Profile cover photo
Profile photo
Rayssa Gaspar
8 followers
8 followers
About
Posts

Post has attachment
É você que tem
Todos os outros vão ser o que eu queria que você fosse Em cada dobra do papel, hão de reparar coisas que você, querido, não faz Mas acontece que eu não gosto deles Socorro! Sinto nada! Queria que você fizesse tanta coisa, que talvez eu não te ame tanto O qu...

Post has attachment
Para Ele
As vezes eu sinto saudade tua Vejo os casais de velhos na rua Lembro de nós De tudo o que a gente não viveu e queria ter vivido Ouço as minhas músicas E lembro do quanto eu te queria perto E você me queria longe Até que ficamos distantes E sinto falta De tu...

Post has attachment
Um discurso sobre a sensibilidade
Vou
aqui tentar usar o mais íntimo de mim para dizer o que nem o meu íntimo sabe:
eu quero a sensibilidade. Já faz um tempo que eu venho buscando por isso, me “desendurecer”,
deixar a minha rigidez milenar um pouco de lado e me entregar ao viver, ao
outro, ...

Post has attachment
Poema do não poema
Não, não tem poema para expressar a dor. O amor inacabado. Mal vivido. Indigesto. O amor doado como uma válvula de escape do cotidiano. O amor da presença e da falta. O amor que fez uma festa no coração e depois foi embora. Como se a festa não tivesse acont...

Post has attachment
Vem
Vem natureza Venha até mim Personificada de peixe mulher E me traga um amor primeiro Primeiro de tudo Que cante Que não fume Que goste de dançar Que acorde de madrugada para ler poesia E olhe nos olhos No fundo de mim, natureza E não me encha o saco quando ...

Post has attachment
Da incompletude
    Vontade de comer alguma coisa que me forre o estômago. Preencha os meus sentidos. Uma coisa que me fagocite e depois me dissolva e me exclua para fora, para o universo. Um nada cheio de todas as coisas que me tornariam uma outra coisa. Entre pelo meu na...

Post has attachment
Primeira visita
Eu não queria estar ali. Mas o desejo pelo novo e as obrigações cotidianas, dessas que a gente até pode escapar mas por algum motivo interior não escapa, me faziam estar ali. Ela uma moça de vinte e seis anos . Eu tinha vinte e três, quase a idade dela. Nem...

Post has attachment
Meu céu seria
Se eu abrir a minha boca e tentar tocar o céu tentar rasgar
o fundo dela com a ponta das unhas. Já pensei nisso uma vez. Seria quase como
gritar gritar e sentir sede depois. Naquele momento íntimo. Queria sentir isso.
Queria tentar concluir isso. Pegar o va...

Post has attachment
Fragmentos existencialistas: Duas condutas de Posse
(...) Vimos que a consciência alheia é que fundamente o meu Ser Em-Si e guarda o segredo do que sou objetivamente. Uma atitude a adotar é tratar de conseguir assimilar essa visão que o Outro possui de mim. Evidentemente, quero roubar a consciência alheia en...

Post has attachment
Quase natal
isso não é um texto sobre o conceito de natal.Então se pensou isso, não leia. Feche a página, vá descansar.  É quase natal. Ruas movimentadissimas, carros um atrás do
outro, pessoas dentro dos carros, esperando alguma coisa. Pessoas dentro das
lojas. Caminh...
Wait while more posts are being loaded