Profile cover photo
Profile photo
Danízio Dornelles
20 followers
20 followers
About
Danízio's posts

Post has attachment
Residencial Bela Vista: 360 famílias receberão a chave da casa própria nesta segunda-feira


Post has attachment
Ocaso
Imagem: Google/Reprodução Poema: Danízio Dornelles Ele era o silêncio A gris amplidão A face escondida No avesso do não Ela, redemoinho Que vem, dilacera O brilho do fogo Queimando a espera Ele, pôr-de-sol Numa noite qualquer Encantou-se do vento Qual fosse...

Post has attachment

Post has attachment
Voracidade
Imagem: Google/Reprodução Poema: Danízio Dornelles Autodevoro teus paradigmas milimétricos na geografia dos passos sobre as pedras Autodevoro se te devoro e me devoro te devorando Autodevoro pelo alto o azul do teu céu em nuvens e boca... Translúcido gozo o...

Post has attachment
Refrão
Poesia/Imagem: Danízio Dornelles Ingênuo fado (que fascina) deixa sementes (de amor) em bolas de algodão; a alma em flor (de lua se ilumina) num beijo que amanhece o gosto da estação

Post has attachment
Dissabor
Poesia/Imagem: Danízio Dornelles Amargo é o gosto do que não sinto No verbo exposto em suor e absinto Na escuridão a esmo e de mim mesmo Margeia o fogo - e já o pressinto Como num jogo ou num labirinto A nuvem negra absorve a lua Depois desvenda - delírio e...

Post has attachment
Previsão
Poesia/Imagem: Danízio Dornelles Dissolvido pela poeira do silêncio Caminho a procurar-te, desternura Pode ser que te encontre num espinho Que é o amor mais real de quem procura Pode ser que te encontre numa brisa Que toque o rosto no epitáfio pelo avesso P...

Post has attachment
Colheita
Posia/Imagem: Danízio Dornelles Semente de teus passos plantei na estrada de terra o riso gravei nas pedras o gosto, no temporal Amanheceu o dia feito de sol caminho feito de asfalto colheita feita de sal

Post has attachment
Epílogo
- Imagem: Anna Yakova - Ramificações de árvore com as folhas penduradas sobre o Rio Fontanka, Jardim de Verão, São Petersburgo, Rússia - Poesia: Danízio Dornelles Não florescerão mais girassóis em Amsterdam Nem Garcia Lorca pensará sobre o amor Ficaremos pa...

Post has attachment
Renúncia
Poesia/Imagem: Danízio Dornelles Por ora sou pedra inerte ao rio que disseca meu corpo Da margem esquerda, te contemplo: radiante estás como as brancas ondas da lua que não temos Um coração de carne me ameaça mas é tarde há tempos não o escuto em tal descom...
Wait while more posts are being loaded