Profile cover photo
Profile photo
Zé Loureiro
54 followers
54 followers
About
Zé's posts

Post has attachment

Post has attachment
Preito a Suzana Palanti!
Idílica a sua forma de expressão, e deleite da mais selecta plateia. Fonte aberta de rica imaginação, para regar os poemas que semeia.

Post has attachment

Post has attachment
Memórias legadas
A vida ao por mim passar, do meu tempo se alimenta, deixa meu espaço a minguar, o espaço que me sustenta. Mas como contrapartida, nele memórias me lega, as que me adoçam a vida, e que minha alma sossega. Memórias de desconforto, também são um seu legado, pa...

Post has attachment

Post has attachment
Amargo amor!
Ele: Meu amor, amargo amor, deixa o teu travo apagar, deixa que altere teu sabor, para assim poder-te amar. Permite que possa barrar-te, com o mais puro dos doces, p'ra loucamente tomar-te, como um sacro manjar fosses Ela: Meu amor, meu mui amado, no teu ba...

Post has attachment
Zé Loureiro commented on a post on Blogger.
Suzaninha, o beijo está muito bem definido no teu belíssimo poeminha.
Deixo-te abaixo uma pequena quadra, onde deixo expresso algo que ele também carrega.

O beijo é pão para a vida,
e actua qual semente,
e dá-nos contrapartida,
faz crescer o amor na gente.

Deixo-te também um aluvião de beijos. 

Post has attachment

Post has attachment
Fado: O meu Virtual Amor!
O senti-la e não tocá-la, era profunda agonia A não ter e só amá-la, de tal causa padecia. A tecla, que a suporta, é para mim um placebo, pois a ela me transporta, não premi-la, não concebo. Aquando o computador, entra em regime de pausa, o não sentir meu a...

Post has attachment
Wait while more posts are being loaded