Profile cover photo
Profile photo
Mahana Cassiavillani
87 followers -
Sonha com o dia em que a literatura vai descer do salto e chegar aqui embaixo onde estão as pessoas
Sonha com o dia em que a literatura vai descer do salto e chegar aqui embaixo onde estão as pessoas

87 followers
About
Mahana's posts

Post has attachment
Feminismo branco de apartamento
Mari é uma feminista branca de apartamento. Além da questão da mulher, outras lutas a inquietam. Racismo, homofobia – de transfobia nunca ouviu falar –, desigualdade e pobreza estão dentre suas preocupações. É desconstruída. De tudo isso, o que mais a pertu...

Post has attachment

Post has attachment
Classe média sofre
A vida de Luli não era fácil. Vinha de uma família pobre que ascendera socialmente nos anos daquele governo que diziam ser o mais corrupto da história. Aquele que havia tirado milhões da miséria e batido o recorde de construção de universidades públicas. Di...

Post has attachment
Eu - Paulo Leminski
eu quando olho nos olhos sei quando uma pessoa está por dentro ou está por fora quem está por fora não segura um olhar que demora de dentro de meu centro este poema me olha

Post has attachment
Esta vida é uma viagem - Paulo Leminski
esta vida é uma viagem pena eu estar só de passagem

Post has attachment
Vício na fala - Oswald de Andrade
Para dizerem milho dizem mio Para melhor dizem mió Para pior pió Para telha dizem teia Para telhado dizem teiado E vão fazendo telhados

Post has attachment
Se me olham - Marize Castro
Por que quase tudo perdi,          tornei-me sem adereços. Nada existe que me tire             de mim mesma. Nem mesmo esses cadáveres de plástico em seus simulácros                de alasbastro. Se me olham, não me alcançam. Nem ouvem o que a minha alma di...

Post has attachment

Havia se tornado hora de acordar, abrir as janelas, sentir o calor do sol, respirar e ser corpo novamente, mas a única janela possível havia se feito concreto, e todas as manhãs eram enfim noites e, no ar puro, ela nunca deixaria de enxergar a sua sujeira.

Post has attachment
Havia se tornado hora de acordar, abrir as janelas, sentir o calor do sol, respirar e ser corpo novamente, mas a única janela possível havia se feito concreto, e todas as manhãs eram enfim noites e, no ar puro, ela nunca deixaria de enxergar a sua sujeira.

Post has attachment
Saliva, sêmen e sangue
Havia se tornado hora de acordar, abrir as janelas, sentir o calor do sol, respirar e ser corpo novamente, mas a única janela possível havia se feito concreto, e todas as manhãs eram enfim noites e, no ar puro, ela nunca deixaria de enxergar a sua sujeira. ...
Wait while more posts are being loaded