Profile cover photo
Profile photo
Projeto #Colabora
24 followers -
Porque o mundo pode ser +tolerante, criativo e generoso
Porque o mundo pode ser +tolerante, criativo e generoso

24 followers
About
Projeto #Colabora's posts

Post has attachment
Alienígenas no paticumbum? Sem chance. O time de rainhas de bateria que não nasceram geograficamente próximas de suas escolas transformaram-se em "locais" por mérito e atitude. Por Aydano André Motta para #Colabora

Post has attachment
Olha o Bloco dos Sujos aí gente, chora cavaco...

Post has attachment
Abra alas que elas vão passar! E elas não querem puxão de cabelo, beijo na boca forçado, mão boba... As foliãs querem brincar o Carnaval livre, leves, soltas, mas com respeito. Campanhas contra o assédio multiplicam-se pelas principais cidades do país neste Carnaval. E que fique claro: não é não! Por Bibiana Maia para o #Colabora

Post has attachment
Ícone da causa indígena, Raoni vai entrar na Sapucaí, no domingo, ao lado do seu herdeiro político, o neto Beptuk. Os dois vão desfilar pela Imperatriz Leopoldinense. O enredo "Xingu, o clamor da floresta" vai levar para a passarela do samba os conflitos vividos pelos povos indígenas. Em entrevista para o Colabora, Raoni fala sobre a luta do seu povo. Por Claudia Silva Jacobs e Liana Melo

Post has attachment
Paródia de "Allah-la Ô” critica a falência do Estado do Rio: “Olha o caô, ô, ô/Governador, ô, ô/Deu isenção pras empresas mais bizarras/Deixou o servidor vivendo de gambiarra/Olha o caô, ô, ô/Governador, ô, ô” . É o Ocupa Carnaval, que está fazendo nesta quinta seu cortejo no Centro. Vem ver o bloco!

Post has attachment

Post has attachment
#EagoraCedade? Alerj aprova a privatização da Companhia Estadual de Águas e Esgotos do Rio de Janeiro. Hora de reler a análise do #Colabora sobre o tema: A Cedae trabalha com uma tarifa social que beneficia mais 1,2 milhão de pessoas, em 900 comunidades e rendeu R$ 88 milhões de dividendos ao estado, em 2016. Como será o amanhã? #valeapenalerdenovo

Post has attachment
Pedro Calmon dizia que o samba era o "perfil sombrio da senzala". Sylvio Moreaux defendia a festa, mas sem "as ideias africanistas". Outros autores bateram na mesma tecla. Hoje, o processo de domesticação está consolidado. O marketing agressivo e a sede de consumo se juntaram à mítica alegria brasileira para afastar a festa das suas origens. A ótima estreia de Luiz Antonio Simas no #Colabora.

Post has attachment
Há exatos 50 anos, um deslizamento de terra em Laranjeiras derrubou uma casa, dois prédios e deixou 120 mortos. Foi a partir da tragédia, em plena Zona Sul do Rio, que os investimentos em contenção de encostas começaram a ser feitos na cidade. Um menino, com quase seis anos, guardou bem as imagens e as dores do dia. Oscar Valporto para o #Colabora

Post has attachment
Bom domingo
Photo
Wait while more posts are being loaded