Profile cover photo
Profile photo
Rau Ferreira
75 followers
75 followers
About
Rau's posts

Post has attachment
Banabuyé 1817: Alarme falso!
Bandeira revolucionário de 1817. Fonte: Wikipédia A “ Revolução Pernambucana ” foi assim denominada por ter origem naquela
Capitania. Deflagrada em 06 de março de 1871, a revolta separatista contava com
o apoio de sociedades secretas influenciadas pelos ide...

Post has attachment
Terezinha Tietre
Na literatura cordelista, a mulher sempre foi mostrada com muita
paixão, daí os veros de Alberto Porfírio em exaltação à figura feminina: Quem
é forte não se abala Não
se altera, não se agita Mais
qualquer homem se acaba Por
uma mulher bonita. Também decant...

Post has attachment
O Bloco Zé Pereira
O "Pereira" - Foto: Jornal A CIDADE O
Carnaval de Esperança começa oficialmente no Arrastão do Sábado. Mas, ainda na
madrugada, nos dias de hoje há o primeiro grito que se dá com a saída do “Bloco
Zé Pereira” pelas ruas da cidade, acordando as pessoas para ...

Post has attachment
Zé Limeira em Esperança
Esperança
também é terra da poesia e do repente. Muitos cantadores passaram por estas
plagas, em suas feiras declamaram versos e venderam seus folhetos. Aqui nasceu
João Benedito, precursor desta vertente que se chama cordel, Campo Alegre e
tantos outros. P...

Post has attachment
Um poema, de Rau Ferreira
Os teus lábios de mel
me beijaram Senti um fulgor
virginal!... Beijaram-me e foram
embora Como no tríduo de
carnaval E era chegada a
boa-hora Pela qual eles me
saciaram. * *     * Os teus olhos idílios
me olharam Senti um transpassar
n'alma Olharam-me e for...

Post has attachment
Pedro Fernandes (Lero)
Em uma publicação, esses dias, sobre o carnaval de Esperança, veio à tona a figura de “Lero”, famoso por sua irreverente “Boneca” que desfilava no corredor da folia. Em contato com o seu sobrinho Moacy, consegui algumas informações que compartilho com os se...

Post has attachment
O Boi de Marcolino
Bloco do Boi, de João Marcollino Foi Evaldo Brasil que me instigou a
pesquisa, quando questiona em seu poema: “O que matou meu boi? O de João
Marcolino/ Boi dos meus carnavais quando eu era menino" (Noção Planetária).
Pinçando aqui e acolá reconstruí parte ...

Post has attachment
Pedro Fernandes Lero
Pedro Fernandes "Lero" Em uma publicação,
esses dias, sobre o carnaval de Esperança, veio à tona a figura de “Lero”,
famoso por sua irreverente “Boneca” que desfilava no corredor da folia. Em contato
com o seu sobrinho Moacy, consegui algumas informações qu...

Post has attachment
Desespero, poema de Zé Coêlho
Prof. José Coêlho da Nóbrega Hoje recebi este belo poema do
Professor José Coêlho que todos conhecem. Professor de português da Escola “Irineu
Jóffily” e também agrimensor, tendo se lançado candidato algumas vezes em nosso
município disputado a vereança. Po...

Post has attachment
A Boneca de Lero
A "Boneca de Lero" Lero residia no Rio. Esperancense
nato, não perdia um carnaval e vinha todos os anos participar dos festejos de
“Momo” em nossa cidade. Foi ele quem criou a famosa “Boneca”.
Não era bonita, segundo dizem, mas o engraçado era o gingado que...
Wait while more posts are being loaded