Profile cover photo
Profile photo
Karinne Santiago
30 followers
30 followers
About
Karinne's posts

Post has attachment

Post has attachment
Estudo sobre Distâncias
David Galstyan I Descanso seu nome em meus lábios assim, beijo-o. II Enlaço meu decote aos botões da sua ausência assim, abrigo-me. III Deste corpo, pouso Deste abraço, ninho. Karinne Santiago.

Post has attachment
**
Inscrevi saliva e suor Além da sua pele molhada Como metáfora da morte Logo mais quando o gozo acaba Instalei no ventre Essa conotação de vida E como berço forjei vai e vem Em longa cavalgada Invadi seu corpo com fome Com boca de lábios quartetos Mordisquei...

Post has attachment
Dionísio
Derreto-lhe,
é o pretexto da língua Para
o dito que é feitio Assim
avolumam-se Escorrego-me,
é o corpo que vacila Entre
idas e vindas Círculos
a conta-gotas Provo-te,
é o do sentido do sumo Aguardo
a vindima, inteiro e roliço Depois lhe devoro como sommelie...

Post has attachment
miau
escorre-me
no canto da boca esse
pecado de você passo
a mão e lhe espalho a
lambuzar-me  com a língua a se contorcer  toco o canto da minha própria boca e
solvo a sua última gota. Karinne Santiago

Post has attachment
Diário em Devaneio Noturno
tumbrl Aperta-me.  As mãos espalmadas e os dedos afastados
preenchem as distâncias com minhas carnes. E tinge de vermelho a maciez alva.
Amontoa minhas coxas sob as linhas da sua vida ao imitar fertilidade contra o
quase ventre. Os quatro lábios da mesma bo...

Post has attachment
RECEITA DE ANO NOVO- Carlos Drummond de Andrade
Para você ganhar belíssimo Ano Novo  cor do arco-íris, ou da cor da sua paz,  Ano Novo sem comparação com todo o tempo já vivido  (mal vivido talvez ou sem sentido)  para você ganhar um ano  não apenas pintado de novo, remendado às carreiras,  mas novo nas ...

Post has attachment
Dos 11 anos aos...
Hoje, tudo em que acredito, guardo. Guardo como a devolver a meu ventre um sopro de vida. Guardo para que um dia possa fazer renascer. Que nasça mais uma vez como herança. Que nasça para mim tão forte e vívido como o primeiro sonho ao imaginá-lo. Que surja ...

Post has attachment
Crônica para muito além do Alentejo VIII
Bate contra si mesma. Bate
contra a areia. Bate contra o casco. Bate contra as pedras. Bate. Bate. Bate.
Como espatifar o que é líquido? Como despetalar o que é líquido? Bate. Bate.
Bate. No fundo essa é a condição de existir. Bate. Coração. Bate. A vida ba...

Post has attachment
Poesia-Presente: MULHERES E FLORES
As mulheres são como as flores pois delas têm sua beleza e seus odores como elas embelezam e dão cheiro à natureza e enchem este mundo de encanto motivo porque eu as adoro e amo tanto quando se vestem da mais pura singeleza São uma atracção, com seu carinho...
Wait while more posts are being loaded