Profile cover photo
Profile photo
YCORN®
1,165 followers -
hospedagem sites site alojamento hosting barato vps económico economize internet
hospedagem sites site alojamento hosting barato vps económico economize internet

1,165 followers
About
Posts

Post has attachment

Post has attachment
Public
Add a comment...

Post has attachment

Post has attachment

Post has attachment

Post has attachment

Post has attachment
Public
INTERNET IMPULSIONA CADA VEZ MAIS O TURISMO

Por Tiago SIlva;
Chief Web Developer/Marketing na YCORN®

Ainda é daqueles que só marca as suas férias através de uma agência de viagens? Ainda não confia em “sites” para reservar ou planear aquela viagem com que sempre sonhou? Em caso afirmativo a alguma destas questões, fique sabendo que é uma realidade que está cada vez mais a transformar-se no panorama nacional: o número de utilizadores a utilizar plataformas de turismo online e recursos digitais para organizar as suas férias, está a crescer exponencialmente. Segundo um estudo da Rumbo, 81% dos portugueses indicam a Internet como instrumento preferido para recolher informação que ajuda na tomada de decisão do destino das suas viagens e no tipo de férias pretendido. Num outro estudo, este do Observador Cetelem 2017, 42% dos portugueses utilizaram recursos online para marcar as suas férias, 15% já só usam plataformas de Turismo Online como Booking, Aibnb, o HomeAway para reservar as suas férias, sendo que este número sobe para 28% quando a marcação é feita para o estrangeiro.
Mas como utilizar e quais as vantagens destas plataformas de reserva online? Com a evolução do mundo digital, utilizar um site como o Booking para reservar o seu destino favorito, é uma tarefa bastante acessível. Na maior parte dos casos, apenas necessita de escolher o destino com toda a tranquilidade e com base nas informações relevantes que lhe surgem sobre o mesmo, e seguir os passos que são indicados até à concretização do respetivo pagamento. Uma grande vantagem destas plataformas é o chamado “feedback de utilizadores”, que consiste precisamente na avaliação que outras pessoas fazem do determinado local onde pretende ficar. É possível saber pormenores gerais desde as condições de higiene, de segurança, hospitalidade de funcionários, ruído exterior, pontos negativos desse local, entre muitos outros factores que lhe ajudam a dar-lhe a confiança necessária para fazer a sua reserva com maior garantia de sucesso. Para além disso, nestas plataformas é extremamente rápido, cómodo, prático e sem burocracias agendar e reservar os seus destinos preferidos. Caso tenha dúvidas sobre a segurança do site que se encontra a visualizar, use e abuse dos dados de contacto disponíveis no mesmo, e não se iniba de pesquisar na internet informações relevantes que mostrem que o site é confiável.
Se por um lado é mais adepto de smartphones, aqui também há novidades. A revista Fortunes elegeu as cinco melhores aplicações móveis que ajudam os utilizadores na hora de reservar e planear as suas férias, sendo que uma delas até é portuguesa: a Clarisse, que funciona como uma espécie de assistente de viagens personalizado. Além desta, poderá também pesquisar pela Hopper, que analisa mais de mil milhões de tarifas diariamente para, feitas as contas, recomendar-lhe a melhor altura para comprar aqueles tão desejados bilhetes; a LiveTrekker que ajuda turistas curiosos a manter uma espécie de diário da sua viagem à medida que exploram um determinado destino; Bring Fido, que tem a grande vantagem de poder selecionar um destino onde pode estar à vontade para levar o seu animal de estimação; e a Bravolol Phrasebook que lhe pode ajudar e muito na comunicação com países de um idioma que desconheça.
Photo
Add a comment...

Post has attachment
Public
O futuro do Marketing Digital está na sua total automatização. Milhares de rotinas e recursos, difíceis de acompanhar pelos departamentos de Marketing, podem hoje ser executados pela Inteligência Artificial. Experimente o SALESmanago gratuitamente. Revolucione a sua área de Marketing. Subscreva aqui uma conta grátis: https://lnkd.in/duwq5R4
Add a comment...

Post has attachment
Public
O próximo nível nas redes sociais


O sucesso do Facebook como um negócio está diretamente relacionado com sucesso dos dispositivos móveis. Em 2012, o telemóvel representava apenas 10% da facturação do Facebook, hoje representa 82%. Esta mudança no comportamento do consumidor permitiu ao Facebook expandir-se e adquirir outros negócios como o Instagram e o WhatsApp e investir em novos produtos, como o Messenger.

Num momento em que, a nível global, cada pessoa passa 50 minutos por dia no Facebook, convém tentar perceber qual o próximo passo na enorme rede das redes sociais. Existem algumas tendências importantes que estão já a definir a próxima vaga, a saber: os Novos Canais, o Vídeo, os Dispositivos Móveis e a Inteligência Artificial.



Novos canais.

Em 2012, eram três as redes sociais dominantes: Facebook, Twitter e LinkedIn. A ideia, na altura, era envolver e desenvolver comunidades em torno delas. Hoje, o Facebook Messenger é um dos poucos canais novos, juntamente com o Instagram e o WhatsApp, que domina o tempo despendido nas redes sociais. Contudo, as tendências de utilização, actuais e futuras, já estão a ser desenhadas há algum tempo, e é hoje possível ver o que os anos mais próximos vão trazer ao comportamento social digital.



Vídeo.

O Instagram foi uma das primeiras redes sociais quase totalmente direcionada para a imagem e o seu enorme sucesso resultou no despoletar de toda uma outra tendência na Internet social. Rapidamente, outras redes sociais começaram a deslocar-se do texto para a imagem, tendo essa tendência evoluído para o vídeo. Transportamos agora máquinas poderosas nos nossos bolsos, com Wi-Fi e rede móvel, cada vez mais vídeo surge nos feeds das redes sociais de que fazemos parte e o público mais jovem substituiu a TV, tendo começado a consumir vídeo no YouTube, Instagram ou Facebook.



Móvel.

Com telemóveis extremamente desenvolvidos e relativamente baratos, Wi-Fi disponível em imensos lugares e redes 4G em todo o lado, o acesso à internet e o consumo de conteúdo no telemóvel tornou-se muito mais fácil. Hoje, as redes sociais são quase todas móveis. 80% do seu uso tem agora origem em dispositivos móveis. E mais: alguns utilizadores, em algumas regiões do globo, apenas possuem acesso à internet a partir dos seus smartphones.



Inteligência Artificial.

Nenhum outro canal de marketing compreendeu a Inteligência Artificial (IA) como as redes sociais. É ela que define o conteúdo que vemos quando navegamos, que anúncios nos são exibidos e a forma como nos envolvemos com os amigos. De muitas formas, não explícitas, a AI define o social, e é importante ter isso em mente ao percorrer as páginas e posts que nos são apresentados. Tudo é definido por um algoritmo de aprendizagem específico para o comportamento do Utilizador, esse imenso individuo anónimo.

Assim, Big Brother e Big Data, juntos, gerindo colossais quantidades de informação, nos vão servindo um mundo já digerido e apto a agradar aos nossos sentidos.
Photo
Add a comment...

Post has attachment
Public
Photo
Add a comment...
Wait while more posts are being loaded