Profile

Cover photo
Rosangela Martins de Souza
23,753 views
AboutPostsPhotosVideos

Stream

 
contratos.astec@ipac.ba.gov.br
 
Dentista em 1872..

Esta foto, datada de 1872, mostra como era ir ao dentista antigamente.

Na imagem o dentista conta com ajuda de um assistente, que enquanto ele extrai o dente (com um alicate chamado boticão), o assistente segura a cabeça do paciente.

Ainda não existia implantes, restauração, limpeza... era usado apenas o método da extração. Na verdade, esse tipo de intervenção era realizada por pessoas com pouco preparo científico, em um ambiente sem assepsia e não contando com anestesia.

A precariedade da exodontia é bem explicitada na imagem, onde conceitos como biossegurança eram inexistentes e a prática se dava de forma artesanal.

E você aí reclamando do motorzinho... 🙈

http://historiacomfotos.blogspot.com.br/2016/06/dentista-em-1872.html_Sem mais informações sobre a imagem_
 ·  Translate
125 comments on original post
1
Add a comment...
 
contratos.astec@ipac.ba.gov.br
 
"Parabéns a Você", por Bertha Celeste

A música mais cantada em todo o mundo foi criada nos Estados Unidos em 1875 pelas irmãs Mildred e Patrícia Hill, professoras primárias da cidade de Louisville, no estado de Kentucky. Elas compuseram uma pequena quadra chamada "Morning to al" (Bom dia para todos) para cantar com os alunos pela manhã, antes do início das aulas.

Berta Celeste Homem de Melo é a autora da letra, em português, da música mais popular de todos os tempos, Parabéns a Você, até então cantada em inglês no Brasil

Berta Celeste nasceu em Pindamonhangaba, no dia 21 de março de 1902. Foi poetisa, farmacêutica e professora brasileira.

Única filha de um casal de fazendeiros de Pindamonhangaba, Bertha formou-se em farmácia. Casou-se e teve uma única filha, Lorice.

Tinha 40 anos de idade quando participou, junto a outros cinco mil candidatos, do concurso para a escolha da letra de 'Parabéns a Você', que compôs em apenas cinco minutos.

Além deste concurso, que venceu usando o pseudônimo de "Léa Guimarães", participava de diversos outros que ouvia pelo rádio, sendo vencedora diversas vezes - como na quadra feita para escolha do jingle de uma cera de polimento de pisos, que dizia: "Vou lhe contar um segredo / Que todos sabem de cor / Dá lustro até num rochedo / A supercera Record".

Doutorou-se em Letras, escrevendo poemas que foram mais tarde publicados no livro "Devaneios". Aos 54 anos, mudou-se para a cidade de Jacareí, onde lecionou por mais de 40 anos e, em 12 de setembro de 1998, recebeu o título de cidadã honorária, mesmo data em que lançou seu livro.

Declarava ter se emocionado em várias ocasiões em que sua letra foi entoada, especialmente durante a festa do quarto centenário da cidade de São Paulo e durante visita do Papa João Paulo II em 1980, na cidade de Aparecida. Faleceu, aos 97 anos, de pneumonia, em Jacareí.

O Concurso:
Em 1942, o compositor Almirante, insatisfeito com o fato de no Brasil a canção de aniversário ser cantada em inglês, idealizou um concurso na Rádio Tupi, do Rio de Janeiro, para a criação em português da canção norte-americana "Happy Birthday To You".

A escolha da canção vencedora coube à Academia Brasileira de Letras, com Cassiano Ricardo e Múcio Leão. A canção de Bertha foi a vencedora por dois motivos principais: foi uma das únicas que trazia cada verso diferente (a maioria repetia a mesma frase) e pela beleza.

A letra original de "Parabéns a Você" é:

"Parabéns a você,
nesta data querida,
muita felicidade,
muitos anos de vida".

Além de passar boa parte da vida contando a história de seu famoso verso, Bertha insistia para que as pessoas o cantassem direito. Quem canta – como muita gente faz – “Parabéns prá você, nessa data querida, muitas felicidades, muitos anos de vida”, está cometendo três erros (gravíssimos, asseverava dona Bertha): na primeira linha, o certo é “Parabéns a você”. Na segunda, o correto é “nesta”, e não “nessa”. E, na terceira, “muita felicidade” é singular e não plural. Ah, e aquela coisa de “É pique-pique-pique, é hora, é hora, é hora” depois do “Parabéns a Você” não tem nada a ver nem com a melodia original, nem com dona Bertha. Poetisa de respeito, ela jamais escreveria uma barbaridade dessas...

Imagem: G1

http://historiacomfotos.blogspot.com/2016/07/parabens-voce-por-bertha-celeste.html
 ·  Translate
45 comments on original post
1
Add a comment...
Collections Rosangela is following
Basic Information
Gender
Female