Profile cover photo
Profile photo
FRANCISCO CH CARNEIRO MOTA Maria
1 follower
1 follower
About
Posts

Post has attachment

Post has shared content
TEM GENTE Q ACHA Q NAO VAI #ENVELHECER!
Idoso e Velho - Uma reflexão e ensinamento para aprendermos a envelhecermos e sermos felizes. Vale a pena ler. Trouxe com carinho, à todos.
:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::    ::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::
"Idosa é uma pessoa que tem o privilégio de viver uma longa vida. Velha é a pessoa que perdeu a jovialidade. Você é idoso quando sonha. É velho quando apenas dorme. Você é idoso quando ainda aprende. É velho quando já nem ensina. Você é idoso quando ainda sente amor. É velho quando só tem ciúmes e sentimento de posse. Você é idoso quando seu calendário tem amanhãs. É velho quando seu calendário só tem ontens. O idoso se renova a cada dia que começa. O velho se acaba a cada noite que termina. Você é idoso quando tem planos. E velho quando só tem saudades. As rugas do idoso são bonitas porque foram marcadas pelo sorriso. As rugas do velho são feias porque foram vincadas pela amargura. Feliz de quem envelhece como frutas que amadurecem sem amargo. Feliz de quem envelhece por fora, conservando-se em compreensão para com tudo e para com todos, caminhando sempre mais no amor de Deus e no amor do próximo. Quem conserva acesa a sua chama, quem mantém entusiasmo pelo que faz, quem sente razões para viver pode ter o rosto cheio de rugas e a cabeça toda branca, ainda assim é jovem! Por isso nem todo idoso é velho e há velho que ainda nem chegou a ser idoso. A vida, com suas fases de infância, juventude, madureza, é uma experiência constante. Cada fase tem seu encanto, sua doçura, suas descobertas. Sábio é aquele que desfruta de cada uma das fases em plenitude, extraindo dela o melhor.
Bem-aventurados aqueles que compreendem meus passos vacilantes e minhas mãos trêmulas. Bem-aventurados os que levam em conta que meus ouvidos captam as palavras com dificuldade, por isso procuram falar mais alto e pausadamente. Bem-aventurados os que percebem que meus olhos já estão nublados e minhas reações são lentas. Bem-aventurados os que desviam o olhar, simulando não ter visto o café, que por diversas vezes tenho derramado sobre a mesa. Bem-aventurados os que nunca dizem "você já contou isso tantas vezes". Bem-aventurados os que sabem dirigir a conversa e as recordações às coisas dos tempos passados. Bem-aventurados os que compreendem quanto me custa encontrar forças para carregar minha cruz. Bem-aventurados os que amenizam os meus últimos anos sobre a terra. Bem-aventurados todos aqueles que me dedicam afeto e carinho, fazendo-me, assim, pensar em Deus. Quando entrar na Eternidade, lembrar-me- ei deles, junto ao Senhor.” 
by Dalva
Photo

Post has attachment
Wait while more posts are being loaded