Shared publicly  - 
 
O Anonymous Portugal está a apelar aos internautas para participarem num boicote generalizado à indústria do entretenimento, que deverá durar todo o mês de março, para que se reflita nas receitas da indústria no primeiro trimestre fiscal deste ano.

"Chegou o momento de enfrentar os lobbies musicais, cinematográficos e das indústrias audiovisuais. A única maneira será atacar onde de verdade lhes dóis: nas suas margens de lucro", afirmam os hacktivistas, num vídeo de mobilização, publicado online.

A "delegação portuguesa" do grupo internacional apela, por isso, a que não se comprem discos, nem se descarreguem legal ou ilegalmente músicas; não se veja nenhum filme no cinema ou através de cópias; não se comprem DVDs, videojogos, livros ou revistas, entre os dias 1 e 31 do próximo mês.

"Esperem até abril", pedem os piratas. É em março que se realizam os primeiros relatórios financeiros do ano e o objetivo passa por enviar já no final do primeiro trimestre uma mensagem às empresas da área, explicam.

Os hacktivistas alegam que as empresas na área do entretenimento estão por detrás das pressões que levaram ao surgimento de propostas como o SOPA, PIPA e ACTA, que tanta polémica têm gerado.

"Não toleramos a pressão de nenhuma indústria a favor de uma lei que censura a Internet", avisa a mensagem difundida online, que reproduzimos abaixo.
(origem saponews)

Março Negro - Anónimos Portugal
Translate
1
1
Add a comment...