Profile cover photo
Profile photo
Floresti Centro Médico
8 followers -
Somos uma clínica especializada em saúde e bem estar da mulher, em todas as fases da sua vida.
Somos uma clínica especializada em saúde e bem estar da mulher, em todas as fases da sua vida.

8 followers
About
Posts

Dr. Élvio Floresti Jr.

Médico formado pela Universidade Federal de São Paulo (Escola Paulista de Medicina) em 1984.
Atuante no ABC há mais de 25 anos, realizando cirurgias em todos os hospitais da região e na cidade de São Paulo. Especialista em histerectomia vaginal sem prolapso uterino (cirurgia para extração de útero sem cortes abdominais, mesmo em pacientes sem partos normais e úteros grandes).
Pré natal especializado, com acompanhamento ultra-sonográfico (no consultório). Especialista em gestações de alto risco. 
Atualizado com as últimas técnicas cirúrgicas tais como sling vaginal (técnica para correção de incontinência urinária de esforço, mais eficaz, mais rápida e menos dolorosa que a perineoplastia clássica).

Agende sua consulta!
www.floresti.com.br
Add a comment...

Post has attachment
Novembro Azul

O Centro Médico Floresti apoia a prevenção do câncer de próstata.
Ajude os homens de sua vida! Compartilhe esta ideia!

Cuide-se bem...
www.floresti.com.br
Photo
Add a comment...

Post has attachment
O Centro Médico Floresti apoia o movimento Outubro Rosa.

Vamos combater o câncer de mama fazendo tudo o que está ao nosso alcance.
A prevenção é a maior arma desta luta, então, faça sua mamografia!

Espalhe esta mensagem de conscientização, envolva-se nesta causa!

Ame-se, ame seu próximo e seja feliz!
Cuide-se bem...
www.floresti.com.br
Photo
Add a comment...

Post has attachment
Ai, que cólica!

Que mulher nunca passou por uma crise de cólica? A intensidade pode variar bastante, e, dependendo do caso, nos incapacita de fazer qualquer coisa. Mas, apesar de comuns na rotina feminina, elas devem ser observadas com atenção, pois podem ser sintoma de que algo não vai bem.

Saiba mais: http://bit.ly/1uJHb1w
Photo
Add a comment...

Post has attachment
A primavera chegou!
Sempre temos motivos para celebrar e promover a vida. Viva plenamente!
Cuide-se bem...
www.floresti.com.br
Photo
Add a comment...

Post has attachment
A tão esperada chuva veio junto com o final de semana...
Vamos nos alegrar! Água é vida!
Bom final de semana.
Cuide-se bem...
www.floresti.com.br
Photo
Add a comment...

Post has attachment
Lenços higiênicos que previnem DST: isso funciona mesmo?

Em agosto de 2014 desembarcou no mercado brasileiro uma nova linha de lenços que prometem higienizar a região íntima e proteger contra doenças.

Lançados recentemente por uma empresa brasileira da área de perfumaria, estes lenços umedecidos são destinados ao uso antes e depois da relação sexual. O produto foi aprovado no início do ano pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) na categoria de higienização, porém o fabricante promete não só uma limpeza da região íntima de homens e mulheres mas também evitar que fungos e bactérias causadores de doenças sexualmente transmissíveis (DST) se instalem ali. "Ele contém substâncias que estimulam a produção de micro-organismos responsáveis pela defesa natural dos órgãos genitais", garante Jairo Zig, diretor de comunicação e marketing da Florale, que desenvolveu o produto. A ideia, segundo Zig, não é substituir o uso do preservativo nem tratar pessoas que já tenham DST, mas contribuir para uma melhor higiene pessoal e reduzir o número de casos dessas doenças.

Na opinião do ginecologista Fábio Laginha, do Hospital 9 de Julho, em São Paulo, a novidade é arriscada. "Vários trabalhos científicos já tentaram mostrar que a higienização previne DST, mas nenhum conseguiu provar essa relação", relata o especialista. Ele adverte que a limpeza em excesso da região genital até abre portas para infecções, já que retira a proteção natural da pele e aumenta o risco de microfissuras. O ideal, segundo Laginha, é higienizar-se normalmente - isto é, com água e sabão durante o banho. Com relação à prevenção de DST, o médico é categórico: camisinha sempre.

Por Luiza Monteiro
Fonte: http://mdemulher.abril.com.br/saude/

Cuide-se bem...
www.floresti.com.br
Photo
Add a comment...

Post has attachment
Bom final de semana!
Cuide-se bem...
www.floresti.com.br
Photo
Add a comment...

