linda a flor de urucum, e com ela tu pintavas os cabelos e
os lábios, dizendo-me entre sorrisos que não era pra tem...

Post has attachment
Adeus
Ah, mas era muito tarde, O relógio havia me enganado mais uma vez, A culpa era mesmo minha, vivia deixando tudo pra depois O conserto do relógio inclusive. Pela pequena fresta aberta na porta Vi luzes e silhuetas, Talvez fosse você O mesmo corpo longilíneo,...

Post has attachment
Lua
Antiguíssimas raízes E folhas de vidro, Música ao longe,. Longos cabelos da manhã leitosa... E tu ainda imperativa no céu Levas os pássaros nas mãos de maré Oh, Lua, lua alada, lua cor de prata, Multiplicas os mistérios da vida... Segui-la-ei ao longo dos e...

Post has attachment
A nave da noite
Dissipa-se a poeira do tempo, Restando-nos a dura realidade, Buracos negros nas horas, Sumidouros de tempos incomuns. Quero os teus dentes rasgando todos os silêncios, Estraçalhando, partindo todo o abandono E as dores que assombram os retratos e as realida...

Post has attachment
Frio
O frio começou dentro do seu coração Enterrou o choro e a calma Chorou convulsivamente  Era difícil acompanhar tantas mudanças O tédio ponteiava o caminho Adeus fantasias Adeus Adeus... Ouviu os cantos gregorianos até o fim da mandrugada Fachadas de hoties ...

Post has attachment
Eterno
Desde quando foi eterno, Esse jeito doce Esse teu gosto ávido Esse calor de sol que mora em ti Inquietações e manifestos... Atemporal é o sentir, Por ti escreveria todas as cartas de amor, Escreveria em minha pele o teu nome, Teu nome em fogo e sangue, Para...

Post has attachment

Post has attachment
Silhueta
Arestas vermelhas Em meio ao sol girando Em teus cabelos. A poesia a alimentar-lhe A alma, esposa lírica da beleza. O mar estende-se a teus pés, Para saldar a poesia Que ninas em tuas mãos, Na guarda sublime de teus cuidados. Se tu, tocas docemente a poesia...
Wait while more posts are being loaded