Profile cover photo
Profile photo
Cristina Helena Rocha
244 followers -
Nada será como antes amanhã... Nem eu.
Nada será como antes amanhã... Nem eu.

244 followers
About
Posts

Post has shared content
Curte no youtube, se gostar
Add a comment...

Post has attachment
Se gostar, compartilhe
Add a comment...

Post has shared content
Originally shared by ****
Add a comment...

Post has attachment
Conto: Jesus voltou à Terra
Por: Cristina H. Rocha Jesus compareceu à terra, em carne e osso. No Brasil, semana
passada. Esse chão onde seu nome é tão conhecido e pronunciado. Queria só dar
uma reforçada em seus ensinamentos, nada muito complicado. Afinal, bilhões de pessoas
estudando...
Add a comment...

Post has attachment

Post has attachment
Add a comment...

Post has attachment

Post has attachment
Add a comment...

Post has attachment

Pequenas grandes mudanças. Visite
http://livrespalavras.com.br/
Livres Palavras
Livres Palavras
livrespalavras.com.br
Add a comment...

Post has attachment


http://livrespalavras.com.br/?product=memorias-compartilhadas-vida-lacos-pontos-cruzados

"BANDIDO, HERÓI, VÍTIMA

Uma cena constrangedora, cruel. Meu primeiro contato com o peso do preconceito, da discriminação, da dominação sobre os mais frágeis. Em nosso bairro, na zona leste, por essa época as ruas eram tranquilas. Porém, começaram a desaparecer roupas nos varais das casas. Uma blusa aqui, uma calça ali.

Um dia, vejo o suposto ladrão passar em frente ao portão de casa. Um menino negro, dez anos, com uma calça muito larga, arrastado por um homem forte e alto. Ele chorava, suas calças caíam a todo momento, deixando-o totalmente nu; ele sequer tinha cuecas. Um triste desfile da intolerância e indignidade humana rua abaixo.

Desejei que não fosse o menino. Talvez o varal fosse muito alto? Ainda mesmo que fosse o autor dos furtos, fiquei ali pensando. Ele teria mãe? Tão magro, teria se alimentado? As pessoas aplaudiam, sentindo-se vingadas por suas preciosas peças de roupa perdidas.

Quem era o herói, quem era o bandido? O que vi foi apenas um agressor grande e forte e uma vítima frágil, triste, humilhada. Eu era criança, talvez por isso a cena tenha me chocado; eu e o menino nos olhamos. Ele baixou os olhos."
Add a comment...
Wait while more posts are being loaded