Profile cover photo
Profile photo
Fernando Almeida
91 followers -
Ser investigador não é uma profissão. É apenas uma forma de olhar o mundo.
Ser investigador não é uma profissão. É apenas uma forma de olhar o mundo.

91 followers
About
Fernando's posts

Post has attachment

Post has attachment

Post has attachment
Revista onde está a recensão sobre o meu "A Origem da Língua Portuguesa" (p. 17 e seguintes)

Post has attachment
Coisas curiosas na origem das palavras...

Post has attachment
O "CHINELO" E A TONTICE
Alguns dicionários
afirmam que o nosso velho “chinelo” provém de “pianella”, que é em italiano um
diminutivo de “piano”, que significa “plano”. Tontices... A origem da palavra na realidade
deve ser bem diferente. Tal como em “sandália” e em “chanato”, també...

Post has attachment
OS GADOS NA TOPONÍMIA
Os topónimos do mundo rural
resultaram tanto da realidade física do território como das atividades humanas
que nele se desenvolveram. Existem muitos topónimos que nasceram dos nomes que
em tempos remotos foram dados a fontes, serras, rios, planícies, etc., ...

Post has attachment
Do Carapeto ao carrapito
Por vezes é difícil encontrar a
origem das palavras, porque a relação entre as coisas que elas representam e o
nome que usamos para as designar é tudo menos evidente. Assim, mesmo procurando
cuidadosamente nas línguas que originaram o português atual, muita...

Post has attachment
**
DECLARAÇÃO DE VOTO Dei-vos o meu voto muitas vezes, julgando que, de uma
maneira ou de outra, queriam o bem do meu povo. Vejo agora claramente que os
partidos que nos têm governado, muito longe da pureza inicial dos militantes
por convicção, foram tomados p...

Post has attachment
O PARADOXO DO DIREITO NATURAL À FELICIDADE
Tem-se vindo a consolidar na
Europa a convicção de que todo o cidadão ao nascer deve ter a felicidade como
direito garantido. O assunto combina bem com uma certa ideologia que
desresponsabiliza os jovens a partir da mais tenra idade, dando-lhe
desmedidament...

Post has attachment
**
A “BOLA” E O “BAAL” Quando uma das detidas do Estabelecimento Prisional de
Odemira sai em liberdade, as demais gritam "bola! bola! bola!
bola!!", num frenesim ensurdecedor. 
No entanto, parece que já ninguém sabe por que motivo o fazem. É
interessante perce...
Wait while more posts are being loaded