Profile cover photo
Profile photo
João Pedro Pereira
Journalist.
Journalist.
About
João Pedro's posts

Post has attachment
Devem os robôs pagar impostos? – e outras questões sobre o futuro próximo

Um leitor de ficção científica depara-se ocasionalmente com momentos em que o futuro descrito nos livros parece estar a tornar-se realidade. Um desses momentos aconteceu na semana passada, quando o Parlamento Europeu citou as leis da robótica do escritor Isaac Asimov e discutiu se os robôs devem pagar impostos e segurança social.

Post has attachment
Uma réplica digital e questões de vida e de morte


Na tecnologia, sete anos é muito tempo.

Quando, em 2010, escrevi sobre o problema do legado digital (aquilo que fica online após a morte do utilizador), a inteligência artificial não era um tema da moda, os smartphones eram uma novidade relativamente recente, e a ideia de criar uma réplica de alguém com base naquilo que ela deixa na Internet não estava prestes a chegar às lojas de aplicações.

Post has attachment

A realidade virtual já não precisa de perfume barato

Foi inventado um aparelho que permite fazer uma espécie de percurso virtual de mota pelas ruas de Nova Iorque. Para além da imagem e som, é possível sentir movimento, o vento e até os cheiros dos locais por onde se passa. A máquina, chamada Sensorama, foi construída no final da década de 1950. O inventor, Morton Heilig, numa visão presciente, viria a argumentar que a tecnologia era útil não apenas para entretenimento, mas também para treinar militares e profissionais da indústria, e para ensinar estudantes.

Post has attachment
A facilidade de computação e a conectividade ubíqua estão a trazer versões informatizadas de luxos típicos das elites económicas. Agendas mais ou menos inteligentes fazem o papel de secretários e alertam para a próxima reunião. A Uber e demais aplicações permitem ter uma espécie de motorista privado sempre à disposição. É natural que o próximo passo sejam mordomos polivalentes. 

Post has attachment
A hiperligação, mais frequentemente conhecida por link, é a base da Web. Mas uma controversa directiva europeia poderá dar ferramentas aos detentores de direitos para cobrarem pela partilha dos seus conteúdos, segundo um grupo de deputados europeus. Esses mecanismos, dizem, poderão afectar sites como o Facebook, mesmo quando se trata, por exemplo, apenas de um link para um artigo. 

Post has attachment
Há muito que é possível navegar na Web sem ver praticamente qualquer anúncio, graças a uma das várias extensões para browsers que bloqueiam quase toda a publicidade. Recentemente, fiz uma experiência: durante sete dias, e durante as muitas horas por dia que passo em frente a um computador, optei por ter a extensão desligada (algo que já acontecia apenas para um número muito limitado de sites com conteúdo merecedor da excepção). Abriu-se um novo mundo de intrusão publicitária, que é possível conhecer em teoria, mas que tem outra cor quando experimentado.

Post has attachment
Apesar da descida do desemprego nos últimos anos, não será difícil para empresas como a Uber encontrarem quem esteja disposto a trabalhar com elas. Mas a menor capacidade de atracção face a outras opções no mercado de trabalho acabará por ter impacto nas qualificações dos motoristas ao serviço e na qualidade das viagens – é difícil trabalhar bem quando se ganha mal.


Post has attachment
Intoxicações digitais, intromissões russas e tecnologia no Fundão

Post has attachment

Post has attachment
A reunião, que foi parodiada nas redes sociais, não deve ser vista como um episódio de folclore americano, que juntou o multimilionário presidente e os multimilionários gestores numa fotografia de poucos sorrisos. Empresas como o Facebook, Google, Amazon e Microsoft processam uma gigantesca quantidade de dados em todo o mundo e, como se viu na campanha, têm uma grande influência na forma como a informação circula. A articulação entre estes gigantes tecnológicos e um imprevisível presidente dos EUA será relevante muito para lá das fronteiras do país. 
Wait while more posts are being loaded