Acabei de escrever um Cromo para amanhã que me deu tremendo gozo e que, uma vez mais, chafurda em memórias angustiantes da infância. Vou recordar os tempos em que a pergunta "Já pintas" era atirada a torto e a direito na escola. E a minha angústia por sentir que havia ali mais algum significado do que uma curiosidade quanto ao talento artístico das pessoas.
Shared publiclyView activity