Profile cover photo
Profile photo
Pensamentos Libidinosos
24 followers -
A Sensualidade e a Beleza da Mulher no imaginário do Homem...
A Sensualidade e a Beleza da Mulher no imaginário do Homem...

24 followers
About
Communities and Collections
Posts

Há sempre uma despedida em cada Poema...

Naquele Inverno...

Queria escrever-te, desenhar-te um rosto, talvez um olhar,
pintar os teus lábios, torná-los mais meus do que teus...
Queria escrever-te no coração uma mensagem indecifrável,
de forma a lembrares-me em cada batimento...
Queria escrever-te no corpo o desejo,
como se permanecesse em ti...
Queria escrever-te no olhar a paisagem breve,
como se fosse possível torná-la eterna...
Queria escrever-te nos lábios o calor e o volume
dos nossos beijos...
Queria escrever-te na alma uma canção original,
cuja melodia tivesse o nosso compasso...
Queria escrever-te nas folhas do tempo,
um bosque de ilusão e fantasia...
Queria escrever-te um postal ilustrado,
que ao tocar te mostrasse sonhos...
Queria escrever-te que o Amor é irmão do Oceano,
onde a espuma das ondas se dissolve na areia...
Queria escrever-te que o Amor é selvagem e livre,
não se aprisiona hoje para libertar amanhã...
Queria escrever-te que o Amor é loucura inconsequente,
insusceptível de racionalizações e projectos cautelosos...
Queria escrever-te que o Amor é aquele arrepio,
aquela procura, aquela cegueira, aquele momento
em que voltas a acreditar na eternidade...
Queria escrever-te que o Amor é espontâneo,
não tem peso nem medida padronizada...
Queria escrever-te que o Amor é uma viagem
sem regresso, o impulso incontrolável...
Queria escrever-te que o Amor é a Magia 
da criança que não conhece o truque...
Queria escrever-te que o Amor será sempre
o mito da velha cabana e nunca do arranha-céus...
Queria escrever-te que o Amor é aquele Inverno 
a germinar Primavera...
Queria escrever-te que o Amor 
...É...

Barão de Campos

28/02/2013
Add a comment...

Post has attachment
Pensamentos Libidinosos é o espaço onde o desejo ganha forma através das palavras...Palavras que se volatilizam, tal como sombras ao anoitecer...
Wait while more posts are being loaded