Profile cover photo
Profile photo
Helio Viesa
8,508 followers -
Pedra que rola não cria limo!
Pedra que rola não cria limo!

8,508 followers
About
Posts



A big earthquake with the strength of 8.1 on the Richter scale hits the Middle East. Two million Muslims die and over a million are injured. Iraq, Iran and Syria are totally ruined and the governments don't know where to start with providing help to rebuild.

The rest of the world is in shock.

Britain is sending troops to help keep the peace.

Saudi Arabia is sending oil & monetary assistance.

Latin American countries are sending clothing.



New Zealand and Australia are sending sheep, cattle and food crops.



The Asian countries are sending labor to assist in rebuilding the infrastructure.

Canada is sending medical teams and supplies.

President Donald Trump, not to be outdone, is sending two million replacement Muslims.

God Bless President Trump.
Add a comment...

Mantenha o Foco :
Um aluno de kung fu pergunta ao mestre:
- Mestre, por que minha habilidade não evolui e eu sempre sou vencido?
E o mestre, pensativo, com toda a paciência responde:
- Meu querido aluno, você já viu as gaivotas voando, flamejantes, pelo sol poente?
- Sim, meu mestre, eu já vi.
- E uma cachoeira derramando-se sobre uma pedra sem tirar nada do seu devido lugar?
- Sim, meu mestre, já presenciei.
- Então, a lua.. Quando toca a água calma, refletindo toda sua enorme beleza?
- Sim, meu mestre, também já observei este maravilhoso fenômeno.
- Esse é o problema. Você fica vendo essas viadagens aí e não treina...
Add a comment...

Coisa tá feia mesmo ..... até o Tiririca acabou de RENUNCIAR, fez um discurso emocionado, dizendo que estava profundamente decepcionado com a politica e os politicos....mas acho que a Globo não vai falar nada, e se falar será em 5 segundos ...
Add a comment...

CARTA AO PANETONE:
Querido Panetone,
Você sabe o quanto gosto de você, mas não podemos viver assim: eu lhe cortando em pedaços e você me engordando sem parar.
Quando o amor deixa o casal infeliz, é hora de parar. Amor não é sofrimento.
Apesar da sua massa macia e suave, temos que lidar com aquelas frutinhas cristalizadas de toda relação.
Acredite, vai ser melhor pra nós dois. Você fica com sua integridade, e eu com minha cintura.
Continuarei olhando você com ternura e desejo, mas sabendo que já não nos pertencemos mais.
Adeus, Panetone.
Foi doce, foi bom, mas deixou marcas que agora a blusa comprida precisa encobrir..... Adeus!!!

RESPOSTA DO PANETONE:
Minha Querida,
Antes de mais nada gostaria de dizer-lhe que o que engorda não é o que te delicia entre o Natal e o Ano Novo, mas tudo o que você come entre o Ano Novo e o Natal; portanto, reveja seus fundamentos.
Sei da sua admiração por mim e que sua decisão de me deixar está muito mais ligada à sua incapacidade de administrar seu peso do que a qualquer insatisfação comigo.
Sinto pela separação, mas ainda vamos nos encontrar.
Assim como minha massa é mole, a sua carne é fraca.
Você ainda vai ter uma recaída. Não encare isto como uma praga, mas sabedoria de quem entende muito de tentações.
Acho que você está carente. Se eu tivesse bracinhos, lhe daria um abraço.
Por enquanto, do seu sempre
PANETONE
Add a comment...

Post has attachment
É Bolsonaro ...
Add a comment...

Post has attachment

A T E N Ç Ã O
Leia com bastante atenção. Pois com a mudança da CLT, crise afetará alguns setores.....

O fim da contribuição sindical obrigatória deverá levar à extinção de cerca de três mil sindicatos.

Será um duríssimo golpe na economia, justamente quando ela começa a dar sinais de recuperação.

A indústria têxtil perderá grande fatia do mercado interno com a redução em quase 100% da produção de camisetas vermelhas.

Num efeito cascata, produtores de pigmento vermelho (usado em bonés, bandeiras e bandanas) também serão afetados, juntamente com gráficas especializadas em faixas e cartazes.

