Profile cover photo
Profile photo
ANA CLAUDIA MARQUES
77 followers -
Seria toda tua/ se pudesse. /Mas uma parte ainda é minha,/ e essa eu não dou/ não empresto/ e não vendo. (poesia Minha, do meu primeiro livro)
Seria toda tua/ se pudesse. /Mas uma parte ainda é minha,/ e essa eu não dou/ não empresto/ e não vendo. (poesia Minha, do meu primeiro livro)

77 followers
About
Posts

Post has attachment
Blog Palavra Prima, é para lá que eu vou
Quem chega aqui deve perceber que as postagens estão cada vez mais escassas. O motivo real é a criação, há mais de dois anos, de outro blog, na plataforma Wordpress. Lá consigo separar minhas publicações por temas: poesia, prosa, crõnicas, etc, e fica mais ...
Add a comment...

Post has attachment
Vai uma maçã aí?
E nós, as Evas do mundo, como seríamos definidas se a
primeira Eva não tivesse oferecido a maçã para Adão? Me recordo também que
existem algumas histórias sobre outra mulher antes de Eva: Lilith. Me pego
imaginando se  Lilith  não tivesse, segundo algumas h...
Vai uma maçã aí?
Vai uma maçã aí?
pontocontos.blogspot.com
Add a comment...

Post has attachment
Onipotente
Não importa o tempo Tampouco o onde. O que me faz bem É poder ter silêncio. A alma se aquieta, Se refaz, expande, E outra realidade Se faz descoberta. A casa dorme, Insetos soltam seus agudos, Na mata adentro. O sol vem, tímido, Também em silêncio, Deixando...
Onipotente
Onipotente
pontocontos.blogspot.com
Add a comment...

Post has attachment
Decidida
            Antes, bem antes, eu
nada decidia. Você sabe, não é? Quando eu andava em sombras, e achava que a
minha vida e minha felicidade dependiam dos outros, eram moldadas por seus
atos, críticas e comentários, vontades e desvontades.             Antes, ...
Decidida
Decidida
pontocontos.blogspot.com
Add a comment...

Post has attachment
Plenitude
Quando nascemos a situação se
apresenta, De maneira sutil, mas inconteste: A que viemos, porque vivemos? E na procura da fundamental resposta Crescemos, poucas vezes nos
escutando, Pela bússola de outrem nos guiando, Tentando agradar a todo ser vivente. Lá ...
Plenitude
Plenitude
pontocontos.blogspot.com
Add a comment...

Post has attachment
Sádico
Me conte, agora, de toda a dor que sentes. Sim, da dor que
sentes ao me ter longe de ti. Isto, sangre tuas palavras, juras de amor
inconteste, enquanto eu me banho neste teu sofrimento, jubilosa por ser a
causadora dele. Má? Não, somente feliz por merecer t...
Sádico
Sádico
pontocontos.blogspot.com
Add a comment...

Post has attachment
Subterfúgios
Me dói saber que não encontro eco em ti. Me sinto com frio.
Falta de abraço. Falto de teu laço, de teu jeito, de te amor em mim. Teu
silêncio não é aceite, é buraco. Teu silêncio não é palavra, é negação. Sinto
que tu te afastas. Medo? Raiva? Largaste já me...
Subterfúgios
Subterfúgios
pontocontos.blogspot.com
Add a comment...

Post has attachment
Silêncio e Palavra
  Há silêncios que falam, e palavras que
calam. Antes de tudo vir a ser, antes de tudo, o Silêncio. Nele, não o Nada,
mas o estado latente das coisas. Não o impensado, mas o projeto todo, ainda não
manifesto. Um frêmito no universo, que ainda nem nome tinha...
Silêncio e Palavra
Silêncio e Palavra
pontocontos.blogspot.com
Add a comment...

Post has attachment
Add a comment...

Post has attachment
Add a comment...
Wait while more posts are being loaded