Profile cover photo
Profile photo
Regina Cardoso da Graça
About
Regina Cardoso da Graça's posts

Post has attachment
HISTÓRIAS CALADAS
Distâncias perdidas Quantas vezes a avó da minha avó terá ido ao Brasil num barco
à vela? Tantas são as viagens que se prolongam através das tempestades, dos
ventos em alto mar. Três meses de oceano sem fim, para lá do fim do mundo.
Regressava de cada viage...

Post has attachment
HISTÓRIAS CALADAS
London
Eye Quiseste
levar-me até às estrelas e eu aceitei. O meu sonho era entrar na roda gigante e
contemplar as luzes da cidade lá do alto. Subimos
tão lentamente que tivemos tempo para trocar dois dedos de nicotina. Descansei
a cabeça no teu ombro, certa...

Post has attachment
HISTÓRIAS CALADAS
Passos Transparentes A
cada refeição tenta emagrecer os ossos, ninguém percebe a necessidade que ela
sente de perder peso. E insistem, insistem. Mais uma colher, todos de olhos e
holofotes voltados para o seu prato. Patrícia serve-se à grande de alface, que...

Post has attachment
ESCADAS ROLANTES
 Maria Manuel Rocha Fórum Aveiro De andar para andar Há pessoas que crescem do chão Enquanto outras se apagam Uma mulher, por exemplo, começa a nascer pela cabeça E lentamente vai ficando inteira Até à pontinha da sandália Pablo Fuster Que estranha arquitec...

Post has attachment
CATIA LA MAR
Debbie Miller O verão já passou Já passou o mergulho forte De quando tinha a boca aberta E engolia muitos litros de medo Mal nascia era logo para naufragar Era para brincar com a pá e o
baldinho Cheio de água salgada e de bivalves Tentava apertar-lhes o pes...

Post has attachment
ERRO ARQUEOLÓGICO
Como a profecia do fim do mundo tinha falhado, Alexandre
estava capaz de morrer e matar por conta própria. Sentia-se lesado por demais
nos cálculos que havia feito e não tinha ideia de como se poderia recompor. O
rombo do  qual havia sido vítima não era ape...

Post has attachment
ORAÇÃO PROFANA
Mãos que não matam nem semeiam Manchadas de desejo vazio Mãos impuras Magoadas Mãos caídas no corpo Mãos que meditam seus cansaços Mãos de derrota

Post has attachment
LUZ ANTIGA
  Johannes Weiland   a janela ainda tem bons olhos as pálpebras é que talvez já
estejam em branco mas os dedos ainda remendam
memórias e não há agulha mais exacta do
que a do tempo um tempo com tempo a mais pintado num rosto velho de velha 2010

Post has attachment
RESQUÍCIOS DE SOL
  Rafal Olbinski Os pássaros chegam com a exactidão dos ventos Trazem as horas abertas ao meio De onde sai o perfume de águas matinais Há um relógio de cinco ponteiros solares Que divide a terra em dois passos E os pássaros chegam sem mais perdas Nem as mem...

Post has attachment
MÚSICA ESCONDIDA
Miró Hoje fiquei com um dedo amarelo De pintar uma aranha presa ao coração da lua Mas ainda falta muito para ter um grito que se veja Que salte para fora dos olhos E seja tiro canhão e espada Se lance por violenta escarpa Não tenho sopro para tanto mar O br...
Wait while more posts are being loaded