Profile cover photo
Profile photo
Augusto César de Alencar
Carpe Diem!
Carpe Diem!
About
Augusto's posts

Post has attachment
LXXXIV - .psychodeliquè.
...e enquanto eles permaneciam fechados, os gráficos coloridos dos equalizadores que a mente criava variavam entre graves e agudos, pulando de lilás pra azul num degradê que traziam tons de roxos e rosas. ...e enquanto tímpanos reverberavam as batidas dos r...

Post has attachment
LXXXIII - Oi! Que Bom Te Ver Aqui...
Mas não fique muito perto e nem fale nada. Qualquer assunto que fluir entre nós, assim como sempre acontece, vai me fazer derreter novamente. Não quero derreter de novo, pois demoro a me recompor. A não ser que você me dê um beijo agora, ingrediente primord...

Post has attachment
Meu primeiro texto no Recanto das Letras.

Post has attachment
LXXXIV - Hold On
Foi ontem que tudo aconteceu. De novo. Queria dizer-lhe que estou morrendo de saudade. Devo me conter? Acalmar o coração? 'Sim.' - diz a razão. Um perfume, um momento, uma imagem. Me perco em devaneios. 'Mas não é hora' - palpita de novo a razão. Um coração...

Post has attachment
5:38
A introdução começa assim, com notas baixas e suaves, aumentando seu volume aos poucos. Nessa parte nada se diz, apenas convida aos ouvidos à prestar atenção no arranjo criado. 1:22 - os primeiros tons de voz se apresentam, na ternura que devem ser pra acom...

Post has attachment
LXXXII - 5:38
A introdução começa assim, com notas baixas e suaves, aumentando seu volume aos poucos. Nessa parte nada se diz, apenas convida aos ouvidos à prestar atenção no arranjo criado. 1:22 - os primeiros tons de voz se apresentam, na ternura que devem ser pra acom...

Post has attachment
LXXXI - O Que Você Quer Ser Quando...
Foi assim que o diálogo começou, meio que sem motivo, depois de um momento de silêncio proposital. – O que você quer ser quando... – Crescer? Já cresci. Já sou grandinho. – Como você sabe? – Aprendi a amar. Bem que poderia me perguntar o que eu quero ser ag...

Post has attachment
LXXX - 7 Parágrafos Sobre Você
Ainda é cedo, diga-se de passagem, mas o sinal da sintonia é tão forte que poderia ser tarde se não expressada agora. Risos de uma noite fria, no aconchego de um lugar comum, sem as graças de luz de velas, de uma lareira ou um piano entoando notas suaves à ...

Post has attachment
LXXIX - Visco Arterial
"Eu quero é me apaixonar, preencher o vazio daquele que vasculariza meu corpo, amolecer o ressecado de tuas veias e aquecer o visco e frio rubro líquido que, sem escolha, tem que por lá passar."

Post has attachment
LXXVIII - Boa Noite
Não vá sem dizer boa noite. A conversa está tão boa que não aceito você dizer que cochilou e não acordou mais. "Ao sair feche a porta." - Não é assim que se diz por aí? Pois bem. Não saia sem dizer boa noite. Feche a nossa porta antes de partir. Não me impo...
Wait while more posts are being loaded