Profile cover photo
Profile photo
Luis Sequeira
360 followers -
"Brain not found; replace user and try again"
"Brain not found; replace user and try again"

360 followers
About
Posts

Post has attachment
Um saborzinho de Macau aqui mesmo em Cascais!
Add a comment...

Post has attachment
São uns fofinhos!
Add a comment...

Post has attachment
Ok, cá vai o vídeo certo...
Add a comment...

Post has attachment
Add a comment...

Post has attachment
I'm using a custom theme in Gmail on the web and I think you'll like it too! Try it on your desktop or laptop. #gmailthemes
Add a comment...

Post has attachment
Algures em 1994, numa conferência pública, o +Mário Valente  resolveu chocar a audiência dizendo que Portugal deveria aproveitar a sua posição privilegiada no mundo para se tornar num dos «nós» centrais da Internet, fazendo a ponte entre a Europa, África e Américas. E que a altura e o momento para o fazerem eram aqueles mesmos.

Gargalhada geral na audiência. Portugal tinha talvez 10-20 mil pessoas ligadas à Internet nessa altura.

A História, neste caso, foi benévola para Portugal. Vejam o mapa abaixo, e contem os cabos submarinos que partem de Lisboa (e sigam-nos!). Temos várias ligações directas para toda a Europa, um cabo directo para os Estados Unidos, dois para o Brasil, e pelo menos um para a Índia (!). Pelas contas que fiz são cerca de 14 cabos submarinos, o que é bastante bom (no mapa, quanto mais azul-escuro, mais «resistente a falhas» é um país), «amarrados» a Sesimbra, Seixal e Lisboa. De notar que países como o Reino Unido têm muitos mais cabos submarinos do que nós (penso que 53), mas também muitos destes são para ligar às ilhas circundantes (e não vão ligar a mais lado nenhum). E países como os Estados Unidos, que ligam o Atlântico ao Pacífico através de um território vasto, têm obviamente dezenas e dezenas de cabos (50, segundo uma das estatísticas).

Por outro lado, obviamente que este mapa não mostra as ligações terrestres (é absurdo pensar que Portugal esteja «melhor conectado» que a Alemanha, por exemplo), nem diz quanta largura de banda existe em cada cabo.

Obrigado ao +Acacio Cruz pelo link para o mapa.

http://submarine-cable-map-2014.telegeography.com/

Um mapa interactivo com mais ou menos os mesmos dados, mas mais interactivo, e mostrando também os cabos previstos (nomeadamente, duas companhias concorrentes, uma canadiana, outra russa, que vão lançar os primeiros cabos árticos... com o objectivo de diminuir a latência entre Tokyo e Londres), e explicando como raio é que a Madeira tem acesso à Internet (o outro mapa não mostra!), pode ser consultado em: http://www.submarinecablemap.com/ — não é tão bonito como o outro, mas é muito mais informativo!
Add a comment...

Post has attachment
Aviso à navegação: quem tenha recebido da minha sogra, Maria do Céu Menezes, o seguinte email, queria só avisar que é completamente falso:

---

Olá
Desculpe o transtorno, estou em uma situação terrível agora e vou
precisar da sua ajuda urgente. Estou em Dublin, Irlanda no momento e
eu só perdi meu saco contendo todos os meus itens vitais, telefone e
dinheiro na estação de ônibus. Eu sou tipo de preso no momento em que
eu precisar de uma ajudinha de vocês.
Um abraço,
Céu
---

Trata-se do resultado de um ataque qualquer que lhe obteve a password e que mandou este email para toda a gente na sua lista de contactos, assim como na lista de todas as pessoas que alguma vez lhe tenham mandado um email. Os hackers aparentemente mudam a password e apagam também os mails todos.

Reconheci imediatamente o texto, pois outra amiga minha, +Sandra Adonis, já tinha sido atacada há umas semanas atrás, sendo enviada precisamente a mesma mensagem (mas em vez de "Irlanda" usaram "Chipre").

Por favor ignorem esta mensagem se a receberam, ou, melhor ainda, apaguem-na. O facto de responderem (o endereço de resposta deste email vai para o Yahoo... não para o Google... mas pode não ser óbvio para quem carrega apenas no botão "reply"...) fará com que os hackers tenham uma confirmação de que o email foi recebido (ficam assim com o vosso email validado como estando activo e potencialmente exposto a mais ataques).

Como é que isto aconteceu? Terá sido um vírus? Uma falha de segurança da Google? Bem, não necessariamente, há muitas maneiras de obter acesso ilegítimo. Eis uma lista dos métodos mais frequentes e de como os prevenir: http://gmail-tips.blogspot.pt/2012/01/how-not-to-get-hacked.html

A Google tem na realidade uma boa protecção contra hackers, mas o problema está muitas vezes em usar um pouco de «engenharia social» para contornar a protecção da Google. Como é que isso funciona? Bem, ao fim de X tentativas falhadas, a maioria dos sites não deixa entrar mais com a password até se «desbloquear» o acesso, e começa a pedir dados às pessoas, como, por exemplo, data de nascimento, local de residência, nº telefone, etc. Portanto o que os hackers precisam é desses dados. Ora para isso o que fazem é atacar sites menos protegidos, em que nos tenhamos registado com o email da Google (ou outro qualquer), e aos quais tenhamos confiado muita informação pessoal. É frequente, por exemplo, nas redes sociais (mas não só!) colocarmos este tipo de informação online. O que os hackers fazem é atacar estas entidades, geralmente menos protegidas que o Google, Yahoo, Hotmail, etc., obtém grande parte dessa informação (mas não a password, pois esta estará encriptada...), e depois vão tentar entrar na Google, pedindo a alteração de password, e respondendo às «questões de segurança» com os dados (correctos!) que foram buscar noutro lado.

É por isso que muitos destes serviços online mais populares (incluindo a Google) usam uma coisa chamada «autenticação de dois passos». Sempre que se usa um computador diferente dos habituais, a entidade (neste caso a Google) manda-nos um código especial por SMS, e temos de meter não só a password como o código. O código muda sempre que usarmos um novo computador (ou um novo browser...). A não ser que nos roubem o telemóvel, este método é infalível, e podem apanhar-nos a password à vontade que não conseguem entrar por mais que tentem.

Claro está que em compensação significa que os sistemas de perfilagem da Google (e dos outros sistemas gratuitos...) depois ficam sempre a saber onde é que estamos a usar o nosso telemóvel... não há bela sem senão... é uma questão de confiar mais na Google do que nos hackers potenciais :)

Também tenho um pouco de «paranóia» em relação aos mails perdidos/apagados (seja por hackers, seja por nós próprios por engano), ou, pior, aos operadores de email que nos bloqueiam o acesso sem razão. Mas explicar como resolver isto fica para outro post :)

Para já, já sabem, se receberam um mail como o acima, este é falso, e devem ignorá-lo.
Add a comment...

Post has attachment
Para o próximo fim de semana; Lanche com Artes Marciais, na Quinta da Alagoa, em Carcavelos. Todos podem vir comer mas a ideia é trazerem criancinhas para aprenderem técnicas de artes marciais.

Bem, acho que os adultos também podem aprender se quiserem hehe
Photo
Add a comment...

Post has attachment
Add a comment...

Post has attachment
Luis Sequeira was in a video call. <a class='ot-hashtag' href='https://plus.google.com/s/%23hangoutsonair'>#hangoutsonair</a>
Add a comment...
Wait while more posts are being loaded