Profile cover photo
Profile photo
ORIONTEC AUTOMAÇÃO
38 followers
38 followers
About
Posts

Post has attachment
Add a comment...

Post has attachment
Add a comment...

Post has attachment
Add a comment...

Post has attachment
Quais as consequências deixar os impostos atrasados?
Add a comment...

Post has attachment
Add a comment...

Quais as vantagens de ter uma empresa 100% legalizada?

14/12/2016
Recolher multas com valores exorbitantes, perder benefícios e incentivos fiscais, ter o patrimônio desprotegido. Viver na ilegalidade é perigoso e as consequências de ser pego são desmotivadoras, ocasionando sempre prejuízo maior do que o necessário para manter o negócio funcionando de acordo com a lei.

O empreendedor ético sabe que o caminho da ilegalidade não é uma opção, pois manter a empresa legalizada é essencial para o sucesso de qualquer atividade.

Quer saber quais as vantagens de manter o seu negócio 100% legalizado? Acompanhe nosso post e conheça os 09 principais motivos para manter sua situação regularizada!

Vantagens de ter uma empresa totalmente legalizada
1 – Direito à previdência social

A empresa regularizada permite que funcionários e sócios recolham valores relativos a direitos trabalhistas e tributários. Desta forma, há o pagamento da contribuição mensal devida ao INSS, que é prerrogativa de todo cidadão que desempenha atividade profissional de forma legalizada.

Assim, a todos os colaboradores da organização é assegurado o direito à previdência, evitando o ajuizamento de demandas trabalhistas e o pagamento de multas desnecessárias.

2 – CNPJ regular

O registro permite a regularização do número de CNPJ da empresa, que é verdadeiro documento de identidade a ser utilizado na maioria das transações que ela realiza – seja com particulares, seja com entes do Poder Público.

A consulta da situação do CNPJ é feita até pela internet. Um cadastro regular torna maior a prospecção de clientes e divulgação de que o negócio atende às exigências legais e está em pleno funcionamento, constituindo, inclusive, estratégia interessante de marketing.

3 – Melhor relacionamento com fornecedores

Estar regularizado e possuir CNPJ é o único meio hábil de emissão de notas fiscais, condição que proporciona maior confiança na relação com fabricantes e fornecedores.

A fortificação dos laços permite uma maior abertura para a realização de negociações e pedidos de parcelamentos, aumentando as possibilidades de escolhas de parceiros e preços mais favoráveis.

4 – Mais crédito

A legalização da empresa permite a captação de recursos junto a instituições financeiras. Assim, o negócio terá mais oportunidades de conseguir empréstimos e financiamentos.

Vários bancos oferecem, por exemplo, linhas de crédito especiais para pequenas e médias empresas devidamente legalizadas, com taxas e juros diferenciados. Esse capital pode ser importante para que os empresários possam aumentar seu capital de giro, reinvestir na atividade, atualizar equipamentos, entre outras formas de aplicação, fazendo o negócio crescer.

5 – Proteção do patrimônio pessoal

Quando a empresa está clandestina, o seu patrimônio da empresa e dos seus sócios ficam desprotegidos.

Modalidades de empresas como a EIRELI (Empresa Individual de Responsabilidade Limitada) e a LTDA, por exemplo, proporcionam maior segurança ao patrimônio do empresário, de forma que a figura do sócio não mais se confunde com a do negócio, impedindo, assim, que as dívidas da pessoa jurídica avancem sob o conjunto de seus bens.

6 – Comércio com o mercado exterior

O crescimento de um negócio demanda legalidade. Empresários que voltam suas atividades para a exportação de bens só serão contratados se o negócio estiver cumprindo os requisitos legais nacionais e internacionais inerentes a sua atividade.

Programas de exportação, rodadas de negociação e feiras do setor só podem ser efetivadas com a empresa legalizada.

7 – Possibilidade de participação em licitações

O Poder Público pode ser considerado um dos maiores compradores do mercado – tanto de materiais quanto de serviços. Todo o processo de compra, desde a cotação até a finalização do negócio, é feita por meio de licitações, nos seus mais variados tipos.

Entretanto, para se candidatar às licitações da União, estados e municípios, há requisitos básicos. A empresa precisa ter CNPJ regularizado e recolher impostos e contribuições previdenciárias em dia.

Ter uma empresa legalizada, assim, aumenta a possibilidade de prospecção de clientes e divulgação dos serviços, mostrando-se excelente oportunidade de negócios!

8 – Mais segurança para o negócio

A concorrência no mundo dos negócios é altíssima e, muitas vezes, desleal. Quem se sujeita a uma existência na ilegalidade corre o risco de ter sua empresa denunciada a qualquer momento, até mesmo anonimamente.

A legalidade é a melhor solução para não passar todo o tempo com medo de ver alguém fechar as portas do seu negócio.

9 – Economia de impostos

Ao regularizar a situação da empresa, você deve optar pelo regime tributário que lhe seja mais favorável dentre os existentes. O SIMPLES Nacional é um programa para micro, pequenos e médios empresários que apresentam faturamento considerado baixo, em relação às grandes empresas.

Como consequência, aderir ao programa significa receber uma série de benefícios, inclusive o de recolhimento de impostos com alíquota diminuída. Assim, o valor pode vir a ser menor do que aquele recolhido pela pessoa física.

A emissão de nota fiscal por uma empresa pode significar economia de até 51% do valor de impostos totais a serem cobrados no período de um ano.

Como regularizar uma empresa de maneira simples
Agora que você já conhece os benefícios da regularização, é hora de agir. Para abrir uma empresa ou mesmo regularizar um negócio já existente, o empreendedor deve seguir alguns passos simples. Confira:

Planeje estrategicamente

O primeiro passo é sempre contar com um planejamento estratégico eficiente. O empresário deve definir seu público-alvo, tipo de atividades a serem desenvolvidas e ter em mente o faturamento mensal que deseja alcançar. É necessário sondar o mercado e fazer um estudo de viabilidade do negócio.

Conte com profissionais qualificados

O serviço de parceiros especializados na estruturação de empresas será essencial para guiar todas as suas ações. Será necessário fazer o planejamento tributário e, em alguns casos, elaborar um contrato social para o negócio. Escolha um profissional de contabilidade altamente capacitado, e um software que atenda a toda legislação em sua empresa.

Registre o negócio

Cada segmento de negócio pode contar com a exigência de normas específicas. O registro da empresa, entretanto, será realizado em cartório ou na Junta Comercial.

Em seguida, a empresa deve completar o seu registro também na Receita Federal e obter seu número de CNPJ. Para empresas que atuem no setor de revendas, ainda será necessário inscrever-se na Secretaria da Fazenda do estado.

Obtenha autorizações específicas

Certos municípios e outras repartições exigem a expedição de alvará para a regularização do negócio, o que será definido conforme o seu ramo de atuação.

Cada órgão conta com exigências e ritos próprios para a realização dos registros, até mesmo por meios eletrônicos. A aprovação do pedido de regularização pode levar algum tempo. Por isso, se organize e faça as solicitações com antecedência para deixar sua empresa legalizada!

Gostou do nosso post? Compartilhe sua opinião, deixe o seu comentário!
Add a comment...

Post has attachment
Add a comment...

Post has attachment
Add a comment...

Post has attachment
Add a comment...
Wait while more posts are being loaded