Profile cover photo
Profile photo
bianca alves de lima
About
bianca's posts

Post has attachment
...
Bianca Alves        Entendi ou cheguei perto de compreender o que é se sentir no
lugar errado, no corpo errado, uma experiência ‘transexual’, de viver dentro e
querer morar em outra matéria.       O amor e o seu não pertencimento, sua negação de morar no
in...

Post has attachment
**
Bianca Alves É matéria do amor, o amor. dos amantes, amar. das bocas, línguas inquietas. dos corpos, leituras em braile. das mãos, laços
silenciosos. das alianças, acordos
de paz. dos ritos, milagres cotidianos. das músicas, curas. da escuridão,
lamparinas ...

Post has attachment
Cartas que não chegam...
Carta escrita por Yoko Ono, no 27º aniversário de morte de John Lennon...  “Sinto saudades, John. 27 anos se passaram e ainda desejo poder voltar no tempo até aquele verão de 1980. Lembro-me de tudo – dividindo nosso café da manhã, caminhando juntos no parq...

Post has attachment
O futuro da paixão
Maitê Proença Era o fim de uma história de amor, dentro de mim correntes de ferro a se arrastar. Neste estado encontro uma grande dama das artes cênicas e, num ímpeto, derramo sobre ela a minha tormenta. Depois de tudo escutar, e como forma de consolo, a di...

Post has attachment
ESQUECIDO, MAS FELIZ
Fabrício Carpinejar Eu posso esquecer a receita do minestrone da avó. Eu posso esquecer a loja em que comprei a calça preta favorita. Eu posso esquecer o restaurante que escolhemos para passar a virada do ano e o coquetel flamejante que bebemos, desculpa, f...

Post has attachment
...
Ana Cristina César “Apaixonada, saquei minha arma, minha alma, minha calma. Só você não sacou nada.”

Post has attachment
Separação
Affonso Romano de Sant'Anna Desmontar a casa e o amor. Despregar os sentimentos das paredes e lençóis. Recolher as cortinas após a tempestade das conversas. O amor não resistiu às balas, pragas, flores e corpos de intermeio. Empilhar livros, quadros, discos...

Post has attachment
A morta viva
Murilo Mendes Maria do Rosário estendida no caixão Toda vestida de branco aos vinte anos Está cercada de angélicas e de moscas. Seu rosto é inviolavelmente puro e simples. Telefonam telefonam telefonam. Inclino-me sem chorar sobre seu corpo. Só agora lhe di...

Post has attachment
Photo

Post has attachment
O diagnóstico e a terapêutica
Eduardo Galeano O amor e uma das doenças mais bravas e contagiosas. Qualquer um reconhece os doentes dessa doença. Fundas olheiras delatam que jamais dormimos, despertos noite apos noite pelos abraços, ou pela ausência de abraços, e padecemos febres devasta...
Wait while more posts are being loaded