Post has attachment
No momento do planejamento familiar em que o casal “optou pela gravidez”, abandonando todos os tipos de cuidados contraceptivos, iniciou a gestação! Começou a viagem, e os preparativos e a ansiedade já estão presentes. O ideal é o médico participar da festa e juntos, mãe, pai e médico, iniciarem um Programa de Análise para esperar por uma gravidez que virá. Saiba mais: http://bit.ly/1rjgLEe Cuide-se bem...
Photo
Add a comment...

Post has attachment
Grávidas são mais suscetíveis aos problemas visuais

Toxoplasmose é a doença mais grave que pode acometer a grávida, pois pode levar à perda de visão do bebê

A gravidez é caracterizada por um período de intensas mudanças hormonais, que envolvem os diversos órgãos do corpo. Entre eles, os olhos. Problemas como olho seco, escotomas (presença de manchas escuras em alguns pontos do campo visual), visão dupla, diminuição da visão podem ocorrer durante a gravidez.

Para responder as principais dúvidas sobre o tema, a médica oftalmologista e diretora da Sociedade de Oftalmologia Pediátrica da Latino América, Dra. Marcia Beatriz Tartarella concedeu uma entrevista.

Por qual motivo as grávidas são mais suscetíveis a problemas de visão?

As alterações que a gravidez pode ocasionar no funcionamento dos olhos são, na maioria das vezes, fisiológicas, ou seja, decorrentes do próprio período. Portanto, não sendo consideradas doenças. As oscilações hormonais que ocorrem na gravidez levam, por exemplo, a uma maior ocorrência de olho seco, podendo causar desconforto, ardor, coceira ou olho vermelho.

Como as grávidas podem se proteger da conjuntivite?

Devem evitar locais muito fechados ou com aglomerações, piscinas com muita gente ou com poucos cuidados na água. Além disso, é importante não ter contato com pessoas com conjuntivite e não usar maquiagem de outra pessoa ou de uso coletivo.

Quais outros problemas visuais são comumente gerados durante a gravidez?

Algumas grávidas podem apresentar hipertensão durante a gestação, o que pode provocar alterações no fundo de olho, na retina. Quando isso acontece, os principais sintomas visuais podem ser escotomas (presença de manchas escuras em alguns pontos do campo visual), visão dupla e diminuição da visão. Além disso, há também a toxoplasmose: a doença mais grave que pode acometer a grávida e que pode ocasionar danos irrecuperáveis para a visão do bebe. Os sintomas da doença na grávida pode ser uma alteração ocular com lesões ativas na retina. Mas, geralmente, é uma gripe ou uma febre. No entanto, há casos que não apresenta sintoma algum. A toxoplasmose pode ser transmitida de maneira congênita para o bebê, podendo gerar cicatrizes e perda da visão. Sendo assim, a toxoplasmose é uma das principais causas de cegueira em crianças no Brasil.

Qual a melhor forma de se proteger desses problemas visuais?

Se durante a gravidez ocorreu mudança no grau, o ideal é aguardar até o quarto mês após o parto para refazer o exame oftalmológico para a troca do grau e dos óculos. Neste momento o organismo da nova mamãe já está retornando as condições normais e o grau estará mais estável. A gestante que apresentar sensação ou sintomas de olho seco deverá fazer uso de um colírio lubrificante e procurar piscar mais vezes quando estiver usando computador ou em ambientes com ar condicionado. A atenção deve estar redobrada se for usuária de lentes de contato. As mulheres com hipertensão devem ter acompanhamento oftalmológico durante toda a gravidez.

E como prevenir a toxoplasmose?

É de extrema importância a realização do teste específico para toxoplasmose durante o período pré-natal. As grávidas não imunes a toxoplasmose devem evitar o consumo de carne mal passada ou crua, frutas e verduras mal lavadas. Deve consumir sempre água filtrada ou fervida. No caso de contaminação da gestante durante a gravidez, deverá ser instituído o tratamento com medicamentos específicos. Já o bebê, deverá realizar alguns exames: o teste de sorologia para toxoplasmose; o exame de fundo de olho para detectar lesões ou cicatrizes na retina e exames neurológicos. Se for constatado o diagnóstico de toxoplasmose congênita na criança, deverá ser iniciado o tratamento com colírios e medicação específica para minimizar os danos ocasionados pela doença.

Fonte: Assessoria de Comunicação Transitions Optical

Cuide-se bem...
www.floresti.com.br
Photo
Add a comment...
Wait while more posts are being loaded