Profile cover photo
Profile photo
Lisias Toledo
327 followers
327 followers
About
Posts

Post is pinned.Post has attachment

Post has attachment
E então, versão de manutenção 1.0.8 no ar.

Bug fixes e novos datasources esperando host (malditas memórias que não chegam).

Mudanças visíveis ficaram confinadas nos clientes HTML, que ganharam uma refatoradazinha para facilitar configuração e mimetizarem as imagens comemorativas que rolam no lisias.net.

Pra quem quiser brincar, recomendo a Web Rádio.

http://service.retro.lisias.net/home/

Source based distribution, como o MacPorts e o Gentoo, são excelentes pela performance oferecida (exatamente o que você quer, otimizado para o hardware que você tem).

Até você ter que recompilar o GCC. Sério. Nem o Kernel compila tão sofrido. =P

Post has attachment
And, by the way...

Feliz dia das crianças. :-)

http://www.lisias.net

Photo

E fazem EXATO 1 ano desde o nascimento da "Confederação". :-)

O Aprendizado se dá pelo Caminho, não na Chegada.

#wordsOfWisdom

Post has attachment

Detesto informar que os datasources do NVG foram pro saco. O ftp.nvg.org está dando "no route to host" faz quase uma semana (que eu saiba).

Isso acontece quando tento usar meu server na Virgínia para conectar também.

Não faço a menor idéia do que tá acontecendo. =(

Bom,

Hoje finalmente eu consegui pagar um débito técnico que me incomodava há tempos - as conexões FTP.

A mastigação dos dados dos datasources que geram os datasets depende, óbvio, de baixar os dados de algum lugar. Quando os dados estão sendo fornecidos por HTTP, não tem muito o que fazer - é um arquivo por request e pronto.

Mas quando os arquivos são fornecidos por FTP, a forma mais rapida (e porca) que usei na época (porque eu queria resolver primeiro o core business da coisa) foi imitar um request HTTP: abre a conexão FTP, vai no diretório, baixa o arquivo e fecha o dita cuja. X-(

Durante muito tempo, os datasources ou tinham um allfiles central, ou não tinham nenhum e eu tinha que montar o meu na marra. Então essa abordagem até que não ferrou muito a minha vida. Mas de um tempo pra cá datasources mais sofitiscados foram integrados à Search Engine, e um deles (SceneOrg) tava levando CINCO DIAS para mastigar à partir de uma sincronização do zero (são milhares de arquivos, imagine o tempo gasto em conexões...).

Bom, isso foi resolvido. A classe que abstrai o protocolo agora tenta manter uma conexão aberta na expectatia de ser reusada, e a classe FTP que criei para envolopar a ftplib foi adestrada =P para tentar automaticamente a reconexão em caso de necessidade (uma outra coisa que tava me ferrando a vida, principalmente quando eu tinha que fazer crawler para montar meu allfiles naqueles datasources que não fornecem um).

Post has attachment
I'm going to Mars! (well, not quite. :) )

http://orbiter.lisias.net/
Photo
Wait while more posts are being loaded