Profile cover photo
Profile photo
Sergio Martins
59 followers -
Uma rua é escrever. Outro universo é ser - poema.
Uma rua é escrever. Outro universo é ser - poema.

59 followers
About
Posts

Post has attachment
Ganha-pão
Zezinho detestava estudar pela manhã, mas acordou bem cedo pois
gostava da aula de Educação Física. O pai
pediu-lhe que não demorasse para trazer o pão, temendo atrasar-se
no trabalho. O garoto, sabedor que na ali na favela sempre faltava
merenda na escola...
Add a comment...

Post has attachment
A Bela de Ju
Bela fazia muito bem o dever de
casa, e para aliviar o labor, pintava óleo sobre tela. A casa toda
um brio, um brinco - esmeralda o piso, ao esmero de suas mãos.
Apequenava-se diante de tudo que ao seu redor crescia: as flores, as
casas, os vizinhos... So...
Add a comment...

Post has attachment
O canto da sereia
Desbravando uma trilha desconhecida na Ilha Grande, o rapaz se perdeu .    Exausto de muito caminhar, descansou abaixo de uma árvore, antes de seguir mais um longo percurso à beira-mar. Caía a tarde, quando ao longe, viu alguém. Acelerou  os passos.  Era um...
Add a comment...

Post has attachment
Antônio, o Conselheiro
No Porto da Barra, em Salvador, misturado aos entulhos e todo tipo de gente em drogadição,  perambulava Antônio; mais conhecido como Conselheiro. Ainda jovem, fora polig l ota, autodidata e exímio literato; acumulando nas principais universidades da Bahia v...
Add a comment...

Post has attachment
Dos prazeres - da infância
Na infância eu jogava bola de gude com minha galera no quintal da igrejinha. Às dezoito horas tinia o sino. Desajuizados e esquecidos do tempo-espaço, sequer notávamos o momento de ir embora. Avessos à lógica do mundo cristão, ao cair da tarde estávamos no ...
Dos prazeres - da infância
Dos prazeres - da infância
asvozesdomar.blogspot.com
Add a comment...

Post has attachment
Dos prazeres - da infância
Na infância eu jogava bola de gude com minha galera no quintal da igrejinha. Às dezoito horas tinia o sino. Desajuizados e esquecidos do tempo-espaço, sequer notávamos o momento de ir embora. Avessos à lógica do mundo cristão, ao cair da tarde estávamos no ...
Dos prazeres - da infância
Dos prazeres - da infância
asvozesdomar.blogspot.com
Add a comment...

Post has attachment
Espera à janela - Sergio Martins
A janela vigia a solidão dos quintais salpicados e empoçados de chuva. A noite que desmaia silente e ébria de melancolia nunca é um breve instante neste ínfimo bairro, embora as gentes carnavalescas, entre ruas e travessas, as tente esconder no verão dezemb...
Espera à janela - Sergio Martins
Espera à janela - Sergio Martins
asvozesdomar.blogspot.com
Add a comment...

Post has attachment
Tango da tonga da mironga - Sergio Martins
No Arco do Triunfo lê-se o afã pelo triunfalismo que o originou: Os coletes amarelos triunfarão! No sem graça decadent-politics-Yankee-show, nuestros hermanos dançam o desafinado dólar-furado-balão, tentando endireitar o tango-tragic-direitista-bufão. Macri...
Add a comment...

Post has attachment
Lamentações da Guanabara - Capítulo I - Sergio Martins
1 - Peso da palavra do Senhor contra a Cidade da Guanabara no dia da Sua visitação: 2 - Eis que envio o Meu servo, o que traz no sangue o azul orgulhoso dos colonizadores, é ele quem abrirá o caminho do progresso na terra adorada, no solo sagrado que será l...
Add a comment...

Post has attachment
"Mi, mi, mi" ou poeira suja e purpurinada - Sergio Martins
1  Numa entrevista de emprego, da recepção eu não passaria, ao passo que um elegante loiro mal se apresentaria, e já entraria à sala do chefe onde o seu currículo entregaria. 2 Desisti de entrar na loja chique receoso da cena que se repetiria: nenhum vended...
Add a comment...
Wait while more posts are being loaded