Profile

Cover photo
João Barbosa
Works at jornalismo e criação escrita
Lives in Lisboa
244 followers|1,379,145 views
AboutPostsVideos+1's

Stream

João Barbosa

Shared publicly  - 
 
. Estou a morrer. Não o digo apenas porque um dia nasci, cada momento que passa é um a menos para o do passamento. Não digo para alarmar e muito menos para enganar. Estou a morrer, estou mesmo a morrer. . A morte é banal. ...
1

João Barbosa

Shared publicly  - 
 
. Encontra-me... . Antes que o tempo acelere… continuo na vertigem dos dias (ver texto anterior)… conto do concurso que vai na quinta edição e o primeiro parece ter sido anteontem. É uma prova que se arrisca a tornar num c...
1

João Barbosa

Shared publicly  - 
 
O Quinta de Foz de Arouce – Batalha de Foz de Arouce 200 anos (2007) tem o que se reconhece nos irmãos Quinta de Foz de Arouce e Quinta de Foz de Arouce Vinhas Velhas de Santa Maria.
1

João Barbosa

Shared publicly  - 
 
O Escondido 2012 é um vinho fresco e complexo, com grande elegância e com um final longo. Evolui muito bem com o passar do tempo em que decorre a refeição.
1

João Barbosa

Shared publicly  - 
 
Thus, Manuel Ângelo Barros and his family decided they had to go back to the wine. So many turns and they ended up buying back Quinta Dona Matilde at the end of 2006.
1

João Barbosa

Shared publicly  - 
 
Tiago Cabaço Vinhas Velhas Branco 2014 é filho de uvas de videiras com mais de 35 anos. É um lote de roupeiro, arinto e antão vaz. A ficha técnica dá conta de que viveu estágio em madeira, mas não dá especificações.
1
1
Have him in circles
244 people
Paulo Martins's profile photo
Carlos Serrão's profile photo
João Raposo's profile photo
Jurcelina Goes's profile photo
Adega dos Leigos's profile photo
Catarina Antunes's profile photo
Joana Roque do Vale's profile photo
A Prova Mercearia's profile photo
Paulo Ares's profile photo

João Barbosa

Shared publicly  - 
1

João Barbosa

Shared publicly  - 
 
. Encontra-me... . Quando era criança, o tempo demorava uma eternidade a passar. O dia 1 de Outubro assinalava o final das férias grandes, que eram praticamente infinitas, e o começo do ciclo escolar, igualmente semi-eter...
1

João Barbosa

Shared publicly  - 
 
O problema não estava no reconhecimento da qualidade ou da sua falta, mas da divergência nos atributos que distanciam um vinho bem feito doutro bom ou de um excelente.
1

João Barbosa

Shared publicly  - 
 
Assim, Manuel Ângelo Barros e família decidiram que tinham de regressar ao vinho. Tantas voltas deram que acabaram por recomprar a Quinta Dona Matilde, no final de 2006.
1

João Barbosa

Shared publicly  - 
 
Vamos ao vinho, razão desta visitita escrita a Estremoz. Vem um branco e um tinto de João Portugal Ramos, enólogo e produtor que várias vezes tem sido sujeito de textos aqui na Blend – All About Wine.
1
People
Have him in circles
244 people
Paulo Martins's profile photo
Carlos Serrão's profile photo
João Raposo's profile photo
Jurcelina Goes's profile photo
Adega dos Leigos's profile photo
Catarina Antunes's profile photo
Joana Roque do Vale's profile photo
A Prova Mercearia's profile photo
Paulo Ares's profile photo
Work
Occupation
Jornalista
Skills
escrever, desenhar e dar bitaites
Employment
  • jornalismo e criação escrita
    jornalista editor escritor e poeta, 1990 - present
Places
Map of the places this user has livedMap of the places this user has livedMap of the places this user has lived
Currently
Lisboa
Contact Information
Home
Email
Story
Tagline
a mim ninguém me infotocopia
Introduction
tenho a mania de escrever
Bragging rights
Belenenses
Education
  • História
Basic Information
Gender
Male
Looking for
Friends
Birthday
January 8, 1970
Other names
Vampiro amador
João Barbosa's +1's are the things they like, agree with, or want to recommend.
E outras lembranças do meu coração
infotocopiavel.blogspot.com

