Profile cover photo
Profile photo
Natanael S Pinto
1,779 followers -
"Não espere por uma crise para descobrir o que é importante em sua vida". - Platão
"Não espere por uma crise para descobrir o que é importante em sua vida". - Platão

1,779 followers
About
Posts

Post has attachment
2ª Homens com Proposito - ADF-Vargem Grande Paulista - dia 27 de outubro de 2018 as 19h00.

Post has attachment
Photo

Post has attachment
Photo

Post has attachment
Photo

Post has attachment
Photo

Post has attachment
Photo

Post has attachment
Photo

Post has attachment
Photo

Post has attachment
Juizes 6:25-27 - NAQUELA MESMA NOITE O SENHOR LHE DISSE: "SEPARE O SEGUNDO NOVILHO DO REBANHO DE SEU PAI, AQUELE DE SETE ANOS DE IDADE. DESPEDACE O ALTAR DE BAAL, QUE PERTENCE A SEU PAI, E CORTE O POSTE SAGRADO QUE ESTÁ AO LADO DO ALTAR. – (26) DEPOIS FAÇA UM ALTAR PARA O SENHOR, PARA O SEU DEUS, NO TOPO DESTA ELEVAÇÃO. OFEREÇA O SEGUNDO NOVILHO EM HOLOCAUSTO COM A MADEIRA DO POSTE SAGRADO QUE VOCÊ IRÁ CORTAR". – (27) ASSIM GIDEÃO CHAMOU DEZ DOS SEUS SERVOS E FEZ COMO O SENHOR LHE ORDENARA. MAS, COM MEDO DA SUA FAMÍLIA E DOS HOMENS DA CIDADE, FEZ TUDO DE NOITE, E NÃO DURANTE O DIA.

Depois de encorajar Gideão, de lembrá-lo da presença permanente do Senhor, de garantir a vitória diante dos midianitas, depois de explicar que a missão para a qual ele estava sendo chamado era um projeto de Deus.

O Senhor revela qual seria o mecanismo pra tornar real e verdadeira a expressão homem valente, pela qual Gideão havia sido chamado. O Senhor apresentou o seu método para transformar pessoas simples, medrosas e inseguras em heróis: OBEDIÊNCIA.

O pai de Gideão, Joás, tinha em casa um altar dedicado a Baal e um poste-ídolo. Baal era o deus dos cananeus. Ele assumia diversas personalidades de acordo com a região em que era adorado. Os cultos a Baal eram acompanhados de orgias sexuais e alguns incluíam também o sacrifício de crianças.

Deus, então, põe em prática seu método de fazer heróis: OBEDIÊNCIA. O Senhor orienta Gideão a que destrua o altar a Baal que seu pai tinha, corte o poste-ídolo que estava junto ao altar, e com a madeira sacrifique um dos bois de seu pai em holocausto ao Senhor.
Gideão sabia que isso era uma grande afronta à maneira de viver que o povo tinha escolhido. Com medo do que poderia lhe acontecer, Gideão fez o serviço à noite.

Gideão não era um poço de certezas e convicções. Depois de ouvir o Anjo do Senhor pela primeira vez ele quis confirmações de que era realmente o Senhor que estava falando. Ele não conhecia bem o Senhor nem a Sua lei. Mas ele obedeceu.

Eu não sei qual são os altares que você tem na sua vida. Não sei quantos postes-ídolos você tem edificado em volta desses altares.

Mas eu sei uma coisa: O método de Deus para transformar pessoas simples, medrosas e inseguras em heróis ainda é o mesmo. OBEDIÊNCIA.

Destrua o altar de Baal, arranque os postes-ídolos e queime tudo em holocausto ao Senhor. Se for o Senhor quem fala ao seu coração, não tenha medo. Obedeça.

Não importa se não era o que você estava pensando, não importa se vai desagradar quem quer que seja. Quando o Senhor fala e confirma sua voz, a obediência é a melhor opção.

Gideão foi desafiado para abandonar o lamento, deixar pra trás o choro, a aceitar o desafio de confiar na presença do Senhor e colocar-se a serviço dele... a se alegrar mais na sua presença do que nas vitórias e a obedecer confiadamente no Senhor.

A força de Gideão estava na Confiança, no Serviço, no Contentamento e na Obediência.

Essa força está a nossa disposição. Deus continua querendo transformar homem e mulheres simples, medrosos e inseguros em verdadeiros heróis. Basta seguir os passos de Gideão: CONFIAR, SERVIR, CONTENTAR-SE E OBEDECER.

Juízes 6:14 - O SENHOR SE VOLTOU PARA ELE E DISSE: "COM A FORÇA QUE VOCÊ TEM, VÁ LIBERTAR ISRAEL DAS MÃOS DE MIDIÃ. NÃO SOU EU QUEM O ESTÁ ENVIANDO?"

Post has attachment
DEPRESSÃO COMO DOENÇA DA ALMA

DEPRESSÃO: Ação de deprimir-se; abaixamento de nível; abatimento (físico ou moral).

É um complexo de sintomas, condições deprimidas e tristes. É uma doença auto-produzida e acontece de fatores externos que interferem em fatores internos.

No Salmo 32:4 – “POIS DIA E NOITE A TUA MÃO PESAVA SOBRE MIM;...”. Neste texto vemos Davi em grande depressão e entendendo que a mão de Deus o calcava.

Ele sentia literalmente deprimido. Era como se a mão de Deus o estivesse comprimido. Davi cria que a Depressão vinha da parte de Deus e considerava como o misericordioso castigo de Deus, exortando-o – ao arrependimento.
O sentimento de culpa o esmagava.

No Salmo 51, Davi escreveu sobre o seu pecado contra Urias e Bete-Seba. O Salmo é o registro de seu arrependimento depois de Nata tê-lo acusado de adultério e assassinato.

No Versículo 3, ele descreve o estado de ansiedade caudado por sua consciência culpada, antes do seu arrependimento. Ele escreveu: “POIS EU MESMO RECONHEÇO AS MINHAS TRANSGRESSÕES E O MEU PECADO SEMPRE ME PERSEGUE”.

Sua consciência estava em ação, acusando-o continuamente do seu pecado. Constantemente dia e noite, ele o perturbava.

No Salmo 38:3, Davi amplia o relato dos efeitos da culpa sobre o corpo: “POR CAUSA DE TUA IRA, TODO O MEU CORPO ESTÁ DOENTE; NÃO HÁ SAÚDE NOS MEUS OSSOS POR CAUSA DO MEU PECADO”. A Pressão exercida pelo sentimento de culpa era insuportável.

Davi esgotou os seus recursos: ficou cheio de angústia. Viu que não poderia mais suportar a dor. Nesse ponto, relembrou a causa desses sofrimentos e resolveu adotar a única solução para o problema, então ele escreve: Salmo 38:17, 18 – ESTOU A PONTO DE CAIR,... CONFESSO A MINHA CULPA; EM ANGUSTIA ESTOU POR CAUSA DO MEU PECADO”.

Estes trechos dos Salmos 51 e 38 têm paralelo no Salmo 32. Todos os três Salmos falam da mesma espécie de ansiedade do homem que sente a culpa de seu pecado e sente esmagado por essa ansiedade.

Resumindo, o primeiro argumento comprovado por Davi em seu conflito intimo foi este: esconder pecado produz sofrimento de alma e corpo.
Wait while more posts are being loaded