Profile cover photo
Profile photo
Mario Vidal
1,645 followers -
In Jesus we trust!!!
In Jesus we trust!!!

1,645 followers
About
Mario's posts

Post has attachment

"Ensinaram-nos que devíamos ser heróis de qualquer coisa. Exigem que façamos permanentemente exercícios de auto afirmação. Não nos educaram para corajosamente debatermos os nossos medos, falhas, hesitações, infernos. Apetrecharam-nos com o mito de super machos e esperam que sejamos sempre vencedores, fazendo-nos inimigos da própria maneira de estar, escamoteando a verdade, falseando as fronteiras. E porque somos apenas normais e temos vergonha da nossa normalidade, passamos o tempo todo a pensar numa roupagem que impressione. E vestimo-nos de atletas e mascaramo-nos de campeões, para, às escondidas, chorarmos a nossa simplicidade, a vulgaridade que enforma os nossos sentimentos íntimos. Não temos coragem para dizer não sou o melhor e não tenho que o ser, nem justificar-me da minha fragilidade"

Post has attachment
Photo

Post has attachment
Photo

Post has attachment
Photo

Post has attachment
Com direito a comemoração que vale ouro, batemos o Atlético-PR fora de casa! 
Photo

Post has attachment

Post has shared content

STF LIMPA FICHA DE RUSSOMANNO !

COM ESTE AVAL, RUSSOMANNO, IGREJA UNIVERSAL, E EDIR MACEDO, VÃO USURPAR A PREFEITURA DE SÃO PAULO.

Entre 1997 e 2001, o deputado usou numa produtora de vídeo particular a mão-de-obra de uma servidora lotada em seu gabinete e pendurada na folha da Câmara. Três dos cinco ministros que participaram do julgamento, Dias Toffoli, Celso de Mello e Gilmar Mendes, não enxergaram crime na esperteza.

Há quatro anos, Russomano vivera uma experiência semelhante. Candidato a prefeito, ele se viu forçado a celebrar um acordo na Justiça trabalhista com uma ex-funcionária. A moça contou na ação que seu nome figurou na folha de salários da Câmara euquanto ela trabahava nas empresas de Russomanno. Relatou ainda que que havia mais 12 funcionários na mesma situação, “inclusive alguns domésticos”.

O caso de 2012 desceu ao arquivo mediante acordo em que Russomano concordou em pagar à reclamante R$ 205 mil, em valores da época. Tudo muito prático. Falta esclarecer quem irá ressarcir o contribuinte. Está bom para você?
Photo

Post has attachment

Post has attachment
Wait while more posts are being loaded