. Por que me pedem diferença se escolhem igual? Podia enraivecer-me mas sou manso. Poderia puerilmente rir, sentidamente choro. . Na frustra

Carta
infotocopiavel.blogspot.com

. Estou a morrer. Não o digo apenas porque um dia nasci, cada momento que passa é um a menos para o do passamento. Não digo para alarmar e m

Marçagão
infotocopiavel.blogspot.com

. Feio. Sou feio. Sou mesmo feio. Mesmo muito feio. Mesmo muito. Mesmo. Mesmo feio. . Março, marçagão, de manhã gente e à tarde cão. . Olha

Sabor de incerteza
infotocopiavel.blogspot.com

. A morte não é a morte. A que falo é um bocado de coisa densa, compacta donde não se escapa. Nem a luz invade, nem a luz se evade. Tenho es

Alcatrão
infotocopiavel.blogspot.com

. A vida cola-se-me como alcatrão quente. Tão negra. Tão fria.

Hora certa
infotocopiavel.blogspot.com

. Também choro com luz acesa e em silêncios frágeis. . Quero vida e não precisar do que se quer da vida. . Quero atirar-me ao mar e, se não

Mariposas
infotocopiavel.blogspot.com

. Então foi aí e ela disse enfim o esperado há tanto faz de dias. . – Anda, vem. . Depois disse mais: . – Junto a mim. Chega-te e toca-me. .

Sei quem tu és – na Escrytos – ligações para a compra
infotocopiavel.blogspot.com

. Escrevi um romance e publiquei-o na plataforma Escrytos. Tem personagens e enredo – essas coisas que as narrativas têm. Está entre um mund

Se passando passasses
infotocopiavel.blogspot.com

. Se uma menina como tu assim passasse igual e diferente fosse nua, haveria de me baixar os olhos na vergonha infantil por confundir o desaf

Poema da minha vida
infotocopiavel.blogspot.com

. Escrevia poemas bonitos, davam-me beijinhos e palavras. . Um dia uma miúda e outra e outra davam-me aperto e em silêncio vivia. Escrevia-l

O chá
infotocopiavel.blogspot.com

. O céu é azul. . Mais bonito não há. . No lume está um bule. . Fervendo água para o chá.

A realidade é o rio paralelo
infotocopiavel.blogspot.com

. Nem caído nem descaído, e não anjo – por isso. Sem a tocha da manhã, mas com pedra de subir como banco. . Nem desobedeci nem adolesci. Sen

O Natal de Victória
infotocopiavel.blogspot.com

. É porque que preciso duma fada, dum génio lamparino ou dum meteorito. Ou tubos e retortas, um relógio de pesos inglês, gatos e cristaleira

Máquina-de-palavras
infotocopiavel.blogspot.com

. Nunca fico sem palavras, invento outras – às vezes guardo-as.

A culpa e a inocência e in dubio pro reo
infotocopiavel.blogspot.com

. Sem dúvidas, condeno-me por culpa e inocência – temor do desamor da perda. Não sei latim.

Flores, Frutas, Urticantes e Calhaus
infotocopiavel.blogspot.com

. Olhem todas: . – Namoramos ou adolescentámo-nos. Quis-te e quiseste-me. Quis-te e nada. Quiseste-me e nada. Nunca soube. Nunca soubeste. .

Milagre pascal
infotocopiavel.blogspot.com

. Loura com uma melena branca sobre a testa, o cabelo era comprido. . Descia a Rua da Verónica. Descia a Rua da Verónica. Virava na Rua Leit

Invoando na gaiola
infotocopiavel.blogspot.com

. Quero ser o Herberto Hélder e o António Lobo Antunes, denso como mercúrio e negro como os buracos, por consumido pela infelicidade de Espa

Querido Diário (Económico)
infotocopiavel.blogspot.com

. . Querido diário, . hoje escrevo porque acordei triste, emocionalmente cansado e com o sentimento da derrota que sentiria um cavaleiro and

Janela
infotocopiavel.blogspot.com

. Colecciono árvores e gatos de cor de folhas, no Outono. . No Inverno há sossego e pela janela chega uma luz lenta, baixo as pálpebras por