Profile cover photo
Profile photo
Rosa Cardoso
201 followers
201 followers
About
Rosa's interests
Rosa's posts

Post has attachment
fantasmas
O vento rodopia nas frinchas E anima antigos sussurros Não há corvos na janela Nem lareiras Não há pedras encasteladas Nenhuma Joana pelos cantos Não há borboletas Apenas o pó que volteja Encandeado pelo lume Da folha morta Ninguém vê meus fantasmas E eles ...

Post has attachment
#poesia  

Post has attachment
sagrado feminino
Não te arrepiam as ondulações Nem o demoniozinho ? Garra que te laceia e ainda faz cócegas. Está lá Não vê? Tenho me amado e só beijos de cristal sobre a pele nua rosa veludo entre meus dedos finos Ele está a garantir que não, não veja e ele se aquieta Rede...

Post has attachment
IMBERBE
Dias tensos Amanhã a lua muda E quem sabe? Deslize...deslinde desatando... desatando Essas conexões nunca fecham elas esmaecem tornam as visões turvas Você sabe Tudo ainda está aqui traços finos na pele riscos de sangue e estrela As árvores sopram uma cançã...

Post has attachment
Pouso forçado
Sombra sentada sobre mim Passagem para a melancolia Tristeza discreta Quase sem avaria Nessa fase conformista Dentro dos conformes Liguei o modo avião Funciona? Não sei ao certo Conto quando aterrar Olho as ondas e marolas Revoltas brandas Céus de brigadeir...

Post has attachment
PELE
acho que devo vestir algo cobrir o corpo em que passeias tatuagens que a saliva deixa me travestir de santa adotar uns mantos azuis usar armas e capa vermelha? beijo na boca e você me tateia novas linhas marcam descaminhos na pele nua assobia uma canção diz...

Post has attachment
TRIVIAL
• desde o caos em que por acaso te vi fiquei assim muda rendida eu fujo minto finjo entender teus cicios inícios silêncios desde o início do vício não queria juro não fala não quero não preciso ouvir só do beijo você quer deseja chama e assim resumo tudo tr...

Post has attachment
Inominável
ela ri comigo desenhamos juntas runas na pele nua gemidos se erguem cânticos de fauno e fada ciciar sem nome tecelã de mim desfolho o mantra dança de sonho os poetas desdenham minhas rimas internas gostam de malabarismos línguas incessantes contar as sílaba...

Post has attachment

Post has attachment
relógio insano
↑ o relógio do cupido é insano quando te achou esse moleque perdeu a hora o rumo o prumo as flechas o alvo e agora rouxinóis e cotovias dançam numa mistura confusa – importa o pássaro? se anuncia dia ou mais uma noite ↑
Wait while more posts are being loaded