Poderão fechar as portas as fábricas de megafones e de mortadela, assim como se prevê queda substancial no fretamento de ônibus para caravanas e na venda de pneus, fósforos e gasolina.

O maior prejuízo, entretanto, deverá ocorrer com a absorção dos sindicalistas pelo mercado de trabalho.

Sem prática em atividades produtivas, estima-se que haverá substancial aumento nos índices de acidentes de trabalho (pela incapacidade de operar maquinário, ligar ou desligar equipamentos, executar algum tipo de trabalho etc), queda na produtividade, maior incidência de defeitos de fabricação e colapso no atendimento ao público, por incapacidade dos ex-sindicalistas de entender o que deseja o cidadão.

Um programa de recuperação, nos moldes dos Alcoólicos Anônimos, e uma Bolsa Sindicalista que mantenha seu alto padrão de vida até que consigam prover seu sustento com o próprio trabalho (não mais com o trabalho alheio) seriam formas de amenizar a grave crise social provocada pela decisão do governo.

A venda do patrimônio dos sindicatos também poderia contribuir para a formação de um fundo de apoio aos ex-sindicalistas e suas famílias, mas teclados e lepitopes dificilmente encontrarão compradores, pois já estão muito desgastadas as teclas E, G, O, L, P, F, O, R. A, T, M, E, R e L, U, L, A, 2, 0, 1, 8.
As demais permanecem praticamente intactas.

Quanto aos trabalhadores, a única mudança perceptível será não haver mais o desconto em folha.
Add a comment...

Post has attachment

Post has attachment
E vc vê alguma semelhança no que acontece hoje em dia ?
Photo
Add a comment...

Post has attachment
Um cidadão europeu me mandou a seguinte narrativa:


"Comprei uma casinha, dessas abertas, para alimentar pássaros. Pendurei-a na varanda e a supri com ração. Ficou uma beleza! Carinhosamente nunca deixei faltar as sementinhas.
Depois de uma semana, tivemos centenas de aves que se deleitavam com o fluxo contínuo de comida livre e facilmente acessível.
Então, os pássaros começaram a construir ninhos nas beiras do pátio, acima da mesa e ao lado da churrasqueira.
Depois veio o cocô. Estava em toda parte: nas cadeiras, na mesa ..., em tudo! Algumas aves mudaram de comportamento. Tentavam me bombardear em voo de mergulho e me bicar, apesar de eu ser seu benfeitor.
Outras aves faziam tumulto e eram barulhentas. Elas pousavam no alimentador e a qualquer hora, ruidosamente, exigiam mais comida quando esta ameaçava acabar.
Chegou uma hora que eu não conseguia mais sentar na minha própria varanda. Então, desmontei o alimentador de pássaros e em três dias acabaram indo embora. Limpei a bagunça e acabei com os ninhos que fizeram por todos os lados.
Assim, tudo voltava ao que costumava ser: calmo, sereno .... e ninguém exigindo direitos a refeições grátis.

E o remetente da história conclui:
"Nosso governo dá a comida de graça a quem precisa, habitação subsidiada, assistência médica e educação gratuita; permite que qualquer pessoa nascida aqui receba automaticamente a cidadania.
Aí os ilegais chegaram às dezenas de milhares. De repente, os nossos impostos subiram para pagar os serviços gratuitos; pequenos apartamentos estão abrigando cinco famílias; você tem que esperar 6 horas para ser atendido numa emergência médica; seu filho, cursando o segundo grau, está à procura de outra escola, porque mais da metade da sua classe não fala a nossa língua. As caixas de cereais matinais agora vêm com rótulos bilíngues. Sou obrigado a usar teclas especiais para poder falar com o meu banco no nosso idioma e a ver pessoas estranhas acenando bandeiras, que não são a nossa, e ouvi-las berrando e gritando pelas ruas, exigindo mais direitos e liberdades gratuitas.
É apenas a minha opinião, mas talvez seja hora de também o governo desmontar o alimentador de pássaros.
Se você concordar, passe adiante; se não, simplesmente continue limpando o cocô!"
Photo
Add a comment...
Wait while more posts are being loaded