Profile cover photo
Profile photo
Nuno Maia
About
Posts

Post has shared content
Black Friday, Black Week - A magia negra do marketing (e dos usurários)

Recebi um email publicitário do Banco Santander, um dos gigantes globais ‘too big to fail’ (http://www.fsb.org/wp-content/uploads/P211117-1.pdf), que é mais um apelo descarado ao consumo e ao endividamento. O lema da campanha é “Todos os dias são Black Fridays”!
https://news.santandertotta.pt/em/view.php?id=WlUMClUdU1dUAwVUUQwGBk8m
https://campanhas.santandertotta.pt/black-week/
Com o aproximar da data de uma celebração norte-americana (‘Thanksgiving’) que deu origem a mais uma criação dos mentores da sociedade mercantil para estimular o consumismo - o ‘Black Friday’ -, os publicitários nacionais têm vindo a apregoar a ‘Black Week’, uma invenção mais recente para estender o ímpeto consumista por um período mais alargado:
https://eco.pt/2017/11/21/black-friday-afinal-e-de-segunda-a-sexta/
https://www.idealista.pt/news/financas/economia/2018/11/08/37868-black-friday-2018-quando-e-e-quantos-dias-dura-a-febre-dos-descontos
O ‘Black Friday’ é uma invenção relativamente recente (anos 1970) do comércio retalhista norte-americano para promover as vendas que antecedem o Natal mas foi-se tornando mais popular e poderoso com o apoio de campanhas de marketing agressivas que o internacionalizaram a partir dos anos 2000:
https://rutgersconsumersociety.wordpress.com/2012/11/15/black-friday-obsessive-compulsive-shopping/
https://www.moneycrashers.com/black-friday-history/
A denúncia do apelo ao consumismo compulsivo e da sua gratificação ilusória é anterior ao ‘Black Friday’ mas foi intensificada por este e outros fenómenos recentes (p.ex. ‘Cyber Monday’), como enfatiza um artigo do The Guardian que invoca o pensamento neo-marxista da ‘Escola de Frankfurt’ para desconstruir as mentiras apregoadas pelo marketing:
https://www.theguardian.com/lifeandstyle/2016/nov/24/black-friday-shopping-lies-consumerist-hell
Segundo o psicólogo Tim Kasser citado neste artigo: “Valores materialistas exacerbados estão associados a uma diminuição generalizada do bem-estar das pessoas, desde baixos níveis de satisfação e felicidade à depressão e à ansiedade, a problemas físicos e a transtornos de personalidade, como o narcisismo ou o comportamento antissocial.”
Como reacção à fúria consumista que se tem verificado em vários países, o movimento Adbusters criou o ‘Buy Nothing Day’ (‘Dia Mundial sem Compras’) que convida ao boicote do ‘Black Friday’:
http://www.independent.co.uk/news/business/news/black-friday-tens-of-thousands-protest-against-aggressive-consumerism-with-buy-nothing-friday-a6750621.html
http://expresso.sapo.pt/sociedade/2016-11-24-Black-Friday.-E-preciso-lembrar-que-a-Terra-ainda-e-a-unica-morada-conhecida-dos-seres-humanos
Buy Nothing Day: https://en.wikipedia.org/wiki/Buy_Nothing_Day
Dia Mundial sem Compras: https://pt.wikipedia.org/wiki/Dia_Mundial_sem_Compras
Nestas duas últimas páginas é possível encontrar sugestões sobre acções alternativas ou de contestação. Ainda temos uma palavra a dizer sobre a propaganda agressiva que nos quer impingir um progresso insustentável e um bem-estar ilusório: NÃO!
Photo
Add a comment...

Post has attachment
As grandes virtudes do erro
As grandes virtudes do erro
verparalemdolhar.blogspot.com
Add a comment...

Post has attachment
Add a comment...

Post has attachment
O Concerto de Ano Novo da Ousar Crescer está em destaque nas Estrelas e Estrelas e Ouriços!:)

#musicaparabebes #tempoemfamilia #felizanonovo
HÁ MÚSICA (DE NATAL) NO AR!
HÁ MÚSICA (DE NATAL) NO AR!
estrelaseouricos.sapo.pt
Add a comment...
Wait while more posts are being loaded